Desfalque desafia Felipão e dupla inédita será acionada para sanar problema do Atlético

Galo vai a campo com quinta formação diferente em cinco rodadas

Galo venceu e amenizou preocupação de Scolari


O Galo venceu a última rodada do Campeonato Mineiro, ao bater o Athletic por 2 a 0. Resultado importante, porque o Time do Impossível havia perdido o Clássico diante de seu maior rival, preocupando o técnico Luiz Felipe Scolari.


Até mesmo o lateral Guilherme Arana se pronunciou na ocasião, apontando os problemas que a equipe precisa superar. O resultado positivo veio logo na sequência e o Atlético agora se prepara para seu próximo desafio na competição Estadual.

A partida contra o Athletic também deu um susto na comissão técnica, algo revelado pelo próprio treinador. Isso porque Gustavo Scarpa sentiu dores no jogo disputado em São João Del Rey. Mas, a substituição não passou de uma atitude preventiva do comandante Alvinegro.

Mas, a equipe tem problemas referentes a lesões e Felipão quebra a cabeça para escalara equipe. Para a partida contra o Tombense, o Atlético contará com uma quinta formação diferente, isso em cinco partidas disputadas até o momento.

Zaga inédita no Atlético

Importante lembrar que as mudanças ocorreram não apenas por conta de lesão, mas também por suspensões e testes da comissão técnica. Desta vez para o duelo da próxima rodada, um problema no sistema defensivo deve provocar uma escalação inédita na zaga. A informação é do portal Globo Esporte.

Jemerson é o desfalque de ‘última hora’, já que o defensor levou o terceiro cartão amarelo. A situação gerou uma bola de neve sobre desfalques, pois além dele, Lemos também está fora da partida, pois se recupera de lesão.

Para suprir os desfalques em sua zaga, Felipão conta com Igor Rabello, Bruno Fuchs e Rômulo. A tendência é que Fuchs e Rabello sejam acionados contra o Tombense, formando uma dupla inédita no sistema defensivo.

Entretanto, outra dúvida paira na mente de Scolari, já que Edenílson, que não jogou na última rodada e ainda está sendo avaliado pelo departamento médico sobre suas condições para ficar à disposição do treinador.

Preocupações no extracampo do Atlético

A citada preocupação de Scolari se refere a Zaracho, que deve ficar afastado por cerca de trinta dias, de acordo com a própria explicação do treinador.

Além dos trabalhos, visando a rodada do Campeonato Mineiro, o Galo tem situações que agitam os bastidores. Uma delas é o processo movido pelo meia-atacante Dylan Borrero, jogador colombiano que integrou o Time do Impossível em 2020.

Outra situação que chama atenção é a de Vargas. O chileno está fora dos planos de Felipão e o Galo o coloca como um atleta na lista de negociações possíveis. Recentemente, especulações apontavam interesse do Cobreloa (CHI), mas, o dirigente do Clube explicou sobre a realidade financeira da equipe.

Contudo, o Atlético entra em campo na próxima quarta-feira (14), para encarar o Tombense na Arena MRV. A missão é cravar a liderança, pois o Alvinegro está na segunda colocação do Grupo B, com seis pontos, um a menos que o Vila Nova-MG.

O que diz a torcida do Atlético

[[{“value”:”Galo vai a campo com quinta formação diferente em cinco rodadas
Galo venceu e amenizou preocupação de Scolari

O Galo venceu a última rodada do Campeonato Mineiro, ao bater o Athletic por 2 a 0. Resultado importante, porque o Time do Impossível havia perdido o Clássico diante de seu maior rival, preocupando o técnico Luiz Felipe Scolari.

Até mesmo o lateral Guilherme Arana se pronunciou na ocasião, apontando os problemas que a equipe precisa superar. O resultado positivo veio logo na sequência e o Atlético agora se prepara para seu próximo desafio na competição Estadual.

A partida contra o Athletic também deu um susto na comissão técnica, algo revelado pelo próprio treinador. Isso porque Gustavo Scarpa sentiu dores no jogo disputado em São João Del Rey. Mas, a substituição não passou de uma atitude preventiva do comandante Alvinegro.

Mas, a equipe tem problemas referentes a lesões e Felipão quebra a cabeça para escalara equipe. Para a partida contra o Tombense, o Atlético contará com uma quinta formação diferente, isso em cinco partidas disputadas até o momento.

Zaga inédita no Atlético

Importante lembrar que as mudanças ocorreram não apenas por conta de lesão, mas também por suspensões e testes da comissão técnica. Desta vez para o duelo da próxima rodada, um problema no sistema defensivo deve provocar uma escalação inédita na zaga. A informação é do portal Globo Esporte.

Jemerson é o desfalque de ‘última hora’, já que o defensor levou o terceiro cartão amarelo. A situação gerou uma bola de neve sobre desfalques, pois além dele, Lemos também está fora da partida, pois se recupera de lesão.

Para suprir os desfalques em sua zaga, Felipão conta com Igor Rabello, Bruno Fuchs e Rômulo. A tendência é que Fuchs e Rabello sejam acionados contra o Tombense, formando uma dupla inédita no sistema defensivo.

Entretanto, outra dúvida paira na mente de Scolari, já que Edenílson, que não jogou na última rodada e ainda está sendo avaliado pelo departamento médico sobre suas condições para ficar à disposição do treinador.

Preocupações no extracampo do Atlético

A citada preocupação de Scolari se refere a Zaracho, que deve ficar afastado por cerca de trinta dias, de acordo com a própria explicação do treinador.

Além dos trabalhos, visando a rodada do Campeonato Mineiro, o Galo tem situações que agitam os bastidores. Uma delas é o processo movido pelo meia-atacante Dylan Borrero, jogador colombiano que integrou o Time do Impossível em 2020.

Outra situação que chama atenção é a de Vargas. O chileno está fora dos planos de Felipão e o Galo o coloca como um atleta na lista de negociações possíveis. Recentemente, especulações apontavam interesse do Cobreloa (CHI), mas, o dirigente do Clube explicou sobre a realidade financeira da equipe.

Contudo, o Atlético entra em campo na próxima quarta-feira (14), para encarar o Tombense na Arena MRV. A missão é cravar a liderança, pois o Alvinegro está na segunda colocação do Grupo B, com seis pontos, um a menos que o Vila Nova-MG.

O que diz a torcida do Atlético”}]]