Abriu o jogo: Técnico do São Paulo fala sobre real problema de James Rodríguez

O treinador do São Paulo falou com exclusividade ao Os Donos da Bola, sobre James Rodríguez não ter viajado com o elenco para Belo Horizonte

Treinador comemora primeiro título da carreira


O São Paulo consagrou-se campeão da Supercopa na noite do último domingo, 4 de fevereiro. A equipe do Morumbi, inclusive, se tornou campeão de todos os títulos das competições.


O Tricolor enfrentou o Palmeiras, no Estádio do Mineirão, e venceu nos pênaltis. No tempo regulamentar, a partida terminou empatada por 0 a 0 e a decisão foi levada para os pênaltis, onde o São Paulo venceu por 4 a 2.

Vale lembrar que o técnico Thiago Carpini conquistou pela primeira vez um título. O treinador assumiu a equipe do São Paulo após a saída de Dorival Júnior rumo à Seleção Brasileira.

Thiago Carpini concedeu entrevista coletiva na noite do último domingo para esclarecer alguns assuntos. Nesta segunda-feira (5), o treinador deu outra entrevista e, desta vez, ao Os Donos da Bola, da TV Bandeirantes.

Carpini abre o jogo sobre James aos Os Donos da Bola

O treinador do São Paulo falou com exclusividade ao Os Donos da Bola, apresentado pelo ex-jogador Neto, sobre James Rodríguez não ter viajado com o elenco para Belo Horizonte e esclareceu que não foi por rebeldia, mas sim por lesão.

Em relação ao James, eu não tenho problema em respeitar a história [do jogador], mas não podem se inverter a ordem dos processos, primeiro vem o São Paulo. O James é um cara alto-astral, não atrapalha em nada, o problema é que ele vem sofrendo com a sequência de treinos”, iniciou o treinador aos Os Donos da Bola.

A cada sequência que ele tem, ele vem com um problema crônico no tendão, na panturrilha. Ele perde três ou quatro dias e, quando vai atingindo a melhor forma, sente de novo. Acho que isso tem mexido com o lado mental dele e dificultado o retorno“, continuou.

[James] Não se sentiu confortável em estar lá, até porque ele queria acelerar a recuperação. A gente respeitou. Foi uma conversa. Não foi um ato de rebeldia. A gente está tendo paciência. Temos que respeitar o tempo do atleta“, completou.

Momento turbulento do meio-campista

O meio-campista vive uma situação bastante turbulenta no São Paulo. Nos últimos cinco jogos do Tricolor, James se quer foi relacionado pelo treinador Thiago Carpini.

O clube, por sua vez, já chegou a esclarecer que o atleta, desde o começo, está realizando um processo de ‘controle de carga’ para chegar ao seu melhor nível físico.

O diretor do São Paulo, Carlos Belmonte, também falou sobre o jogador após o jogo contra o Palmeiras. O dirigente disse que o atleta vem trabalhando, mas que ainda não se adaptou ao futebol brasileiro.

A gente encarou com naturalidade. O James desde que chegou não deu nenhum problema. Ele treina e trabalha. Mas o futebol brasileiro está mais intenso, e ele não conseguiu se adaptar. É jogador de outra prateleira. Como ele não está jogando, não fica satisfeito”, disse Carlos Belmonte ao SporTV.

O que a torcida repercutiu sobre o assunto

[[{“value”:”O treinador do São Paulo falou com exclusividade ao Os Donos da Bola, sobre James Rodríguez não ter viajado com o elenco para Belo Horizonte
Treinador comemora primeiro título da carreira

O São Paulo consagrou-se campeão da Supercopa na noite do último domingo, 4 de fevereiro. A equipe do Morumbi, inclusive, se tornou campeão de todos os títulos das competições.

O Tricolor enfrentou o Palmeiras, no Estádio do Mineirão, e venceu nos pênaltis. No tempo regulamentar, a partida terminou empatada por 0 a 0 e a decisão foi levada para os pênaltis, onde o São Paulo venceu por 4 a 2.

Vale lembrar que o técnico Thiago Carpini conquistou pela primeira vez um título. O treinador assumiu a equipe do São Paulo após a saída de Dorival Júnior rumo à Seleção Brasileira.

Thiago Carpini concedeu entrevista coletiva na noite do último domingo para esclarecer alguns assuntos. Nesta segunda-feira (5), o treinador deu outra entrevista e, desta vez, ao Os Donos da Bola, da TV Bandeirantes.

Carpini abre o jogo sobre James aos Os Donos da Bola

O treinador do São Paulo falou com exclusividade ao Os Donos da Bola, apresentado pelo ex-jogador Neto, sobre James Rodríguez não ter viajado com o elenco para Belo Horizonte e esclareceu que não foi por rebeldia, mas sim por lesão.

“Em relação ao James, eu não tenho problema em respeitar a história [do jogador], mas não podem se inverter a ordem dos processos, primeiro vem o São Paulo. O James é um cara alto-astral, não atrapalha em nada, o problema é que ele vem sofrendo com a sequência de treinos”, iniciou o treinador aos Os Donos da Bola.

“A cada sequência que ele tem, ele vem com um problema crônico no tendão, na panturrilha. Ele perde três ou quatro dias e, quando vai atingindo a melhor forma, sente de novo. Acho que isso tem mexido com o lado mental dele e dificultado o retorno“, continuou.

“[James] Não se sentiu confortável em estar lá, até porque ele queria acelerar a recuperação. A gente respeitou. Foi uma conversa. Não foi um ato de rebeldia. A gente está tendo paciência. Temos que respeitar o tempo do atleta“, completou.

Momento turbulento do meio-campista

O meio-campista vive uma situação bastante turbulenta no São Paulo. Nos últimos cinco jogos do Tricolor, James se quer foi relacionado pelo treinador Thiago Carpini.

O clube, por sua vez, já chegou a esclarecer que o atleta, desde o começo, está realizando um processo de ‘controle de carga’ para chegar ao seu melhor nível físico.

O diretor do São Paulo, Carlos Belmonte, também falou sobre o jogador após o jogo contra o Palmeiras. O dirigente disse que o atleta vem trabalhando, mas que ainda não se adaptou ao futebol brasileiro.

“A gente encarou com naturalidade. O James desde que chegou não deu nenhum problema. Ele treina e trabalha. Mas o futebol brasileiro está mais intenso, e ele não conseguiu se adaptar. É jogador de outra prateleira. Como ele não está jogando, não fica satisfeito”, disse Carlos Belmonte ao SporTV.

O que a torcida repercutiu sobre o assunto”}]]