Com Cuca e Diniz, sobe para 7 os técnicos que deixaram seus times desde o começo do Brasileirão

Após saídas de Cuca do Athletico-PR e Fernando Diniz do Fluminense, veja a lista dos 7 treinadores que deixaram seus clubes neste Brasileirão

“Dança das cadeiras”


Hoje (24), Cuca foi o sexto técnico a ser desligado de um time do Campeonato Brasileiro deste ano desde o começo da competição. O ex-treinador do Athletico-PR pediu demissão após empate contra o Corinthians na Ligga Arena.


ReadyNow

Horas depois, Fernando Diniz foi o sétimo a deixar sua equipe no campeonato. O agora, ex-treinador do Fluminense, foi demitido após derrota no clássico contra o Flamengo. Além do revés no Maracanã, o time está na lanterna do Brasileirão, com apenas 6 pontos em 33 possíveis.

O Vasco da Gama puxa a lista de clubes com mais trocas, com duas. Athletico, Atlético-GO, São Paulo e Vitória mudaram uma vez cada um. O levantamento não leva em consideração alterações de técnicos interinos.

Cruzeiro e Botafogo anunciaram seus atuais técnicos um pouco antes do início da competição, enquanto o Cuiabá contratou seu comandante com o torneio já em andamento.


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

A equipe do Palmeiras é quem tem o trabalho mais longevo de treinador na elite do futebol brasileiro. O português Abel Ferreira comanda o Alviverde paulista desde novembro de 2020, acumulando vários títulos até aqui.

Lista dos treinadores que deixaram seus clubes

Cuca (Athletico-PR)
Jair Ventura (Atlético-GO)
Fernando Diniz (Fluminense)
Thiago Carpini (São Paulo)
Ramon Diaz (Vasco)
Álvaro Pacheco (Vasco)
Léo Condé (Vitória)

Atualmente, é assim que se encontra o quadro de treinadores dos times no Brasileirão:

Athletico: Juca Antonello (interino)
Atlético-GO: Anderson Gomes (interino)
Atlético-MG: Gabriel Milito
Bahia: Rogério Ceni
Botafogo: Artur Jorge
Corinthians: António Oliveira
Criciúma: Claudio Tencati
Cruzeiro: Fernando Seabra
Cuiabá: Petit
Flamengo: Tite
Fluminense: Marcão (interino)
Fortaleza: Juan Pablo Vojvoda
Grêmio: Renato Gaúcho
Inter: Eduardo Coudet
Juventude: Roger Machado
Palmeiras: Abel Ferreira
Bragantino: Pedro Caixinha
São Paulo: Luís Zubeldía
Vasco: Rafael Paiva (interino)
Vitória: Thiago Carpini

Encaixa no seu time?

Além dos treinadores que deixaram sues clubes hoje, há outros que estão sem clube e podem pintar no Athletico-PR ou no Fluminense. Entre eles, tem até ex-treinadores da Seleção Brasileira.

Aqui vai alguns nomes: Álvaro Pacheco, Bruno Lage, Celso Roth, Dunga, Elano, Guto Ferreira, Jair Ventura, Jorge Sampaoli, Jorginho, Léo Condé, Lisca, Luiz Felipe Scolari, Mano Menezes, Marcelo Oliveira, Ney Franco, Oswaldo de Oliveira, Paulo Turra, Pepa e Vanderlei Luxemburgo.

[[{“value”:”Após saídas de Cuca do Athletico-PR e Fernando Diniz do Fluminense, veja a lista dos 7 treinadores que deixaram seus clubes neste Brasileirão
“Dança das cadeiras”

Hoje (24), Cuca foi o sexto técnico a ser desligado de um time do Campeonato Brasileiro deste ano desde o começo da competição. O ex-treinador do Athletico-PR pediu demissão após empate contra o Corinthians na Ligga Arena.Horas depois, Fernando Diniz foi o sétimo a deixar sua equipe no campeonato. O agora, ex-treinador do Fluminense, foi demitido após derrota no clássico contra o Flamengo. Além do revés no Maracanã, o time está na lanterna do Brasileirão, com apenas 6 pontos em 33 possíveis.O Vasco da Gama puxa a lista de clubes com mais trocas, com duas. Athletico, Atlético-GO, São Paulo e Vitória mudaram uma vez cada um. O levantamento não leva em consideração alterações de técnicos interinos. Cruzeiro e Botafogo anunciaram seus atuais técnicos um pouco antes do início da competição, enquanto o Cuiabá contratou seu comandante com o torneio já em andamento.A equipe do Palmeiras é quem tem o trabalho mais longevo de treinador na elite do futebol brasileiro. O português Abel Ferreira comanda o Alviverde paulista desde novembro de 2020, acumulando vários títulos até aqui.

Lista dos treinadores que deixaram seus clubes

Cuca (Athletico-PR)Jair Ventura (Atlético-GO)Fernando Diniz (Fluminense)Thiago Carpini (São Paulo)Ramon Diaz (Vasco)Álvaro Pacheco (Vasco)Léo Condé (Vitória)Atualmente, é assim que se encontra o quadro de treinadores dos times no Brasileirão:

Athletico: Juca Antonello (interino)Atlético-GO: Anderson Gomes (interino)Atlético-MG: Gabriel MilitoBahia: Rogério CeniBotafogo: Artur JorgeCorinthians: António OliveiraCriciúma: Claudio TencatiCruzeiro: Fernando SeabraCuiabá: PetitFlamengo: TiteFluminense: Marcão (interino)Fortaleza: Juan Pablo VojvodaGrêmio: Renato GaúchoInter: Eduardo CoudetJuventude: Roger MachadoPalmeiras: Abel FerreiraBragantino: Pedro CaixinhaSão Paulo: Luís ZubeldíaVasco: Rafael Paiva (interino)Vitória: Thiago Carpini

Encaixa no seu time?

Além dos treinadores que deixaram sues clubes hoje, há outros que estão sem clube e podem pintar no Athletico-PR ou no Fluminense. Entre eles, tem até ex-treinadores da Seleção Brasileira.Aqui vai alguns nomes: Álvaro Pacheco, Bruno Lage, Celso Roth, Dunga, Elano, Guto Ferreira, Jair Ventura, Jorge Sampaoli, Jorginho, Léo Condé, Lisca, Luiz Felipe Scolari, Mano Menezes, Marcelo Oliveira, Ney Franco, Oswaldo de Oliveira, Paulo Turra, Pepa e Vanderlei Luxemburgo.”}]]