JP Chermont tem problema no Santos revelado por Carille: “Preciso melhorar ele”

Menino da Vila perdeu espaço e o treinador entrou em detalhes

Menino da Vila surpreendeu em temporada atípica


O Santos entra em campo apenas na próxima segunda-feira (15), para encarar o duelo contra o Ituano, válido pela 15ª rodada do Brasileirão Série B.


ReadyNow

O Santos vive uma temporada desafiante, afinal, o Clube te como missão fundamental o retorno à elite do futebol brasileiro após a queda para a Série B, resultado de uma gestão bastante errônea no ano de 2023.

Porém, em meio ao drama inédito na Vila Belmiro, surgiu uma revelação que tem chamado atenção pelo desempenho na jornada do Peixe em 2024. Tanto, que desperta grande carinho e admiração da torcida desde o Paulistão.

A ascensão meteórica do Menino da Vila o fez rapidamente ganhar espaço e foi acionado como titular na grande maioria dos jogos da Série B.


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

Missão para Carille

Porém, depois de oscilar, o jogador de 18 anos acabou perdendo a vaga para Aderlan e nas últimas rodadas, não tem sido uma escolha imediata de Carille quando precisa mexer na lateral-direita. O exemplo aconteceu na última rodada, como explicou o portal Diário do Peixe. Rodrigo Ferreira foi acionando para entrar no lugar de Aderlan, porém, após ser expulso, Chermont acabou entrando.

Contudo, o treinador do Santos tem consciência do talento do jovem jogador, porém, tem como principal objetivo corrigir um problema: o poder marcação do atleta, foi o que justamente o deixou como terceira opção no duelo contra o Ceará.

Em entrevista ao jornalista Fábio Sormani, no canal Placar TV, Carille abordou que vai melhorar o que acredita ser um dos pontos falhos de Chermont: “Com 18 anos ele estreou contra o Palmeiras numa final. Tem todo meu carinho, todo o meu respeito. Preciso melhorar ele e vou melhorar”, iniciou o técnico.

O que deve ser melhorado?

Na sequência, o treinador entrou em detalhes: “Com a bola no pé, pra frente, está ido muito bem. Questão de marcação a gente tem conversado. Tem dificuldade, mas isso é trabalho. É interesse dele e ele é muito interessado”.

A queda de produção é encarada com naturalidade pelo treinador: “Sofreu e é normal sofrer, importante que está trabalhando. Está nos nossos planos. Deu uma caída normal pela idade. Teve na seleção e a informação que ele foi muito bem. É trabalhar com calma e sabedoria, saber colocar no momento certo, pois vai dar resultado muito bom”.

[[{“value”:”Menino da Vila perdeu espaço e o treinador entrou em detalhes
Menino da Vila surpreendeu em temporada atípica

O Santos entra em campo apenas na próxima segunda-feira (15), para encarar o duelo contra o Ituano, válido pela 15ª rodada do Brasileirão Série B.

O Santos vive uma temporada desafiante, afinal, o Clube te como missão fundamental o retorno à elite do futebol brasileiro após a queda para a Série B, resultado de uma gestão bastante errônea no ano de 2023.

Porém, em meio ao drama inédito na Vila Belmiro, surgiu uma revelação que tem chamado atenção pelo desempenho na jornada do Peixe em 2024. Tanto, que desperta grande carinho e admiração da torcida desde o Paulistão.

A ascensão meteórica do Menino da Vila o fez rapidamente ganhar espaço e foi acionado como titular na grande maioria dos jogos da Série B.

Missão para Carille

Porém, depois de oscilar, o jogador de 18 anos acabou perdendo a vaga para Aderlan e nas últimas rodadas, não tem sido uma escolha imediata de Carille quando precisa mexer na lateral-direita. O exemplo aconteceu na última rodada, como explicou o portal Diário do Peixe. Rodrigo Ferreira foi acionando para entrar no lugar de Aderlan, porém, após ser expulso, Chermont acabou entrando.

Contudo, o treinador do Santos tem consciência do talento do jovem jogador, porém, tem como principal objetivo corrigir um problema: o poder marcação do atleta, foi o que justamente o deixou como terceira opção no duelo contra o Ceará.

Em entrevista ao jornalista Fábio Sormani, no canal Placar TV, Carille abordou que vai melhorar o que acredita ser um dos pontos falhos de Chermont: “Com 18 anos ele estreou contra o Palmeiras numa final. Tem todo meu carinho, todo o meu respeito. Preciso melhorar ele e vou melhorar”, iniciou o técnico.

O que deve ser melhorado?

Na sequência, o treinador entrou em detalhes: “Com a bola no pé, pra frente, está ido muito bem. Questão de marcação a gente tem conversado. Tem dificuldade, mas isso é trabalho. É interesse dele e ele é muito interessado”.

A queda de produção é encarada com naturalidade pelo treinador: “Sofreu e é normal sofrer, importante que está trabalhando. Está nos nossos planos. Deu uma caída normal pela idade. Teve na seleção e a informação que ele foi muito bem. É trabalhar com calma e sabedoria, saber colocar no momento certo, pois vai dar resultado muito bom”.”}]]