Atlético-MG foi comunicado: Time do Exterior toma decisão sobre contratação de Vargas

Atacante está fora dos planos de Felipão e diretoria atleticana vê com bons olhos uma saída do jogador

Vargas vai ficar no Galo?


O atacante Eduardo Vargas tem contrato com o Atlético-MG até o fim do ano e é um dos jogadores negociáveis do elenco do Galo. Ele perdeu espaço no elenco do Clube Mineiro desde o ano passado.


No Galo desde novembro de 2020, o atacante chileno teve altos e baixos com a camisa atleticana. No Brasileirão de 2023, ele fez apenas 12 jogos, com um gol marcado. No ano passado, o diretor Rodrigo Caetano falou da situação do jogador.

O jogador de 34 anos chegou a ser ventilado no Vasco, mas a negociação não avançou. Um problema para os interessados em Vargas é o seu alto salário: cerca de R$ 900 mil mensais.

O medalhão também foi especulado para uma volta ao futebol chileno e defender as cores do Cobreloa, clube que o revelou. No entanto, o presidente da equipe descartou essa hipótese em entrevista.

Declaração do dirigente chileno:

“A questão dos reforços está encerrada, porque existe aquela visão responsável de dar sustentabilidade ao projeto, sem ultrapassar os orçamentos”, disse o presidente Marcelo Pérez, em entrevista ao jornal El Mercurio, em texto publicado pelo site O Tempo.

Com essa questão encerrada para os chilenos, o futuro de Eduardo Vargas segue indefinida. Com a camisa do Galo, ele fez parte da equipe campeã brasileira e da Copa do Brasil de 2021

Além da passagem pelo Clube Mineiro, o experiente jogador atuou por times como Grêmio, Universidad, do Chile, Napoli, da Itália, Valencia, da Espanha, Tigres, do México, entre outros.

O melhor momento da carreira do atacante aconteceu sob o comando de Jorge Sampaoli, na Seleção do Chile. Ele foi peça chave do time treinado pelo argentino e venceu a Copa América de 2015 com o profissional ex-Flamengo, Santos e Atlético-MG.

Atacante vai chegar no Galo

Se Vargas ainda pode ser negociado no mercado da bola, a diretoria atleticana acertou o retorno de Bernard, ídolo do Clube Mineiro. O ídolo da massa está no Panathinaikos, da Grécia, e se apresenta ao time de Felipão no meio do ano.

Bernard tem 31 anos e trabalhou com Felipão na Seleção Brasileira. Ele foi convocado para a Copa do Mundo de 2014 pelo treinador. Já com a camisa do Atlético Mineiro, o jogador venceu a Copa Libertadores de 2013.

Neste começo do Campeonato Mineiro, o time de Felipão aparece em segundo lugar do Grupo B, com seis pontos. O treinador não vai mudar o planejamento da equipe mesmo após ter perdido para o Cruzeiro.

Dentro de campo, Felipão vem sendo bastante questionado pela torcida neste começo de temporada e o Atlético-MG só volta a campo na quarta-feira (14), às 20h (de Brasília), contra o Tombense, na Arena MRV, em Belo Horizonte.

Comentários dos atleticanos na web:

[[{“value”:”Atacante está fora dos planos de Felipão e diretoria atleticana vê com bons olhos uma saída do jogador
Vargas vai ficar no Galo?

O atacante Eduardo Vargas tem contrato com o Atlético-MG até o fim do ano e é um dos jogadores negociáveis do elenco do Galo. Ele perdeu espaço no elenco do Clube Mineiro desde o ano passado.

No Galo desde novembro de 2020, o atacante chileno teve altos e baixos com a camisa atleticana. No Brasileirão de 2023, ele fez apenas 12 jogos, com um gol marcado. No ano passado, o diretor Rodrigo Caetano falou da situação do jogador.

O jogador de 34 anos chegou a ser ventilado no Vasco, mas a negociação não avançou. Um problema para os interessados em Vargas é o seu alto salário: cerca de R$ 900 mil mensais.

O medalhão também foi especulado para uma volta ao futebol chileno e defender as cores do Cobreloa, clube que o revelou. No entanto, o presidente da equipe descartou essa hipótese em entrevista.

Declaração do dirigente chileno:

“A questão dos reforços está encerrada, porque existe aquela visão responsável de dar sustentabilidade ao projeto, sem ultrapassar os orçamentos”, disse o presidente Marcelo Pérez, em entrevista ao jornal El Mercurio, em texto publicado pelo site O Tempo.

Com essa questão encerrada para os chilenos, o futuro de Eduardo Vargas segue indefinida. Com a camisa do Galo, ele fez parte da equipe campeã brasileira e da Copa do Brasil de 2021

Além da passagem pelo Clube Mineiro, o experiente jogador atuou por times como Grêmio, Universidad, do Chile, Napoli, da Itália, Valencia, da Espanha, Tigres, do México, entre outros.

O melhor momento da carreira do atacante aconteceu sob o comando de Jorge Sampaoli, na Seleção do Chile. Ele foi peça chave do time treinado pelo argentino e venceu a Copa América de 2015 com o profissional ex-Flamengo, Santos e Atlético-MG.

Atacante vai chegar no Galo

Se Vargas ainda pode ser negociado no mercado da bola, a diretoria atleticana acertou o retorno de Bernard, ídolo do Clube Mineiro. O ídolo da massa está no Panathinaikos, da Grécia, e se apresenta ao time de Felipão no meio do ano.

Bernard tem 31 anos e trabalhou com Felipão na Seleção Brasileira. Ele foi convocado para a Copa do Mundo de 2014 pelo treinador. Já com a camisa do Atlético Mineiro, o jogador venceu a Copa Libertadores de 2013.

Neste começo do Campeonato Mineiro, o time de Felipão aparece em segundo lugar do Grupo B, com seis pontos. O treinador não vai mudar o planejamento da equipe mesmo após ter perdido para o Cruzeiro.

Dentro de campo, Felipão vem sendo bastante questionado pela torcida neste começo de temporada e o Atlético-MG só volta a campo na quarta-feira (14), às 20h (de Brasília), contra o Tombense, na Arena MRV, em Belo Horizonte.

Comentários dos atleticanos na web:”}]]