Serie A, da Itália, fecha naming rights com Enilive, que substituirá TIM após 26 anos

A Serie A, da Itália, terá outra dona dos naming rights após 26 anos. A multinacional de telecomunicações TIM não melhorou a oferta financeira em relação ao último acordo, renovado em 2021/2022, e dará lugar à Enilive, empresa de produtos e serviços de mobilidade, que faz parte da multinacional de energia Eni.


O contrato terá início na temporada 2024/2025 e foi assinado por três anos, ou seja, será válido até o final da temporada 2026/2027. Segundo a imprensa italiana, a Enilive pagará € 22 milhões por temporada, totalizando € 66 milhões ao longo do acordo, que inclui a opção de prorrogação por mais dois anos, caso as duas partes concordem.


Vale destacar que a Enilive atua com recursos energéticos sustentáveis, incluindo pontos de recarga de veículos elétricos e refinação de biocombustíveis. O objetivo do patrocínio à Serie A é “contribuir para o mundo do futebol”, introduzindo soluções de mobilidade “cada vez mais sustentáveis”. Atualmente, a empresa opera mais de 5 mil estações de serviço rodoviárias na Europa.

Saída da TIM

O acordo com a Enilive encerra a passagem da TIM como principal patrocinadora da Serie A. O primeiro contrato da competição com a multinacional de telecomunicações foi assinado antes da temporada 1998/1999. A última renovação ocorreu antes da temporada 2021/2022 e foi assinada por € 20 milhões anuais.

O post Serie A, da Itália, fecha naming rights com Enilive, que substituirá TIM após 26 anos apareceu primeiro em Máquina do Esporte.

Empresa de produtos e serviços de mobilidade faz parte da multinacional de energia Eni e assinou contrato por três temporadas
O post Serie A, da Itália, fecha naming rights com Enilive, que substituirá TIM após 26 anos apareceu primeiro em Máquina do Esporte.