Juan surpreende todo mundo, aceita proposta e está fora do Flamengo

De acordo com o Globo Esporte, o atual gerente técnico vai deixar o cargo e não segue como parte do planejamento do Mais Querido

Mais um adeus sendo confirmado:


O Flamengo passou por várias mudanças nos últimos anos, seja com técnicos, mas até mesmo com jogadores, já que alguns saíram, enquanto outros chegaram e atualmente fazem parte do planejamento de Tite.


A questão é que internamente também existiram despedidas, como ocorreu, por exemplo, com Fabinho Soldado, que aceitou uma proposta para ser diretor executivo de futebol do Corinthians, convidado por Augusto Melo.

Quando muita gente imaginava que mais nada do tipo iria ocorrer nos bastidores do Mais Querido, uma situação surpreendeu todo mundo nesta quinta-feira (8) ao ser confirmada pelo Globo Esporte.

De acordo com o portal, Juan, gerente técnico do Rubro-Negro, está acertando sua saída, pois vai trabalhar na CBF, onde irá exercer o cargo de coordenação. Vale lembrar que, inicialmente, essa vaga foi oferecida para Filipe Luís.

Mudanças desejadas na entidade:

No entanto, naquela ocasião, o ex-lateral recusou o convite para seguir carreira de treinador, que era seu foco neste momento, tanto que agora comanda a equipe sub-17 flamenguista, visando crescer na função.

Vale lembrar que Ednaldo Rodrigues, desde que voltou ao cargo, estabeleceu como prioridade reforçar o departamento de seleções. De início, cogitou acumular as funções, mas desistiu após ficar afastado por decisão judicial.

A intenção neste momento era contratar dois profissionais:

1) Gerente de futebol: visando auxiliar Dorival Júnior com questões próximas do campo, mas que também passam por gestão e administração do departamento, como negociação de amistosos, planejamento de viagens e tudo mais.

2) Diretor de Seleções: o presidente da CBF acertou a contratação de Rodrigo Caetano, que está de saída do Atlético-MG, chegando com responsabilidade também sobre as divisões de base e fazendo essa função designada.

O que Juan fazia no Flamengo?

Há cerca de 1 ano, Juan explicou quais eram suas atribuições no Flamengo:

Eu sou responsável pela análise e avaliação da parte técnica do elenco, tanto individual quanto coletiva. Reporto sempre ao Marcos (Braz) o que está acontecendo, e gerencio a parte de análise de desempenho junto com a comissão técnica”, iniciou.

“Fazemos muitas reuniões entre os setores. Participo também das reuniões do treinador com o elenco, antes e depois dos jogos. Também faço a observação dos treinos, que é uma parte importante. Assisti praticamente todos desde a época do Jorge Jesus”, explicou, completando:

Aí tem a parte da troca de informação com os treinadores, jogadores e, principalmente, com a direção. É importante fazer este elo para ajudar no dia a dia, sempre com o pensamento sobre o que é melhor para o Flamengo”, salientou, indo além:

Eu também procuro ajudar em outros departamentos por conhecer bem o clube e os jogadores. Também tento ajudar bastante o Fabinho, que foi importante para mim nessa nova função. Estamos sempre em contato para que as coisas saiam bem no dia a dia e comissão técnica e jogadores tenham respaldo”, finalizou.

Torcida se manifestou:

[[{“value”:”De acordo com o Globo Esporte, o atual gerente técnico vai deixar o cargo e não segue como parte do planejamento do Mais Querido
Mais um adeus sendo confirmado:

O Flamengo passou por várias mudanças nos últimos anos, seja com técnicos, mas até mesmo com jogadores, já que alguns saíram, enquanto outros chegaram e atualmente fazem parte do planejamento de Tite.

A questão é que internamente também existiram despedidas, como ocorreu, por exemplo, com Fabinho Soldado, que aceitou uma proposta para ser diretor executivo de futebol do Corinthians, convidado por Augusto Melo.

Quando muita gente imaginava que mais nada do tipo iria ocorrer nos bastidores do Mais Querido, uma situação surpreendeu todo mundo nesta quinta-feira (8) ao ser confirmada pelo Globo Esporte.

De acordo com o portal, Juan, gerente técnico do Rubro-Negro, está acertando sua saída, pois vai trabalhar na CBF, onde irá exercer o cargo de coordenação. Vale lembrar que, inicialmente, essa vaga foi oferecida para Filipe Luís.

Mudanças desejadas na entidade:

No entanto, naquela ocasião, o ex-lateral recusou o convite para seguir carreira de treinador, que era seu foco neste momento, tanto que agora comanda a equipe sub-17 flamenguista, visando crescer na função.

Vale lembrar que Ednaldo Rodrigues, desde que voltou ao cargo, estabeleceu como prioridade reforçar o departamento de seleções. De início, cogitou acumular as funções, mas desistiu após ficar afastado por decisão judicial.

A intenção neste momento era contratar dois profissionais:

1) Gerente de futebol: visando auxiliar Dorival Júnior com questões próximas do campo, mas que também passam por gestão e administração do departamento, como negociação de amistosos, planejamento de viagens e tudo mais.

2) Diretor de Seleções: o presidente da CBF acertou a contratação de Rodrigo Caetano, que está de saída do Atlético-MG, chegando com responsabilidade também sobre as divisões de base e fazendo essa função designada.

O que Juan fazia no Flamengo?

Há cerca de 1 ano, Juan explicou quais eram suas atribuições no Flamengo:

“Eu sou responsável pela análise e avaliação da parte técnica do elenco, tanto individual quanto coletiva. Reporto sempre ao Marcos (Braz) o que está acontecendo, e gerencio a parte de análise de desempenho junto com a comissão técnica”, iniciou.

“Fazemos muitas reuniões entre os setores. Participo também das reuniões do treinador com o elenco, antes e depois dos jogos. Também faço a observação dos treinos, que é uma parte importante. Assisti praticamente todos desde a época do Jorge Jesus”, explicou, completando:

“Aí tem a parte da troca de informação com os treinadores, jogadores e, principalmente, com a direção. É importante fazer este elo para ajudar no dia a dia, sempre com o pensamento sobre o que é melhor para o Flamengo”, salientou, indo além:

“Eu também procuro ajudar em outros departamentos por conhecer bem o clube e os jogadores. Também tento ajudar bastante o Fabinho, que foi importante para mim nessa nova função. Estamos sempre em contato para que as coisas saiam bem no dia a dia e comissão técnica e jogadores tenham respaldo”, finalizou.

Torcida se manifestou:”}]]