Legislação das apostas esportivas obriga X1 Brazil a encerrar suas atividades

Segundo a lei, uma organização esportiva não pode estar diretamente vinculada a uma operadora de iGaming.



ReadyNow

A X1 Brazil, empresa que organizava os principais eventos do futebol x1 no país, anunciou, na quinta-feira (27), que vai encerrar as atividades. O motivo é que a Lei nº 14.790/23, que regulamenta as apostas esportivas, proíbe que organizações esportivas sejam diretamente vinculadas a operadoras de iGaming. Como a X1 Brazil pertence ao Grupo Esportes da Sorte, a continuidade da competição feriria a legislação.

A entidade promoveu dezenas de duelos de futebol um contra um em diferentes regiões do país. Nas competições, estavam também presentes outras empresas de apostas que patrocinavam os jogadores, como a BETesporte, Aposta Ganha, Apostador, Palpite Certo, Bet22, entre outras.

A popularidade dessa modalidade esportiva se deu graças à inspiração no modelo de competições de esporte de combate, já que os jogadores de um contra um faziam encaradas e provocações, os eventos reproduziam o modelo de cards de confrontos, além da distribuição de um cinturão para o campeão.


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

O sucesso dos eventos levou a arenas lotadas pelo país, um patrocínio da fornecedora de materiais esportivos Adidas e as transmissões dos duelos no canal do YouTube CazéTV, que eram marcados por alcançar milhões de visualizações.

Segundo um comunicado publicado pela administração da X1 Brazil, foi tentado, junto ao corpo jurídico da empresa, “encontrar uma forma de manter a X1 Brazil sem prejudicar a obtenção da regulamentação para exploração da atividade, mas sem sucesso”.

Ainda de acordo com o comunicado, para não prejudicar a obtenção da licença de funcionamento da Esportes da Sorte para 2025 e também não causar danos às demais marcas de apostas esportivas envolvidas, foi definido que não serão realizados mais eventos a partir do dia 27 de junho de 2024.

Veja também: X1 Brazil celebra Jogo das Estrelas com patrocínio de quatro casas de apostas online

Segundo a lei, uma organização esportiva não pode estar diretamente vinculada a uma operadora de iGaming.

A X1 Brazil, empresa que organizava os principais eventos do futebol x1 no país, anunciou, na quinta-feira (27), que vai encerrar as atividades. O motivo é que a Lei nº 14.790/23, que regulamenta as apostas esportivas, proíbe que organizações esportivas sejam diretamente vinculadas a operadoras de iGaming. Como a X1 Brazil pertence ao Grupo Esportes da Sorte, a continuidade da competição feriria a legislação.

A entidade promoveu dezenas de duelos de futebol um contra um em diferentes regiões do país. Nas competições, estavam também presentes outras empresas de apostas que patrocinavam os jogadores, como a BETesporte, Aposta Ganha, Apostador, Palpite Certo, Bet22, entre outras.

A popularidade dessa modalidade esportiva se deu graças à inspiração no modelo de competições de esporte de combate, já que os jogadores de um contra um faziam encaradas e provocações, os eventos reproduziam o modelo de cards de confrontos, além da distribuição de um cinturão para o campeão.

O sucesso dos eventos levou a arenas lotadas pelo país, um patrocínio da fornecedora de materiais esportivos Adidas e as transmissões dos duelos no canal do YouTube CazéTV, que eram marcados por alcançar milhões de visualizações.

Segundo um comunicado publicado pela administração da X1 Brazil, foi tentado, junto ao corpo jurídico da empresa, “encontrar uma forma de manter a X1 Brazil sem prejudicar a obtenção da regulamentação para exploração da atividade, mas sem sucesso”.

Ainda de acordo com o comunicado, para não prejudicar a obtenção da licença de funcionamento da Esportes da Sorte para 2025 e também não causar danos às demais marcas de apostas esportivas envolvidas, foi definido que não serão realizados mais eventos a partir do dia 27 de junho de 2024.

Veja também: X1 Brazil celebra Jogo das Estrelas com patrocínio de quatro casas de apostas online