R$ 134 milhões, contrato até 2026: Flamengo se decide sobre venda de Cebolinha

No clássico contra o Botafogo, vencido por 1 a 0, Everton Cebolinha completou 100 jogos com o Manto Sagrado

Cebolinha 100 jogos no Flamengo


Na quarta-feira (7), o Flamengo venceu o Botafogo pela sétima rodada do Campeonato Carioca. O placar da partida só foi alterado na reta final, com gol de Léo Pereira. No clássico, Everton Cebolinha completou 100 jogos com o Manto Sagrado.


No início do ano, Everton Cebolinha foi ventilado como possível saída com sondagens de fora. Márcio Cruz, empresário do atacante, descartou possíveis propostas do futebol mexicano ao atacante.

O empresário afirmou que não recebeu nada, e que o camisa 11 está totalmente focado no trabalho com a camisa do Flamengo: “Não, não procede. No momento não tem nada! O Everton está totalmente focado no Flamengo!”, afirmou o empresário na ocasião para Júlio Miguel Neto.

Everton Cebolinha vem em uma crescente desde a chegada do técnico Tite. O jogador pretende cumprir seu contrato e está feliz no clube. O estafe do atleta já sinalizou que gostaria de renovar o vínculo, mas a diretoria ainda prega cautela e espera o fim da temporada.

Cebolinha buscou ajuda para melhorar rendimento

O atleta precisou buscar ajuda fora de campo e realizou acompanhamento com preparador mental para recuperar a confiança no Flamengo. Ele tem sido peça fundamental de Tite e a tendência é de mais jogos.

O profissional optado pelo atleta foi Lulinha Tavares, que exerce a função de preparador mental há 15 anos e atende também Pedro e Matheus França (Matheuzinho), que estão no elenco atual. Andreas Pereira, também passou por ele.

“Eu procurei isso porque via que aquilo que fazia no clube não era suficiente. Eu procurei evoluir também nesses pontos, e isso tem agregado muito. Hoje estou colhendo esses frutos que plantei. Eu sei da importância que é trabalhar a parte mental, principalmente em um clube como o Flamengo”, disse ao GE.

“A exigência é muito grande, você tem que estar sempre ganhando, e a gente sabe a dificuldade que é. Então, quanto mais você estiver bem mentalmente mais o corpo vai responder em campo”, finalizou.

Briga por posição

Em entrevista à FlaTV, o camisa 11 abordou a situação da briga pela posição na equipe rubro-negra. Para ele, a busca pela forma física foi fundamental para estar bem e conseguir desempenhar seu futebol em melhor nível.

“A gente procura estar no nosso máximo, tanto na parte física quanto na parte técnica. Porque a gente sabe da dificuldade. São grandes jogadores. Todos ali da frente têm condição de ser titular”, disse, antes de completar:

“Nesse momento, eu estou titular, assim como os meus companheiros, porque é uma concorrência muito forte. Isso só quem tem a ganhar é o Flamengo e nós mesmos, porque acaba elevando o seu nível, seu nível técnico, seu nível físico, então sempre a gente vai estar nos 100% e só o clube tem a ganhar com isso”, finalizou Everton Cebolinha.

Além do futebol mexicano, houve muitos rumores também de uma volta para Europa. A Fiorentina chegou a fazer uma consulta pelo atleta, mas não progrediu. Uma proposta só seria aceita sendo maior que 25 milhões de euros (R$ 134 milhões). Ele tem contrato até dezembro de 2026.

Nação fala sobre Cebolinha

[[{“value”:”No clássico contra o Botafogo, vencido por 1 a 0, Everton Cebolinha completou 100 jogos com o Manto Sagrado
Cebolinha 100 jogos no Flamengo

Na quarta-feira (7), o Flamengo venceu o Botafogo pela sétima rodada do Campeonato Carioca. O placar da partida só foi alterado na reta final, com gol de Léo Pereira. No clássico, Everton Cebolinha completou 100 jogos com o Manto Sagrado.

No início do ano, Everton Cebolinha foi ventilado como possível saída com sondagens de fora. Márcio Cruz, empresário do atacante, descartou possíveis propostas do futebol mexicano ao atacante.

O empresário afirmou que não recebeu nada, e que o camisa 11 está totalmente focado no trabalho com a camisa do Flamengo: “Não, não procede. No momento não tem nada! O Everton está totalmente focado no Flamengo!”, afirmou o empresário na ocasião para Júlio Miguel Neto.

Everton Cebolinha vem em uma crescente desde a chegada do técnico Tite. O jogador pretende cumprir seu contrato e está feliz no clube. O estafe do atleta já sinalizou que gostaria de renovar o vínculo, mas a diretoria ainda prega cautela e espera o fim da temporada.

Cebolinha buscou ajuda para melhorar rendimento

O atleta precisou buscar ajuda fora de campo e realizou acompanhamento com preparador mental para recuperar a confiança no Flamengo. Ele tem sido peça fundamental de Tite e a tendência é de mais jogos.

O profissional optado pelo atleta foi Lulinha Tavares, que exerce a função de preparador mental há 15 anos e atende também Pedro e Matheus França (Matheuzinho), que estão no elenco atual. Andreas Pereira, também passou por ele.

“Eu procurei isso porque via que aquilo que fazia no clube não era suficiente. Eu procurei evoluir também nesses pontos, e isso tem agregado muito. Hoje estou colhendo esses frutos que plantei. Eu sei da importância que é trabalhar a parte mental, principalmente em um clube como o Flamengo”, disse ao GE.

“A exigência é muito grande, você tem que estar sempre ganhando, e a gente sabe a dificuldade que é. Então, quanto mais você estiver bem mentalmente mais o corpo vai responder em campo”, finalizou.

Briga por posição

Em entrevista à FlaTV, o camisa 11 abordou a situação da briga pela posição na equipe rubro-negra. Para ele, a busca pela forma física foi fundamental para estar bem e conseguir desempenhar seu futebol em melhor nível.

“A gente procura estar no nosso máximo, tanto na parte física quanto na parte técnica. Porque a gente sabe da dificuldade. São grandes jogadores. Todos ali da frente têm condição de ser titular”, disse, antes de completar:

“Nesse momento, eu estou titular, assim como os meus companheiros, porque é uma concorrência muito forte. Isso só quem tem a ganhar é o Flamengo e nós mesmos, porque acaba elevando o seu nível, seu nível técnico, seu nível físico, então sempre a gente vai estar nos 100% e só o clube tem a ganhar com isso”, finalizou Everton Cebolinha.

Além do futebol mexicano, houve muitos rumores também de uma volta para Europa. A Fiorentina chegou a fazer uma consulta pelo atleta, mas não progrediu. Uma proposta só seria aceita sendo maior que 25 milhões de euros (R$ 134 milhões). Ele tem contrato até dezembro de 2026.

Nação fala sobre Cebolinha”}]]