Abel aponta dois problemas cruciais e manda recado para elenco do Palmeiras

Treinador abordou desempenho e surpreendeu ao explicar porque poupou titulares

Flaco marca mais um, mas Palmeiras amarga empate


Na última segunda-feira (13), o Palmeiras encarou o Santo André e ficou no empate de 1 a 1, em partida disputada no Estádio Bruno José Daniel. O gol do Palmeiras foi marcado por Flaco López, mas a equipe Alviverde cedeu a igualdade do marcador nos minutos finais do duelo.


ReadyNow

Entretanto, o gol marcado por Flaco teve a primeira assistência realizada por Caio Paulista. Depois de quatro partidas, a contratação que agitou o futebol paulista, começa a mostrar suas qualidades.

Em entrevista coletiva após a partida, Abel Ferreira abordou situações que chamaram atenção na partida diante do Santo André. Uma delas se refere à disputa de posição entre Endrick e Flaco López, já que a Cria voltou após derrota da Seleção Pré-Olímpica.

Abel se disse satisfeito com o desempenho do time, mas, destacou falhas que fizeram com que a vitória não fosse cravada ao final da partida. O comandante do Verdão expôs os erros cruciais que custaram os três pontos.


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

Principais problema no empate do Palmeiras

“Percebemos os jogadores que tínhamos, rodamos a equipe. Na minha opinião fizemos um bom jogo, com excelentes oportunidades de gol. A diferença é fazer gols, em duas fazer uma. Por isso é que nós temos que chegar ao final do jogo e ficar tristes porque não fomos capazes de matar o jogo com o segundo gol, meus jogadores sabem que podem fazer melhor”. Iniciou o treinador.

O técnico do Verdão foi enfático ao abordar problemas que resultaram no empate, apontando dois fatores cruciais: a falta de objetividade para a conclusão das jogadas e pouca concentração em momento determinante para o resultado.

“Estar mais concentrados nos últimos minutos, não deixar que o centroavante deles fazer o movimento de apoio e profundidade sem ter a perseguição dos nossos jogadores e ser eficiente. Posso falar o que vocês quiserem, se criarmos cinco oportunidades e não fizermos gols, estamos sujeitos a sofrer. Futebol é isso”, afirmou Abel.

Para finalizar a explicação, o profissional foi sucinto: “As coisas são muito fáceis de resumir. Criamos o suficiente para fazer gols e não fomos capazes de fazer mais de um gol”, detalhou Abel.

Por que Abel poupou titulares?

A ausência de alguns titulares chamou atenção e Abel foi indagado se tomou a atitude devido ao Clássico que acontece domingo, diante do Corinthians. O treinador negou que esse foi o objetivo e detalhou que se trata de uma estratégia de conceder oportunidades.

“Não é por acaso que o Palmeiras é das equipes que tem menor número de lesões. Não só porque tem um bom núcleo de performance. Tem um treinador que é demasiado arrojado, que gosta de dar oportunidades aos jogadores, de ver todos, e alguns agarram com unhas e dentes. Mas temos que ganhar, portanto, não penso daqui a três jogos. É um jogo de cada vez”, finalizou.

Contudo, além de trabalhar pela evolução da equipe na temporada, o Palestra também se movimenta nos bastidores por reforços. A bola da vez no Alviverde é o atacante Willian José, que está no radar do Maior Campeão do Brasil, de acordo com apuração do jornalista Paulo Massini.

De acordo com o Jornalista Jorge Nicola, o Palmeiras tem em seus planos a contratação de mais dois nomes para a temporada e as posições já foram priorizadas na procura no mercado.

O que diz a torcida do Palmeiras

[[{“value”:”Treinador abordou desempenho e surpreendeu ao explicar porque poupou titulares
Flaco marca mais um, mas Palmeiras amarga empate

Na última segunda-feira (13), o Palmeiras encarou o Santo André e ficou no empate de 1 a 1, em partida disputada no Estádio Bruno José Daniel. O gol do Palmeiras foi marcado por Flaco López, mas a equipe Alviverde cedeu a igualdade do marcador nos minutos finais do duelo.

Entretanto, o gol marcado por Flaco teve a primeira assistência realizada por Caio Paulista. Depois de quatro partidas, a contratação que agitou o futebol paulista, começa a mostrar suas qualidades.

Em entrevista coletiva após a partida, Abel Ferreira abordou situações que chamaram atenção na partida diante do Santo André. Uma delas se refere à disputa de posição entre Endrick e Flaco López, já que a Cria voltou após derrota da Seleção Pré-Olímpica.

Abel se disse satisfeito com o desempenho do time, mas, destacou falhas que fizeram com que a vitória não fosse cravada ao final da partida. O comandante do Verdão expôs os erros cruciais que custaram os três pontos.

Principais problema no empate do Palmeiras

“Percebemos os jogadores que tínhamos, rodamos a equipe. Na minha opinião fizemos um bom jogo, com excelentes oportunidades de gol. A diferença é fazer gols, em duas fazer uma. Por isso é que nós temos que chegar ao final do jogo e ficar tristes porque não fomos capazes de matar o jogo com o segundo gol, meus jogadores sabem que podem fazer melhor”. Iniciou o treinador.

O técnico do Verdão foi enfático ao abordar problemas que resultaram no empate, apontando dois fatores cruciais: a falta de objetividade para a conclusão das jogadas e pouca concentração em momento determinante para o resultado.

“Estar mais concentrados nos últimos minutos, não deixar que o centroavante deles fazer o movimento de apoio e profundidade sem ter a perseguição dos nossos jogadores e ser eficiente. Posso falar o que vocês quiserem, se criarmos cinco oportunidades e não fizermos gols, estamos sujeitos a sofrer. Futebol é isso”, afirmou Abel.

Para finalizar a explicação, o profissional foi sucinto: “As coisas são muito fáceis de resumir. Criamos o suficiente para fazer gols e não fomos capazes de fazer mais de um gol”, detalhou Abel.

Por que Abel poupou titulares?

A ausência de alguns titulares chamou atenção e Abel foi indagado se tomou a atitude devido ao Clássico que acontece domingo, diante do Corinthians. O treinador negou que esse foi o objetivo e detalhou que se trata de uma estratégia de conceder oportunidades.

“Não é por acaso que o Palmeiras é das equipes que tem menor número de lesões. Não só porque tem um bom núcleo de performance. Tem um treinador que é demasiado arrojado, que gosta de dar oportunidades aos jogadores, de ver todos, e alguns agarram com unhas e dentes. Mas temos que ganhar, portanto, não penso daqui a três jogos. É um jogo de cada vez”, finalizou.

Contudo, além de trabalhar pela evolução da equipe na temporada, o Palestra também se movimenta nos bastidores por reforços. A bola da vez no Alviverde é o atacante Willian José, que está no radar do Maior Campeão do Brasil, de acordo com apuração do jornalista Paulo Massini.

De acordo com o Jornalista Jorge Nicola, o Palmeiras tem em seus planos a contratação de mais dois nomes para a temporada e as posições já foram priorizadas na procura no mercado.

O que diz a torcida do Palmeiras”}]]