Segundo relatório da Vixio, Brasil pode se tornar um dos maiores mercados de jogos online do mundo

País tem potencial para gerar um faturamento anual de mais de US$ 4,9 bilhões.



A Vixio, empresa de tecnologia que analisa os cenários regulatórios de iGaming no mundo, publicou um relatório sobre as perspectivas para o Brasil. De acordo com o levantamento, o país tem potencial para se tornar um dos maiores mercados regulados do mundo. A expectativa é de que se chegue a um faturamento anual de mais de US$ 4,9 bilhões (R$ 24,4 bilhões).

O relatório da Vixio, Brazil Online Outlook, que pode ser encontrado no site da empresa, faz projeções sobre as receitas geradas com os jogos online, trata sobre a legislação do país, as regras de publicidade e o processo para emissão de licenças, analisa o cenário atual de competitividade do mercado brasileiro e as perspectivas para as loterias e cassinos em território nacional.

“A movimentação no final do ano passado por legisladores brasileiros para adicionar jogos de cassino online à legislação de apostas esportivas deve permitir que o Brasil realize seu potencial como um grande mercado em escala global, com o país prestes a se juntar ao Reino Unido e à Itália entre as maiores jurisdições regulamentadas de jogos de azar online do mundo, ultrapassando países como Austrália, França a curto prazo”, explicou James Kilsby, analista-chefe da Vixio.

Para Kilsby, a verdadeira noção do tamanho que o mercado brasileiro pode alcançar vai depender de decisões políticas nos próximos meses, com os legisladores do país decidindo sobre diversas portarias regulatórias.

“Temos acompanhado de perto os desenvolvimentos regulatórios no Brasil por mais de 15 anos, e o setor online está justamente animado com o surgimento desta grande nova oportunidade de mercado, especialmente após uma série de tentativas frustradas de expansão de cassinos físicos e salas de bingo nos últimos anos“, acrescentou Mike Woolfrey, CEO da Vixio.

País tem potencial para gerar um faturamento anual de mais de US$ 4,9 bilhões.

A Vixio, empresa de tecnologia que analisa os cenários regulatórios de iGaming no mundo, publicou um relatório sobre as perspectivas para o Brasil. De acordo com o levantamento, o país tem potencial para se tornar um dos maiores mercados regulados do mundo. A expectativa é de que se chegue a um faturamento anual de mais de US$ 4,9 bilhões (R$ 24,4 bilhões).

O relatório da Vixio, Brazil Online Outlook, que pode ser encontrado no site da empresa, faz projeções sobre as receitas geradas com os jogos online, trata sobre a legislação do país, as regras de publicidade e o processo para emissão de licenças, analisa o cenário atual de competitividade do mercado brasileiro e as perspectivas para as loterias e cassinos em território nacional.

“A movimentação no final do ano passado por legisladores brasileiros para adicionar jogos de cassino online à legislação de apostas esportivas deve permitir que o Brasil realize seu potencial como um grande mercado em escala global, com o país prestes a se juntar ao Reino Unido e à Itália entre as maiores jurisdições regulamentadas de jogos de azar online do mundo, ultrapassando países como Austrália, França a curto prazo”, explicou James Kilsby, analista-chefe da Vixio.

Para Kilsby, a verdadeira noção do tamanho que o mercado brasileiro pode alcançar vai depender de decisões políticas nos próximos meses, com os legisladores do país decidindo sobre diversas portarias regulatórias.

“Temos acompanhado de perto os desenvolvimentos regulatórios no Brasil por mais de 15 anos, e o setor online está justamente animado com o surgimento desta grande nova oportunidade de mercado, especialmente após uma série de tentativas frustradas de expansão de cassinos físicos e salas de bingo nos últimos anos“, acrescentou Mike Woolfrey, CEO da Vixio.