Bicampeão da Libertadores aceita jogar no Santos e depende apenas do sim de Marcelo Teixeira

Peixão está buscando reforços no mercado da bola e Carille quer novidades em breve na Vila Belmiro

Em busca de reforços


O Santos entra em campo nesta noite (1), para enfrentar a Chapecoense, dentro de casa. A equipe precisa vencer para buscar o G-4 e Fábio Carille sabe que está muito pressionado.  


ReadyNow

O comandante santista vem recebendo duras críticas da torcida há pelo menos 20 dias e o clima nos bastidores também não é dos jogadores. O risco de demissão será grande em caso de tropeço. 

Enquanto isso, o departamento de futebol segue buscando reforços no mercado da bola e a chegada de um goleiro ainda é o desejo da comissão técnica, que avalia como necessário

Nova contratação

Diego Alves é colocado como uma oportunidade de mercado. O Santos recebeu a informação de que o ex-Flamengo aceita fechar um acordo com contrato curto com o Peixão. 


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

Ele está livre no mercado e chegaria com custo baixo, ou seja, não seria um negócio que movimentaria muita grana para o Santos nesse momento. Tudo, depende é claro, do próprio Clube. 

A situação, ao que tudo indica, será resolvida nesta semana. Sua chegada conta com apoio de Carille, que entende ser um bom negócio ter um jogador tão experiente como ele nesse momento. 

Mandatário busca acesso

Marcelo Teixeira quer colocar o Peixão na Série A de qualquer jeito. O presidente sabe da pressão e das primeiras críticas mais forte que vem sofrendo após resultados bem ruins nos últimos tempos. 

Além de Diego Alves, o Alvinegro Praiano ainda deseja mais dois ou três reforços e tudo dependerá de como o departamento de futebol conseguirá encontrar jogadores que estejam dentro do orçamento financeiro do Peixão. 

[[{“value”:”Peixão está buscando reforços no mercado da bola e Carille quer novidades em breve na Vila Belmiro
Em busca de reforços

O Santos entra em campo nesta noite (1), para enfrentar a Chapecoense, dentro de casa. A equipe precisa vencer para buscar o G-4 e Fábio Carille sabe que está muito pressionado.  

O comandante santista vem recebendo duras críticas da torcida há pelo menos 20 dias e o clima nos bastidores também não é dos jogadores. O risco de demissão será grande em caso de tropeço. 

Enquanto isso, o departamento de futebol segue buscando reforços no mercado da bola e a chegada de um goleiro ainda é o desejo da comissão técnica, que avalia como necessário. 

Nova contratação

Diego Alves é colocado como uma oportunidade de mercado. O Santos recebeu a informação de que o ex-Flamengo aceita fechar um acordo com contrato curto com o Peixão. 

Ele está livre no mercado e chegaria com custo baixo, ou seja, não seria um negócio que movimentaria muita grana para o Santos nesse momento. Tudo, depende é claro, do próprio Clube. 

A situação, ao que tudo indica, será resolvida nesta semana. Sua chegada conta com apoio de Carille, que entende ser um bom negócio ter um jogador tão experiente como ele nesse momento. 

Mandatário busca acesso

Marcelo Teixeira quer colocar o Peixão na Série A de qualquer jeito. O presidente sabe da pressão e das primeiras críticas mais forte que vem sofrendo após resultados bem ruins nos últimos tempos. 

Além de Diego Alves, o Alvinegro Praiano ainda deseja mais dois ou três reforços e tudo dependerá de como o departamento de futebol conseguirá encontrar jogadores que estejam dentro do orçamento financeiro do Peixão. “}]]