Em jogo sonolento, Santos empata com o Mirassol pela Série B; Veja as notas

O time fez um jogo morno e não conseguiu encontrar as melhores soluções para o confronto; Guilherme preocupa com lesão

Jogo sem brilho e fraco


Nesta terça-feira (25), o Santos entrou em campo diante do Mirassol. As duas equipes se enfrentaram em jogo válido pela 13ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.


ReadyNow

Em um jogo bastante truncado, os dois times ficaram no 0 a 0. As equipes, inclusive, não tiveram uma partida muito agitada, com poucas chances para ambos os lados.

Enquanto a torcida pede Fernando Diniz para a vaga de Fábio Carille, o treinador não conseguiu encontrar soluções para responder ao Mirassol, que entrou fechado em campo.

Veja as notas dos jogadores do Santos:

Defesa:

Gabriel Brazão: 7.0


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

Foi preciso na primeira etapa, onde fez três defesas difíceis.

JP Chermont:

Joaquim: 5.5

Foi bem na partida. Tentou abrir contra-ataques, mas sem muitas chances.

Gil: 5.5

Não foi muito acionado.

Escobar: 5.5

Deu solidez para a defesa.

Rodrigo Ferreira: 5.5

Preciso nos desarmes, deu maior solidez à defesa do Peixe.

Hayner: 5.0

Não foi muito acionado. Entrou no segundo tempo.

Meio-campo:

Diego Pituca: 6.5

Teve bos chances, mas parou na defesa da equipe adversária.

João Schmidt: 5.0

Não apareceu muito em campo. Teve poucas chances.

Giuliano: 5.0

Não foi muito acionado na partida. Foi substituído antes do intervalo.

Patrick: 5.0

Não foi muito acionado. Teve uma boa chance, mas parou na defesa.

Ataque:

Pedrinho: 5.0

Não foi muito acionado no confronto.

Julio Furch: 7.0

Teve uma das melhores chances da partida, onde mandou a bola na trave. Sofreu com a marcação.

Guilherme: 5.0

Não conseguiu mostrar muito e preocupou a torcida com uma nova possível lesão.

Otero: 5.0

Foi bastante marcado pela defesa adversária. Perdeu boas chances.

Willian: 5.0

Não foi muito acionado. Entrou no segundo tempo.

Treinador

Fabio Carille: 4.5

O treinador, que está recebendo sondagens, não encontrou uma estratégia adequada para neutralizar o Mirassol.

[[{“value”:”O time fez um jogo morno e não conseguiu encontrar as melhores soluções para o confronto; Guilherme preocupa com lesão
Jogo sem brilho e fraco

Nesta terça-feira (25), o Santos entrou em campo diante do Mirassol. As duas equipes se enfrentaram em jogo válido pela 13ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Em um jogo bastante truncado, os dois times ficaram no 0 a 0. As equipes, inclusive, não tiveram uma partida muito agitada, com poucas chances para ambos os lados.

Enquanto a torcida pede Fernando Diniz para a vaga de Fábio Carille, o treinador não conseguiu encontrar soluções para responder ao Mirassol, que entrou fechado em campo.

Veja as notas dos jogadores do Santos:

Defesa:

Gabriel Brazão: 7.0

Foi preciso na primeira etapa, onde fez três defesas difíceis.

JP Chermont:

Joaquim: 5.5

Foi bem na partida. Tentou abrir contra-ataques, mas sem muitas chances.

Gil: 5.5

Não foi muito acionado.

Escobar: 5.5

Deu solidez para a defesa.

Rodrigo Ferreira: 5.5

Preciso nos desarmes, deu maior solidez à defesa do Peixe.

Hayner: 5.0

Não foi muito acionado. Entrou no segundo tempo.

Meio-campo:

Diego Pituca: 6.5

Teve bos chances, mas parou na defesa da equipe adversária.

João Schmidt: 5.0

Não apareceu muito em campo. Teve poucas chances.

Giuliano: 5.0

Não foi muito acionado na partida. Foi substituído antes do intervalo.

Patrick: 5.0

Não foi muito acionado. Teve uma boa chance, mas parou na defesa.

Ataque:

Pedrinho: 5.0

Não foi muito acionado no confronto.

Julio Furch: 7.0

Teve uma das melhores chances da partida, onde mandou a bola na trave. Sofreu com a marcação.

Guilherme: 5.0

Não conseguiu mostrar muito e preocupou a torcida com uma nova possível lesão.

Otero: 5.0

Foi bastante marcado pela defesa adversária. Perdeu boas chances.

Willian: 5.0

Não foi muito acionado. Entrou no segundo tempo.

Treinador

Fabio Carille: 4.5

O treinador, que está recebendo sondagens, não encontrou uma estratégia adequada para neutralizar o Mirassol.”}]]