Atitude de Augusto Melo atrasa a contratação de Cristian Borja pelo Corinthians

Presidente vem tendo muitas dificuldades nos primeiros meses de gestão

Negócio com Borja ‘trava’


Vivendo um momento delicado na temporada, o Corinthians vem buscando reforços para a sequência do ano. Mesmo sem estar com uma boa condição financeira, o Alvinegro quer trazer novos jogadores.


ReadyNow

Dentre as posições mais questionadas pela torcida, aparecem as funções de goleiro, zagueiro e lateral-esquerdo. Aliás, esta última posição já tinha um nome encaminhado com o presidente Augusto Melo.

Trata-se do colombiano Cristian Borja, lateral de 31 anos que está livre no mercado. Com experiência na Seleção da Colômbia, o jogador seria bastante útil. Todavia, o negócio está paralisado desde a última sexta-feira (28).

De acordo com informações do jornalista Bruno Andrade, do UOL, o jogador já havia aceitado as condições pré-estabelecidas, mas Augusto Melo resolveu mudar algumas situações contratuais e o negócio estagnou.


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

Mais detalhes do negócio

Contando mais detalhes, é interessante frisar que, segundo a apuração, o Timão teria oferecido um contrato de três temporadas inicialmente, mas a proposta oficial foi apresentada com apenas dois anos.

Além disso, este não foi o único valor que fez o negócio empacar. Os valores envolvendo salários também foram reduzidos, o que causou insegurança ao colombiano.

Como está livre no mercado e o Corinthians é uma ótima oportunidade de visibilidade, a tendência é que as partes entrem em acordo no decorrer da próxima semana.

Vale lembrar que o próximo compromisso do Coringão na temporada será na segunda-feira (1), às 20 horas, diante do Palmeiras. O Derby acontecerá no Allianz Parque.

Alvinegros repercutem situação

[[{“value”:”Presidente vem tendo muitas dificuldades nos primeiros meses de gestão
Negócio com Borja ‘trava’

Vivendo um momento delicado na temporada, o Corinthians vem buscando reforços para a sequência do ano. Mesmo sem estar com uma boa condição financeira, o Alvinegro quer trazer novos jogadores.

Dentre as posições mais questionadas pela torcida, aparecem as funções de goleiro, zagueiro e lateral-esquerdo. Aliás, esta última posição já tinha um nome encaminhado com o presidente Augusto Melo.

Trata-se do colombiano Cristian Borja, lateral de 31 anos que está livre no mercado. Com experiência na Seleção da Colômbia, o jogador seria bastante útil. Todavia, o negócio está paralisado desde a última sexta-feira (28).

De acordo com informações do jornalista Bruno Andrade, do UOL, o jogador já havia aceitado as condições pré-estabelecidas, mas Augusto Melo resolveu mudar algumas situações contratuais e o negócio estagnou.

Mais detalhes do negócio

Contando mais detalhes, é interessante frisar que, segundo a apuração, o Timão teria oferecido um contrato de três temporadas inicialmente, mas a proposta oficial foi apresentada com apenas dois anos.

Além disso, este não foi o único valor que fez o negócio empacar. Os valores envolvendo salários também foram reduzidos, o que causou insegurança ao colombiano.

Como está livre no mercado e o Corinthians é uma ótima oportunidade de visibilidade, a tendência é que as partes entrem em acordo no decorrer da próxima semana.

Vale lembrar que o próximo compromisso do Coringão na temporada será na segunda-feira (1), às 20 horas, diante do Palmeiras. O Derby acontecerá no Allianz Parque.

Alvinegros repercutem situação”}]]