Abel e Veiga ouviram: Calleri acaba de provocar Palmeiras ao vivo na ‘cara dura’

Camisa 9 do Tricolor deu respostas ácidas a Abel Ferreira e Raphael Veiga sobre quem é o maior do Brasil na atualidade

Na bronca com Abel


O torcedor do Palmeiras vai dormir com a cabeça ‘inchada’ neste domingo (4). Em Belo Horizonte, o Alviverde empatou por 0 a 0 com o São Paulo na Supercopa do Brasil, mas foi derrotado na decisão de pênaltis.


Desde 2020, quando Abel Ferreira assumiu o comando técnico, o Palmeiras disputou oito decisões por penalidades e venceu apenas uma. Contra o rival, já é a segunda derrota – perdeu na Copa do Brasil de 2022.

O Tricolor, a propósito, provou ser a grande pedra no sapato de Abel. O Alviverde foi derrotado pelo São Paulo na final do Campeonato Paulista de 2021, nas oitavas da Copa do Brasil de 2022, nas quartas do mesmo torneio no ano passado e agora na Supercopa.

Nas redes sociais, milhares de palestrinos culpam o vice-campeonato da Supercopa pelos erros de Abel em substituições. Saídas do atacante Flaco Lopez e do lateral Mayke foram ‘cornetadas’.

Erros crassos do técnico português

Para incluir na conta, a demora para a entrada de Anibal Moreno e a insistência no contestado Jhon Jhon estiveram em pauta. Isso sem falar da ineficiência de Weverton nos pênaltis.

O camisa 21 não acertou nenhuma canto das quatro cobranças do São Paulo, batidas por Calleri, Galoppo, Pablo Maia e Michel Araújo. Aliás, o camisa 9 do São Paulo deu aquela provocada na zona mista.

Aguenta a zoeira agora!

Ainda no Mineirão, Calleri relembrou que o Alviverde sempre teve dificuldades para superar o Tricolor. O clube do Morumbi é o rival que mais vezes venceu o time do técnico português.

“Eles não gostam de jogar contra nós, ganham de todo mundo menos de nós. Eles tiveram sua época dourada quando perdemos o Paulistão. Deixamos eles fora da Copa do Brasil e agora um título inédito para a instituição. A moeda caiu para o nosso lado”, reforçou o centroavante.

Mais ouvido para o rival

Para completar a onda de provocações, Calleri rebateu Raphael Veiga. O camisa 23 do Palmeiras afirmou, também na zona mista, que o Verdão continua sendo o Maior Campeão do Brasil apesar do revés.

Para o atacante do São Paulo, a nova era pertence ao outro lado do muro do CT da Barra Funda. E ele fez questão de lembrar dos trabalhos dos antecessores Rogério Ceni e Dorival Junior, antes do jovem Thiago Carpini.

“Já era o melhor do Brasil, o mais grande, e agora acho que não tem mais dúvidas. O São Paulo conseguiu ganhar tudo. Sempre bom ser grato, sou repetitivo, mas ao Rogério, o Dorival e agora o Carpini, um cara muito batalhador”, destacou.

O que a torcida do SEP está falando?

🎙️ Jonathan Calleri: “O São Paulo já era o melhor do Brasil, o mais grande e agora acho que não tem dúvidas.”

🎥 @eduardodeconto pic.twitter.com/DUobkuXLZi

— Somos São Paulinos (@somosaopaulinos) February 4, 2024

🎙️ — Calleri:

“Claro que eles (Palmeiras) não gostam de jogar contra nós. Isso é certeza! Eles ganham de todo mundo, menos de nós. A moeda caiu do nosso lado e São Paulo campeão mais uma vez!”pic.twitter.com/Iur18y6GL7

— colunatricolor (@colunatricolor) February 4, 2024

[[{“value”:”Camisa 9 do Tricolor deu respostas ácidas a Abel Ferreira e Raphael Veiga sobre quem é o maior do Brasil na atualidade
Na bronca com Abel

O torcedor do Palmeiras vai dormir com a cabeça ‘inchada’ neste domingo (4). Em Belo Horizonte, o Alviverde empatou por 0 a 0 com o São Paulo na Supercopa do Brasil, mas foi derrotado na decisão de pênaltis.

Desde 2020, quando Abel Ferreira assumiu o comando técnico, o Palmeiras disputou oito decisões por penalidades e venceu apenas uma. Contra o rival, já é a segunda derrota – perdeu na Copa do Brasil de 2022.

O Tricolor, a propósito, provou ser a grande pedra no sapato de Abel. O Alviverde foi derrotado pelo São Paulo na final do Campeonato Paulista de 2021, nas oitavas da Copa do Brasil de 2022, nas quartas do mesmo torneio no ano passado e agora na Supercopa.

Nas redes sociais, milhares de palestrinos culpam o vice-campeonato da Supercopa pelos erros de Abel em substituições. Saídas do atacante Flaco Lopez e do lateral Mayke foram ‘cornetadas’.

Erros crassos do técnico português

Para incluir na conta, a demora para a entrada de Anibal Moreno e a insistência no contestado Jhon Jhon estiveram em pauta. Isso sem falar da ineficiência de Weverton nos pênaltis.

O camisa 21 não acertou nenhuma canto das quatro cobranças do São Paulo, batidas por Calleri, Galoppo, Pablo Maia e Michel Araújo. Aliás, o camisa 9 do São Paulo deu aquela provocada na zona mista.

Aguenta a zoeira agora!

Ainda no Mineirão, Calleri relembrou que o Alviverde sempre teve dificuldades para superar o Tricolor. O clube do Morumbi é o rival que mais vezes venceu o time do técnico português.

“Eles não gostam de jogar contra nós, ganham de todo mundo menos de nós. Eles tiveram sua época dourada quando perdemos o Paulistão. Deixamos eles fora da Copa do Brasil e agora um título inédito para a instituição. A moeda caiu para o nosso lado”, reforçou o centroavante.

Mais ouvido para o rival

Para completar a onda de provocações, Calleri rebateu Raphael Veiga. O camisa 23 do Palmeiras afirmou, também na zona mista, que o Verdão continua sendo o Maior Campeão do Brasil apesar do revés.

Para o atacante do São Paulo, a nova era pertence ao outro lado do muro do CT da Barra Funda. E ele fez questão de lembrar dos trabalhos dos antecessores Rogério Ceni e Dorival Junior, antes do jovem Thiago Carpini.

“Já era o melhor do Brasil, o mais grande, e agora acho que não tem mais dúvidas. O São Paulo conseguiu ganhar tudo. Sempre bom ser grato, sou repetitivo, mas ao Rogério, o Dorival e agora o Carpini, um cara muito batalhador”, destacou.

O que a torcida do SEP está falando?

🎙️ Jonathan Calleri: “O São Paulo já era o melhor do Brasil, o mais grande e agora acho que não tem dúvidas.”🎥 @eduardodeconto pic.twitter.com/DUobkuXLZi— Somos São Paulinos (@somosaopaulinos) February 4, 2024

🎙️ — Calleri:“Claro que eles (Palmeiras) não gostam de jogar contra nós. Isso é certeza! Eles ganham de todo mundo, menos de nós. A moeda caiu do nosso lado e São Paulo campeão mais uma vez!”pic.twitter.com/Iur18y6GL7— colunatricolor (@colunatricolor) February 4, 2024″}]]