É esse o valor milionário que o Corinthians aceitou pagar para Ramón Díaz até o fim de 2025

Técnico de 64 anos chega ao CT Joaquim Grava com um contrato de 18 meses e salários astronômicos em relação aos antecessores

Acordo por 18 meses com Ramón Díaz


Nesta quarta-feira (10), o Corinthians anunciou o acerto com o técnico Ramón Díaz. O argentino de 64 anos assinou um vínculo válido até dezembro de 2025 no CT Joaquim Grava.


ReadyNow

Ele é o terceiro treinador que vai dirigir o Timão na temporada, após os trabalhos de Mano Menezes, desligado em fevereiro, e António Oliveira, demitido no último mês. Ramon não era a primeira opção da diretoria do Timão.

O preferido de Augusto Melo era Fábio Carille, porém o treinador permaneceu no Santos. Com isso, as negociações com Ramón prosseguiram e o “sim” ocorreu pouco tempo depois. Ele chega junto do auxiliar Emiliano Díaz.

De acordo com o jornalista Thiago Fernandes, do portal GOAL, Ramón chega ao Timão para ganhar um salário de R$ 1,6 milhão por mês. Isso inclui também os vencimentos também com sua comissão.


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

R$ 30 milhões do SCCP até o fim de 2025

Até o final do contrato, válido até o fim de 2025, o Corinthians teria que pagar aproximadamente R$ 30 milhões em vencimentos ao argentino e sua comissão técnica. O valor é mais que o dobro do que o Clube gastou com António.

Trata-se do maior salário pago pelo Corinthians a um treinador desde o português Vítor Pereira, que custava R$ 2 milhões mensais na temporada de 2022.

Desde então, o Alvinegro de Parque São Jorge já teve Fernando Lázaro, Cuca, Vanderlei Luxemburgo, Mano Menezes e António Oliveira com salários inferiores aos atuais de Ramón Diaz.

O técnico inicia os trabalhos no CT Joaquim Grava nesta quinta-feira (11) após o duelo do Timão contra o Vasco, em São Januário. Foi um pedido do próprio Ramón não enfrentar seu ex-clube.

[[{“value”:”Técnico de 64 anos chega ao CT Joaquim Grava com um contrato de 18 meses e salários astronômicos em relação aos antecessores
Acordo por 18 meses com Ramón Díaz

Nesta quarta-feira (10), o Corinthians anunciou o acerto com o técnico Ramón Díaz. O argentino de 64 anos assinou um vínculo válido até dezembro de 2025 no CT Joaquim Grava.

Ele é o terceiro treinador que vai dirigir o Timão na temporada, após os trabalhos de Mano Menezes, desligado em fevereiro, e António Oliveira, demitido no último mês. Ramon não era a primeira opção da diretoria do Timão.

O preferido de Augusto Melo era Fábio Carille, porém o treinador permaneceu no Santos. Com isso, as negociações com Ramón prosseguiram e o “sim” ocorreu pouco tempo depois. Ele chega junto do auxiliar Emiliano Díaz.

De acordo com o jornalista Thiago Fernandes, do portal GOAL, Ramón chega ao Timão para ganhar um salário de R$ 1,6 milhão por mês. Isso inclui também os vencimentos também com sua comissão.

R$ 30 milhões do SCCP até o fim de 2025

Até o final do contrato, válido até o fim de 2025, o Corinthians teria que pagar aproximadamente R$ 30 milhões em vencimentos ao argentino e sua comissão técnica. O valor é mais que o dobro do que o Clube gastou com António.

Trata-se do maior salário pago pelo Corinthians a um treinador desde o português Vítor Pereira, que custava R$ 2 milhões mensais na temporada de 2022.

Desde então, o Alvinegro de Parque São Jorge já teve Fernando Lázaro, Cuca, Vanderlei Luxemburgo, Mano Menezes e António Oliveira com salários inferiores aos atuais de Ramón Diaz.

O técnico inicia os trabalhos no CT Joaquim Grava nesta quinta-feira (11) após o duelo do Timão contra o Vasco, em São Januário. Foi um pedido do próprio Ramón não enfrentar seu ex-clube.”}]]