Resumo do capítulo desta segunda (05/02) em Fuzuê: Nero nega crime

O empresário terá que se explicar para a polícia depois que uma arma foi encontrada no escritório dele após um plano malvado de César e Julião

Nero em situação complicada em Fuzuê


Uma das principais cenas dos últimos episódios de Fuzuê foi quando César Montebello (Leopoldo Pacheco) botou uma arma na gaveta do escritório de Nero (Edson Celulari) para tentar incriminar o rival.


De acordo com o Gshow, o episódio desta segunda-feira (5) vai mostrar que o dono da joalheria terá que se explicar para a polícia depois que Barreto (Rogério Brito) encontrar a arma no escritório do empresário, após uma denúncia anônima.

No capítulo, o personagem de Edson Celulari dirá que a arma não é dele. Vale lembrar que ela foi colocada por Julião, que entrou escondido na sala de Nero e escondeu o objeto, a pedido de César Montebello.

Com o plano em ação para tentar incriminar o personagem interpretado por Edson Celulari, Julião vai ter uma boa expectativa da prisão do rival e vai avisar a César sobre a presença da polícia.

Bebel, Cecília e Miguel ajudam Nero

O episódio de Fuzuê mostrará ainda que Bebel (Lilia Cabral) vai invadir a sala de Barreto para defender o amigo, dizendo que ele não possui nenhuma arma ou envolvimento em crimes.

Outras pessoas que sairão em defesa de Nero são Cecília (Cinnara Leal) e Miguel (Nicolas Prattes), que vão iniciar a montagem de um relatório para tentar comprovar o álibi de Nero.

Convencido de que Nero pode estar ligado com o crime, Barreto se surpreenderá ao receber o relatório de Miguel e Cecília. O delegado começará a fazer uma reflexão e novas investigações.  

Preocupada com a situação de Nero, Luna (Giovana Cordeiro) pedirá ajuda para Julião para descobrir quem botou a arma na sala de Nero, sem saber que foi o próprio vilão que escondeu o objeto.

Tentativa de descobrir os crimes de César

O problema para César é que ele pode acabar sendo descoberto, principalmente depois que Luna sugere para Preciosa Montebello (Marina Ruy Barbosa) que as duas comecem investigações para descobrir toda a verdade.

Além disso, Julião começará a ser seguido por Merreca (Ruan Aguiar). No mesmo episódio, Preciosa vai implorar para que Bebel converse com Heitor sobre sua separação.

Se engana quem pensa que é apenas nesse crime que César está envolvido em Fuzuê. Ele terá uma reunião com Rui, para acertar os detalhes do contrabando de joias, quando Pascoal (Juliano Cazarré) aparecerá.

No entanto, César continuará botando a maldade em prática no novo plano e tentará comprometer Pascoal com o contrabando de joias, sem receber punição.

Como reagiram os telespectadores

Foto: X/Fael

Foto: X/Joy | jurídico jessica de osma[[{“value”:”O empresário terá que se explicar para a polícia depois que uma arma foi encontrada no escritório dele após um plano malvado de César e Julião
Nero em situação complicada em Fuzuê

Uma das principais cenas dos últimos episódios de Fuzuê foi quando César Montebello (Leopoldo Pacheco) botou uma arma na gaveta do escritório de Nero (Edson Celulari) para tentar incriminar o rival.

De acordo com o Gshow, o episódio desta segunda-feira (5) vai mostrar que o dono da joalheria terá que se explicar para a polícia depois que Barreto (Rogério Brito) encontrar a arma no escritório do empresário, após uma denúncia anônima.

No capítulo, o personagem de Edson Celulari dirá que a arma não é dele. Vale lembrar que ela foi colocada por Julião, que entrou escondido na sala de Nero e escondeu o objeto, a pedido de César Montebello.

Com o plano em ação para tentar incriminar o personagem interpretado por Edson Celulari, Julião vai ter uma boa expectativa da prisão do rival e vai avisar a César sobre a presença da polícia.

Bebel, Cecília e Miguel ajudam Nero

O episódio de Fuzuê mostrará ainda que Bebel (Lilia Cabral) vai invadir a sala de Barreto para defender o amigo, dizendo que ele não possui nenhuma arma ou envolvimento em crimes.

Outras pessoas que sairão em defesa de Nero são Cecília (Cinnara Leal) e Miguel (Nicolas Prattes), que vão iniciar a montagem de um relatório para tentar comprovar o álibi de Nero.

Convencido de que Nero pode estar ligado com o crime, Barreto se surpreenderá ao receber o relatório de Miguel e Cecília. O delegado começará a fazer uma reflexão e novas investigações.  

Preocupada com a situação de Nero, Luna (Giovana Cordeiro) pedirá ajuda para Julião para descobrir quem botou a arma na sala de Nero, sem saber que foi o próprio vilão que escondeu o objeto.

Tentativa de descobrir os crimes de César

O problema para César é que ele pode acabar sendo descoberto, principalmente depois que Luna sugere para Preciosa Montebello (Marina Ruy Barbosa) que as duas comecem investigações para descobrir toda a verdade.

Além disso, Julião começará a ser seguido por Merreca (Ruan Aguiar). No mesmo episódio, Preciosa vai implorar para que Bebel converse com Heitor sobre sua separação.

Se engana quem pensa que é apenas nesse crime que César está envolvido em Fuzuê. Ele terá uma reunião com Rui, para acertar os detalhes do contrabando de joias, quando Pascoal (Juliano Cazarré) aparecerá.

No entanto, César continuará botando a maldade em prática no novo plano e tentará comprometer Pascoal com o contrabando de joias, sem receber punição.

Como reagiram os telespectadores

Foto: X/Fael

Foto: X/Joy | jurídico jessica de osma”}]]