Corinthians faz contato com staff de Fernando Diniz; técnico ainda é António Oliveira

De acordo com informação apurada pelo jornalista Caio Blois, a diretoria já estaria agindo nos bastidores por mudanças no Timão

Nem demitiu, mas já está de olho:


O Corinthians vem fazendo uma campanha pífia no Campeonato Brasileiro, tanto que venceu apenas 1 jogo dos 11 primeiros que disputou, ocupando uma vaga dentro da zona de rebaixamento e preocupando os torcedores.


ReadyNow

Na última partida, diante do Athletico-PR, em Curitiba, o Timão conseguiu arrancar um empate na bacia das almas, com gol marcado por Cacá, desta vez a favor, nos acréscimos do segundo tempo.

De qualquer forma, muitos ainda consideram que o momento atual deveria ocasionar a demissão de António Oliveira, algo que não foi confirmado pela diretoria, optando por mantê-lo, ao menos por enquanto.

Porém, a situação do português parece estar complicada, ainda mais depois de uma informação bem quente que foi divulgada nesta segunda-feira (25), colocando em cheque o futuro no Parque São Jorge.


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

Alô, Diniz:

De acordo com informação apurada pelo jornalista Caio Blois, do portal Trivela, a diretoria corinthiana já teria buscado os representantes de Fernando Diniz, que foi demitido do Fluminense há poucas horas.

“Além do Athletico, como adiantou @Nadjapm, o Corinthians também já fez contatos com o estafe de Fernando Diniz nesta segunda-feira (24), após o técnico ser demitido do Fluminense. Por lá, o português António Oliveira ainda está empregado…”, publicou.

Importante destacar que, como citado na publicação acima, o Furacão, que viu Cuca pedir demissão após o empate diante do Alvinegro, também buscou mais informações, visando tê-lo como novo comandante.

Futuro indefinido:

Em caso de qualquer resultado que não seja uma vitória diante do Cuiabá, na Neo Química Arena, o atual treinador será demitido. Vale lembrar que, na próxima segunda-feira (1), o Timão enfrenta o Palmeiras, fora de casa.

A pressão nas costas da atual comissão técnica segue e os resultados é quem devem ditar o futuro, até porque a situação é bem complicada e esperar pode gerar um resultado negativo no futuro.

[[{“value”:”De acordo com informação apurada pelo jornalista Caio Blois, a diretoria já estaria agindo nos bastidores por mudanças no Timão
Nem demitiu, mas já está de olho:

O Corinthians vem fazendo uma campanha pífia no Campeonato Brasileiro, tanto que venceu apenas 1 jogo dos 11 primeiros que disputou, ocupando uma vaga dentro da zona de rebaixamento e preocupando os torcedores.

Na última partida, diante do Athletico-PR, em Curitiba, o Timão conseguiu arrancar um empate na bacia das almas, com gol marcado por Cacá, desta vez a favor, nos acréscimos do segundo tempo.

De qualquer forma, muitos ainda consideram que o momento atual deveria ocasionar a demissão de António Oliveira, algo que não foi confirmado pela diretoria, optando por mantê-lo, ao menos por enquanto.

Porém, a situação do português parece estar complicada, ainda mais depois de uma informação bem quente que foi divulgada nesta segunda-feira (25), colocando em cheque o futuro no Parque São Jorge.

Alô, Diniz:

De acordo com informação apurada pelo jornalista Caio Blois, do portal Trivela, a diretoria corinthiana já teria buscado os representantes de Fernando Diniz, que foi demitido do Fluminense há poucas horas.

“Além do Athletico, como adiantou @Nadjapm, o Corinthians também já fez contatos com o estafe de Fernando Diniz nesta segunda-feira (24), após o técnico ser demitido do Fluminense. Por lá, o português António Oliveira ainda está empregado…”, publicou.

Importante destacar que, como citado na publicação acima, o Furacão, que viu Cuca pedir demissão após o empate diante do Alvinegro, também buscou mais informações, visando tê-lo como novo comandante.

Futuro indefinido:

Em caso de qualquer resultado que não seja uma vitória diante do Cuiabá, na Neo Química Arena, o atual treinador será demitido. Vale lembrar que, na próxima segunda-feira (1), o Timão enfrenta o Palmeiras, fora de casa.

A pressão nas costas da atual comissão técnica segue e os resultados é quem devem ditar o futuro, até porque a situação é bem complicada e esperar pode gerar um resultado negativo no futuro.”}]]