Ramón Menezes não convence na Seleção e protagoniza novo vexame

A Seleção Brasileira entrou em campo pelo quadrangular final do Pré-Olímpico, após vexame trabalho de Ramón Menezes está em questão

Fracasso no Pré-Olímpico


A Seleção Brasileira entrou em campo na tarde de ontem onde realizou partida diante da Argentina pelo quadrangular final do Pré-Olímpico, a equipe comandada por Ramón Menezes foi derrotada e ficou de fora das Olimpíadas de Paris


Mesmo com grandes nomes do futebol nacional, os jovens da equipe sub-23 não conseguiram convencer em campo, colocando em questão a qualidade do trabalho feito pelo treinador ex-Vasco da Gama. 

Brasil e Argentina têm um histórico extremamente equilibrado em confrontos diretos entre as divisões de base, dito isso o resultado em si não é nada fora do normal. Porém a campanha como um todo deixou a desejar

Muitos torcedores da Amarelinha estão seguros de que o tempo de Ramón sob o comando da mais importante categoria de base da Seleção já chegou ao fim, abrindo espaço para a chegada de um novo nome. 

Seleção não contou com grandes nomes

Com a temporada europeia se desenvolvendo e chegando a uma parte extremamente decisiva, a Seleção Brasileira não pode contar com destaques que atuam em gigantes do velho continente

Entre os principais jogadores que ficaram de fora do Pré-Olímpico estão: Vítor Roque, Gabriel Martinelli, Rodrygo, Paulinho e João Pedro. Certamente os atletas configuram grandes desfalques que qualificaram ainda mais o bom elenco. 

Além dos atletas que não foram liberados por seus clubes, Ramón sofreu com três cortes referentes ao elenco que foi chamado para disputar a competição, Marlon Gomes se lesionou no decorrer da competição, assim como Michel e Kaiki Bruno

Mesmo com um ataque poderoso que ajudou na definição da Copa Libertadores da América e do Brasileirão 2023, as peças não se encaixaram e o Brasil terminou com menos gols do que Argentina, Paraguai, Venezuela e Uruguai

Brasil não fica fora de Olimpíadas desde 2004

Com a eliminação no Pré-Olímpico, a Amarelinha volta a estar de fora do futebol olímpico após 20 anos. A última ocasião onde o Brasil ficou de fora foi nas Olimpíadas de Atenas, na Grécia, que foi realizada em 2004

Na ocasião a Seleção Brasileira, assim como nos dias de hoje, contava com grandes jogadores que vieram a tomar papel de protagonismo no futebol brasileiro e europeu, como: Maicon, Edu Dracena, Diego, Robinho, Dagoberto, Nilmar, entre outros. 

Seleção Brasileira tem amistosos pela frente

Após ser eliminada, o foco da CBF volta a ser a Seleção principal, que irá contar com a estreia de Dorival Júnior em amistosos que serão realizados contra rivais europeus no próximo mês. 

A maior campeã do mundo volta a campo no mês de março onde enfrenta dois gigantes europeus, primeiramente enfrentando a Inglaterra no dia 23 em Wembley e na sequência enfrenta a Espanha no Santiago Bernabéu no dia 26

Torcedor se revolta com Ramón Menezes

[[{“value”:”A Seleção Brasileira entrou em campo pelo quadrangular final do Pré-Olímpico, após vexame trabalho de Ramón Menezes está em questão
Fracasso no Pré-Olímpico

A Seleção Brasileira entrou em campo na tarde de ontem onde realizou partida diante da Argentina pelo quadrangular final do Pré-Olímpico, a equipe comandada por Ramón Menezes foi derrotada e ficou de fora das Olimpíadas de Paris. 

Mesmo com grandes nomes do futebol nacional, os jovens da equipe sub-23 não conseguiram convencer em campo, colocando em questão a qualidade do trabalho feito pelo treinador ex-Vasco da Gama. 

Brasil e Argentina têm um histórico extremamente equilibrado em confrontos diretos entre as divisões de base, dito isso o resultado em si não é nada fora do normal. Porém a campanha como um todo deixou a desejar. 

Muitos torcedores da Amarelinha estão seguros de que o tempo de Ramón sob o comando da mais importante categoria de base da Seleção já chegou ao fim, abrindo espaço para a chegada de um novo nome. 

Seleção não contou com grandes nomes

Com a temporada europeia se desenvolvendo e chegando a uma parte extremamente decisiva, a Seleção Brasileira não pode contar com destaques que atuam em gigantes do velho continente. 

Entre os principais jogadores que ficaram de fora do Pré-Olímpico estão: Vítor Roque, Gabriel Martinelli, Rodrygo, Paulinho e João Pedro. Certamente os atletas configuram grandes desfalques que qualificaram ainda mais o bom elenco. 

Além dos atletas que não foram liberados por seus clubes, Ramón sofreu com três cortes referentes ao elenco que foi chamado para disputar a competição, Marlon Gomes se lesionou no decorrer da competição, assim como Michel e Kaiki Bruno. 

Mesmo com um ataque poderoso que ajudou na definição da Copa Libertadores da América e do Brasileirão 2023, as peças não se encaixaram e o Brasil terminou com menos gols do que Argentina, Paraguai, Venezuela e Uruguai. 

Brasil não fica fora de Olimpíadas desde 2004

Com a eliminação no Pré-Olímpico, a Amarelinha volta a estar de fora do futebol olímpico após 20 anos. A última ocasião onde o Brasil ficou de fora foi nas Olimpíadas de Atenas, na Grécia, que foi realizada em 2004. 

Na ocasião a Seleção Brasileira, assim como nos dias de hoje, contava com grandes jogadores que vieram a tomar papel de protagonismo no futebol brasileiro e europeu, como: Maicon, Edu Dracena, Diego, Robinho, Dagoberto, Nilmar, entre outros. 

Seleção Brasileira tem amistosos pela frente

Após ser eliminada, o foco da CBF volta a ser a Seleção principal, que irá contar com a estreia de Dorival Júnior em amistosos que serão realizados contra rivais europeus no próximo mês. 

A maior campeã do mundo volta a campo no mês de março onde enfrenta dois gigantes europeus, primeiramente enfrentando a Inglaterra no dia 23 em Wembley e na sequência enfrenta a Espanha no Santiago Bernabéu no dia 26. 

Torcedor se revolta com Ramón Menezes”}]]