Victor Bagy expõe problema com desfalques e afirma que Atlético-MG deve contratar reforço

Diretor do Galo fez questão de deixar claro que não haverá “caça às bruxas” no elenco

Goleada amarga na Arena MRV


Na última quarta-feira (3), o Atlético-MG recebeu o Flamengo na Arena MRV e sofreu mais uma derrota indigesta em seus domínios. Ao perder por 4 a 2 para a equipe carioca, fica na 11ª colocação na tabela de classificação.


ReadyNow

Obviamente, a massa atleticana ficou indignada com o resultado, já que foi a terceira goleada com quatro gols sofridos na competição, a segunda dentro de casa. Hulk, pediu desculpas e um voto de confiança à torcida.

Entretanto, após a partida, o diretor de futebol Victor Bagy, concedeu entrevista e afirmou que o Clube não procura culpados para o momento: “Não é momento para fazer caças às bruxas, apontar culpados. É momento de trabalhar e buscar e evoluir. É saber que teremos retornos importantes, que devem nos fortalecer”.

O dirigente ressaltou o problema enfrentado pelo Clube por conta da Copa América, que desfalcou a equipe: “Posso garantir que não falta trabalho, treino, dedicação, comprometimento. Vivemos um momento de instabilidade. Sabíamos que o mês de junho seria difícil. Mas não contávamos que seria tão complicado por conta de tantas perdas nesse período”.


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

Sem desculpas, mas o problema é real

Bagy, no entanto, não quis passar a ideia de que estava encontrando justificativas para o resultado, mas explicou o impacto das baixas: “Não estou dando desculpas, mas isso acabou sendo um ponto importante. Não dá para justificar ou basear tudo por isso, mas nos atrapalhou bastante”.

Para o diretor, o momento é de corrigir erros: “É identificar os pontos que estamos falhando para evoluir. Essa avaliação é diária. Todos os atletas estão aqui porque tem nossa aprovação, confiança”.

Galo no mercado

Os desfalques repentinos mostraram que a fragilidade do elenco quanto as opções que Milito tem para suprir vagas e o assunto sobre reforços surgiu na entrevista. Embora três atletas já tenham sido contratados, como é o caso de Bernard e os zagueiros Junior Alonso e Lyanco, o diretor afirmou que o Clube busca reforços no mercado.

“Não podemos esquecer que tem a chegada do Bernard. Estamos, sim, buscando opções para reforçar a equipe dentro do que o orçamento permite. Esse mesmo elenco questionado é o mesmo que ficou 13 jogos sem perder, que classificou segundo geral na Libertadores, classificou na Copa do Brasil e foi campeão Mineiro. Qualidade o elenco tem”.

[[{“value”:”Diretor do Galo fez questão de deixar claro que não haverá “caça às bruxas” no elenco
Goleada amarga na Arena MRV

Na última quarta-feira (3), o Atlético-MG recebeu o Flamengo na Arena MRV e sofreu mais uma derrota indigesta em seus domínios. Ao perder por 4 a 2 para a equipe carioca, fica na 11ª colocação na tabela de classificação.

Obviamente, a massa atleticana ficou indignada com o resultado, já que foi a terceira goleada com quatro gols sofridos na competição, a segunda dentro de casa. Hulk, pediu desculpas e um voto de confiança à torcida.

Entretanto, após a partida, o diretor de futebol Victor Bagy, concedeu entrevista e afirmou que o Clube não procura culpados para o momento: “Não é momento para fazer caças às bruxas, apontar culpados. É momento de trabalhar e buscar e evoluir. É saber que teremos retornos importantes, que devem nos fortalecer”.

O dirigente ressaltou o problema enfrentado pelo Clube por conta da Copa América, que desfalcou a equipe: “Posso garantir que não falta trabalho, treino, dedicação, comprometimento. Vivemos um momento de instabilidade. Sabíamos que o mês de junho seria difícil. Mas não contávamos que seria tão complicado por conta de tantas perdas nesse período”.

Sem desculpas, mas o problema é real

Bagy, no entanto, não quis passar a ideia de que estava encontrando justificativas para o resultado, mas explicou o impacto das baixas: “Não estou dando desculpas, mas isso acabou sendo um ponto importante. Não dá para justificar ou basear tudo por isso, mas nos atrapalhou bastante”.

Para o diretor, o momento é de corrigir erros: “É identificar os pontos que estamos falhando para evoluir. Essa avaliação é diária. Todos os atletas estão aqui porque tem nossa aprovação, confiança”.

Galo no mercado

Os desfalques repentinos mostraram que a fragilidade do elenco quanto as opções que Milito tem para suprir vagas e o assunto sobre reforços surgiu na entrevista. Embora três atletas já tenham sido contratados, como é o caso de Bernard e os zagueiros Junior Alonso e Lyanco, o diretor afirmou que o Clube busca reforços no mercado.

“Não podemos esquecer que tem a chegada do Bernard. Estamos, sim, buscando opções para reforçar a equipe dentro do que o orçamento permite. Esse mesmo elenco questionado é o mesmo que ficou 13 jogos sem perder, que classificou segundo geral na Libertadores, classificou na Copa do Brasil e foi campeão Mineiro. Qualidade o elenco tem”.”}]]