Após dez anos, Thiago Silva é 15º jogador brasileiro da Copa de 2014 que volta para jogar no Brasil; veja lista

A Copa do Mundo de 2014 não traz boas lembranças para os torcedores brasileiros. Mas dos convocados, 15 voltaram a atuar no Brasil.


A Copa do Mundo de 2014 não traz boas lembranças para os torcedores brasileiros, mas muitos jogadores daquela seleção tiveram uma segunda chance ao retornar ao futebol brasileiro. Dos convocados por Luiz Felipe Scolari, 15 voltaram a atuar no Brasil.


ReadyNow

O mais recente a fazer esse retorno é Thiago Silva. Destaque positivo em 2014, o zagueiro é agora reforço do Fluminense. Confira a lista completa dos jogadores que integraram o elenco de Felipão e que voltaram a jogar no Brasil:

Júlio César

Goleiro titular em todos os sete jogos do Brasil na Copa de 2014, Júlio César estava no Toronto FC, da MLS, na época da convocação. Após o Mundial, jogou no Benfica até 2018, quando voltou ao Brasil para encerrar a carreira no Flamengo.

Daniel Alves

Titular absoluto na lateral direita, Dani Alves passou a maior parte da carreira na Europa e retornou ao Brasil em 2019, para jogar pelo São Paulo. Sua passagem pelo Tricolor terminou em 2021, e ele voltou ao Barcelona. Dani Alves também jogou pelo Pumas, do México, até 2023, quando teve seu contrato rescindido devido a uma investigação de violência sexual na Espanha.


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

Maicon

Reserva de Dani Alves, Maicon jogou apenas uma partida na Copa, contra a Colômbia. Ele estava na Roma e voltou ao Brasil após sua passagem pelo clube italiano, jogando pelo Avaí, Criciúma e Vila Nova antes de encerrar a carreira em 2023.

Marcelo

Lateral-esquerdo titular, Marcelo ficou marcado por um gol contra na estreia contra a Croácia, mas também se destacou positivamente. Jogava pelo Real Madrid na época e, após passar pelo Olympiacos, da Grécia, retornou ao Fluminense em 2023, onde conquistou o Campeonato Carioca e a Libertadores.

David Luiz

Titular na zaga, ao lado de Thiago Silva, David Luiz viveu altos e baixos na Copa, especialmente na derrota por 7 a 1 para a Alemanha. Na época, estava se transferindo do Chelsea para o PSG. Retornou ao Brasil em 2021 para jogar pelo Flamengo, onde ainda atua.

Henrique

Reserva durante a Copa, Henrique estava no Napoli. Retornou ao Brasil em 2015 para jogar no Fluminense, depois no Corinthians, e encerrou a carreira no Coritiba em 2023.

Fernandinho

Criticado após a goleada para a Alemanha, Fernandinho foi titular em três jogos. Passou a ser destaque no Manchester City sob o comando de Guardiola. Retornou ao Athletico-PR, clube que o revelou, em 2022.

Hernanes

Reserva em 2014, Hernanes estava na Inter de Milão. Retornou ao São Paulo em 2017, depois jogou pelo Hebei Fortune, da China, e novamente pelo São Paulo. Encerrou a carreira no Sport em 2021.

Luiz Gustavo

Titular em seis dos sete jogos do Brasil, Luiz Gustavo estava no Wolfsburg. Passou por Marseille, Fenerbahçe e Al-Nassr antes de retornar ao São Paulo em 2023.

Paulinho

Peça-chave de Felipão, Paulinho jogava no Tottenham em 2014. Depois, passou pelo Guangzhou Evergrande, Barcelona e Al-Ahli. Voltou ao Corinthians em 2022, mas foi dispensado recentemente.

Willian

Reserva utilizado em cinco jogos da Copa, Willian jogava no Chelsea. Após passagens pelo Arsenal, retornou ao Corinthians em 2021, mas logo voltou à Inglaterra para jogar no Fulham.

Ramires

Considerado o 12º jogador de Felipão, Ramires estava no Chelsea. Passou pelo Jiangsu, da China, antes de retornar ao Palmeiras em 2019. Encerrou a carreira em 2022.

Hulk

Destaque positivo em 2014, Hulk era jogador do Zenit. Passou pelo Shangai SIPG antes de retornar ao Brasil para jogar no Atlético-MG em 2021, onde foi o principal nome nos títulos do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil.

Bernard

Reserva na Copa, foi titular apenas na semifinal contra a Alemanha. Jogava pelo Shakhtar Donetsk e depois atuou pelo Everton, Sharjah e Panathinaikos. Retornou ao Atlético-MG em julho de 2023.

[[{“value”:”A Copa do Mundo de 2014 não traz boas lembranças para os torcedores brasileiros. Mas dos convocados, 15 voltaram a atuar no Brasil.
A Copa do Mundo de 2014 não traz boas lembranças para os torcedores brasileiros, mas muitos jogadores daquela seleção tiveram uma segunda chance ao retornar ao futebol brasileiro. Dos convocados por Luiz Felipe Scolari, 15 voltaram a atuar no Brasil.

O mais recente a fazer esse retorno é Thiago Silva. Destaque positivo em 2014, o zagueiro é agora reforço do Fluminense. Confira a lista completa dos jogadores que integraram o elenco de Felipão e que voltaram a jogar no Brasil:

Júlio César

Goleiro titular em todos os sete jogos do Brasil na Copa de 2014, Júlio César estava no Toronto FC, da MLS, na época da convocação. Após o Mundial, jogou no Benfica até 2018, quando voltou ao Brasil para encerrar a carreira no Flamengo.

Daniel Alves

Titular absoluto na lateral direita, Dani Alves passou a maior parte da carreira na Europa e retornou ao Brasil em 2019, para jogar pelo São Paulo. Sua passagem pelo Tricolor terminou em 2021, e ele voltou ao Barcelona. Dani Alves também jogou pelo Pumas, do México, até 2023, quando teve seu contrato rescindido devido a uma investigação de violência sexual na Espanha.

Maicon

Reserva de Dani Alves, Maicon jogou apenas uma partida na Copa, contra a Colômbia. Ele estava na Roma e voltou ao Brasil após sua passagem pelo clube italiano, jogando pelo Avaí, Criciúma e Vila Nova antes de encerrar a carreira em 2023.

Marcelo

Lateral-esquerdo titular, Marcelo ficou marcado por um gol contra na estreia contra a Croácia, mas também se destacou positivamente. Jogava pelo Real Madrid na época e, após passar pelo Olympiacos, da Grécia, retornou ao Fluminense em 2023, onde conquistou o Campeonato Carioca e a Libertadores.

David Luiz

Titular na zaga, ao lado de Thiago Silva, David Luiz viveu altos e baixos na Copa, especialmente na derrota por 7 a 1 para a Alemanha. Na época, estava se transferindo do Chelsea para o PSG. Retornou ao Brasil em 2021 para jogar pelo Flamengo, onde ainda atua.

Henrique

Reserva durante a Copa, Henrique estava no Napoli. Retornou ao Brasil em 2015 para jogar no Fluminense, depois no Corinthians, e encerrou a carreira no Coritiba em 2023.

Fernandinho

Criticado após a goleada para a Alemanha, Fernandinho foi titular em três jogos. Passou a ser destaque no Manchester City sob o comando de Guardiola. Retornou ao Athletico-PR, clube que o revelou, em 2022.

Hernanes

Reserva em 2014, Hernanes estava na Inter de Milão. Retornou ao São Paulo em 2017, depois jogou pelo Hebei Fortune, da China, e novamente pelo São Paulo. Encerrou a carreira no Sport em 2021.

Luiz Gustavo

Titular em seis dos sete jogos do Brasil, Luiz Gustavo estava no Wolfsburg. Passou por Marseille, Fenerbahçe e Al-Nassr antes de retornar ao São Paulo em 2023.

Paulinho

Peça-chave de Felipão, Paulinho jogava no Tottenham em 2014. Depois, passou pelo Guangzhou Evergrande, Barcelona e Al-Ahli. Voltou ao Corinthians em 2022, mas foi dispensado recentemente.

Willian

Reserva utilizado em cinco jogos da Copa, Willian jogava no Chelsea. Após passagens pelo Arsenal, retornou ao Corinthians em 2021, mas logo voltou à Inglaterra para jogar no Fulham.

Ramires

Considerado o 12º jogador de Felipão, Ramires estava no Chelsea. Passou pelo Jiangsu, da China, antes de retornar ao Palmeiras em 2019. Encerrou a carreira em 2022.

Hulk

Destaque positivo em 2014, Hulk era jogador do Zenit. Passou pelo Shangai SIPG antes de retornar ao Brasil para jogar no Atlético-MG em 2021, onde foi o principal nome nos títulos do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil.

Bernard

Reserva na Copa, foi titular apenas na semifinal contra a Alemanha. Jogava pelo Shakhtar Donetsk e depois atuou pelo Everton, Sharjah e Panathinaikos. Retornou ao Atlético-MG em julho de 2023.”}]]