Maquinistas: Clubes brasileiros não tratam o fã de maneira satisfatória, avalia CEO da End to End

Um dos principais motores da indústria esportiva é o fã. Ainda assim, na visão de Reginaldo Diniz, co-fundador e CEO da agência End to End, os clubes brasileiros não tratam seus torcedores de maneira satisfatória.


O executivo participou do podcast Maquinistas, da Máquina do Esporte, que vai ao ar nesta terça-feira (2), às 19h (horário de Brasília), e apontou que os clubes precisam melhorar as conversas com os torcedores, principalmente no momento das derrotas.


ReadyNow

“Os clubes estão entregando o campo, o jogo e as contratações, mas não é só isso. Eu acho que a gente vem evoluindo muito e os clubes estão entregando cada vez mais coisas legais de engajamento e participação. Mas a resposta ainda é que ainda não tratam os fãs como eles merecem”, disse Diniz.

“Um clube não vive só da vitória, então aprendemos que temos que publicar mesmo na derrota. Temos que falar com o torcedor mesmo quando dói, porque é nesse momento que ele mais quer falar. Quando você está junto com ele, mas se colocando na sua posição de prestador de serviços, a relação é muito saudável e produtiva”, seguiu.

Durante sua participação, Reginaldo Diniz também explorou diversos projetos de sucesso criados pela End to End. Entre eles, está o concurso Manto da Massa, feito em parceria com o Atlético-MG, que permite que torcedores desenhem e escolham uniformes que serão utilizados pelo clube.


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

“Uma das coisas que mais me chama atenção é como é rica a história de cada clube contada pela ótica do torcedor. Quando você consegue materializar isso e ainda transformar em uma conversão de venda, é um prazer que não tem medida”, afirmou.

“Estamos chegando em 500 mil camisas vendidas nas cinco edições e o que me chamou atenção muito especificamente é que quando você traz o torcedor para perto de você, ele vai se engajar de verdade, e um engajamento convertido em ação. Ele vai comprar, divulgar na rede dele e fazer que os outros comprem também”, concluiu.

O podcast Maquinistas, apresentado por Erich Beting e Gheorge Rodríguez com participação de Reginaldo Diniz estará disponível na terça-feira (2), a partir das 19h, no canal da Máquina do Esporte no YouTube.

O post Maquinistas: Clubes brasileiros não tratam o fã de maneira satisfatória, avalia CEO da End to End apareceu primeiro em Máquina do Esporte.

Reginaldo Diniz participou do podcast Maquinistas, da Máquina do Esporte, e explorou o universo do marketing esportivo
O post Maquinistas: Clubes brasileiros não tratam o fã de maneira satisfatória, avalia CEO da End to End apareceu primeiro em Máquina do Esporte.