Perto de ser vendido pelo Palmeiras, Bruno Tabata pode render grana ao Atlético-MG

Meia do Alviverde não está nos planos e Galo pode ser beneficiado

Olho na situação


O Atlético-MG não vive bom momento na temporada. Nas últimas sete partidas, a equipe conseguiu apenas duas vitórias, além de dois empates e quatro derrotas, o que coloca uma pressão no técnico Gabriel Milito.


ReadyNow

A diretoria sabe que precisa reforçar o elenco, principalmente para dar mais opções ao time, que disputa Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores. Por isso, qualquer dinheiro é bem-vindo no momento.

Uma situação que o Galo está de olho tem a ver com o Palmeiras. Isso porque o Verdão pode fazer um negócio que vai favorecer o Atlético-MG. Tudo envolve o futuro do meia Bruno Tabata.

Fora dos planos

O jogador não está nos planos do Alviverde para a temporada. Ele estava emprestado ao Qatar SC, voltou ao elenco de Abel Ferreira, mas a diretoria palmeirense já definiu que Tabata sairá.


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

De acordo com o GE, apesar da devolução, a equipe do Oriente Médio segue negociando a permanência do jogador. Caso exerça a cláusula de compra, o negócio deve sair por cerca de 5 milhões de euros (R$ 29 milhões na cotação atual).

Ou seja, caso o Palmeiras negocie Tabata por esse preço, o Atlético-MG teria direito a 1,8% do valor da negociação por conta do mecanismo de transferência da Fifa. No total, o Galo receberia cerca de R$ 520 mil, segundo a Itatiaia.

Passagem no Galo

O meia Bruno Tabata não chegou a estrear profissionalmente no Atlético-MG. No Clube, ele fez parte das categorias sub-17 e sub-20, até ser transferido ao Portimonense, de Portugal.

Depois, passou pelo Sporting até chegar ao Palmeiras. No time de Abel Ferreira, fez apenas 32 jogos, com dois gols marcados e uma assistência. No Qatar, atuou em 28 partidas, com 13 gols e sete assistências.

[[{“value”:”Meia do Alviverde não está nos planos e Galo pode ser beneficiado
Olho na situação

O Atlético-MG não vive bom momento na temporada. Nas últimas sete partidas, a equipe conseguiu apenas duas vitórias, além de dois empates e quatro derrotas, o que coloca uma pressão no técnico Gabriel Milito.

A diretoria sabe que precisa reforçar o elenco, principalmente para dar mais opções ao time, que disputa Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores. Por isso, qualquer dinheiro é bem-vindo no momento.

Uma situação que o Galo está de olho tem a ver com o Palmeiras. Isso porque o Verdão pode fazer um negócio que vai favorecer o Atlético-MG. Tudo envolve o futuro do meia Bruno Tabata.

Fora dos planos

O jogador não está nos planos do Alviverde para a temporada. Ele estava emprestado ao Qatar SC, voltou ao elenco de Abel Ferreira, mas a diretoria palmeirense já definiu que Tabata sairá.

De acordo com o GE, apesar da devolução, a equipe do Oriente Médio segue negociando a permanência do jogador. Caso exerça a cláusula de compra, o negócio deve sair por cerca de 5 milhões de euros (R$ 29 milhões na cotação atual).

Ou seja, caso o Palmeiras negocie Tabata por esse preço, o Atlético-MG teria direito a 1,8% do valor da negociação por conta do mecanismo de transferência da Fifa. No total, o Galo receberia cerca de R$ 520 mil, segundo a Itatiaia.

Passagem no Galo

O meia Bruno Tabata não chegou a estrear profissionalmente no Atlético-MG. No Clube, ele fez parte das categorias sub-17 e sub-20, até ser transferido ao Portimonense, de Portugal.

Depois, passou pelo Sporting até chegar ao Palmeiras. No time de Abel Ferreira, fez apenas 32 jogos, com dois gols marcados e uma assistência. No Qatar, atuou em 28 partidas, com 13 gols e sete assistências.”}]]