“Técnicos brasileiros têm preguiça”: Jornalista detona Dorival em situação envolvendo James Rodríguez no São Paulo

Meia ainda não estreou na temporada e vem acumulando episódios negativos no Tricolor

São Paulo em lua de mel com o torcedor


O São Paulo vem recuperando seu prestígio no futebol brasileiro. O Tricolor Paulista ficou um tempo adormecido, enquanto rivais como Palmeiras, Flamengo e até mesmo o Atlético-MG dominavam o cenário nacional.


Em 2021, sob o comando de Hernán Crespo, o Soberano conquistou o Campeonato Paulista depois de 16 anos de jejum. Em 2023, veio a tão sonhada Copa do Brasil, antes nunca conquistada pelo gigante do Morumbi.

No domingo (4), mais uma conquista inédita e diante de um grande rival. Nos pênaltis, o São Paulo derrotou o Palmeiras e levou para casa o troféu da Supercopa do Brasil, assim se tornando o verdadeiro ‘Campeão de Tudo’.

Agora, o foco do Tricolor é levar o Estadual mais uma vez. Nesse momento, o time comandado por Thiago Carpini ocupa a segunda colocação geral do Paulista, com 10 pontos conquistados – apenas dois atrás do Santos.

Dorival x James Rodríguez ainda é pauta na imprensa

A situação de James Rodríguez no São Paulo vem ganhando novos episódios diariamente. Já houve conversas com o jogador, seu staff, entre os diretores do São Paulo. Todos em busca de uma solução.

Contratado para ser ‘a cara’ do clube dentro e fora de campo, o colombiano pouco atuou até aqui e nos momentos que esteve em campo também não foi grande destaque – frustrando os torcedores.

Para Rodrigo Bueno, comentarista dos canais ESPN, no entanto, James sofreu uma injustiça do ex-técnico do São Paulo, Dorival Júnior. Para ele, o treinador deixou de dar algumas oportunidades para o meia.

Jornalista defende James Rodríguez

“No final da passagem do Dorival no São Paulo, ele não foi tão legal com o James. Ele (James) deveria ter sido mais aproveitado. O time estava muito ajeitadinho, era difícil inserir o James ou mudar alguma coisa para colocá-lo. Técnicos brasileiros, muitos, têm preguiça”, iniciou Bueno.

“O Dorival, especialmente depois da Copa do Brasil, não deu tanta minutagem quanto deveria (ao jogador). Então o James pode reclamar ‘poxa, não sou aproveitado’. E ele ia para as Eliminatórias (da Copa do Mundo), pela Colômbia, e jogar bem”, completou.

A passagem de James Rodríguez pelo São Paulo, até aqui, é marcada por problemas físicos, ausências em jogos e depois servindo à sua seleção e insatisfação de quem confiava nele um futebol acima da média com o manto tricolor.

O camisa 55 tem contrato com o Soberano até junho de 2025. Apesar dos rumores de uma possível saída, a diretoria são-paulina acredita em uma volta por cima do atleta, assim o mesmo cumprindo o vínculo até o fim.

Para se ter uma ideia, o São Paulo já entrou em campo cinco vezes na atual temporada e James não foi sequer relacionado para nenhuma partida e se recupera de lesão (mais uma).

Tricolores falam sobre James Rodríguez

[[{“value”:”Meia ainda não estreou na temporada e vem acumulando episódios negativos no Tricolor
São Paulo em lua de mel com o torcedor

O São Paulo vem recuperando seu prestígio no futebol brasileiro. O Tricolor Paulista ficou um tempo adormecido, enquanto rivais como Palmeiras, Flamengo e até mesmo o Atlético-MG dominavam o cenário nacional.

Em 2021, sob o comando de Hernán Crespo, o Soberano conquistou o Campeonato Paulista depois de 16 anos de jejum. Em 2023, veio a tão sonhada Copa do Brasil, antes nunca conquistada pelo gigante do Morumbi.

No domingo (4), mais uma conquista inédita e diante de um grande rival. Nos pênaltis, o São Paulo derrotou o Palmeiras e levou para casa o troféu da Supercopa do Brasil, assim se tornando o verdadeiro ‘Campeão de Tudo’.

Agora, o foco do Tricolor é levar o Estadual mais uma vez. Nesse momento, o time comandado por Thiago Carpini ocupa a segunda colocação geral do Paulista, com 10 pontos conquistados – apenas dois atrás do Santos.

Dorival x James Rodríguez ainda é pauta na imprensa

A situação de James Rodríguez no São Paulo vem ganhando novos episódios diariamente. Já houve conversas com o jogador, seu staff, entre os diretores do São Paulo. Todos em busca de uma solução.

Contratado para ser ‘a cara’ do clube dentro e fora de campo, o colombiano pouco atuou até aqui e nos momentos que esteve em campo também não foi grande destaque – frustrando os torcedores.

Para Rodrigo Bueno, comentarista dos canais ESPN, no entanto, James sofreu uma injustiça do ex-técnico do São Paulo, Dorival Júnior. Para ele, o treinador deixou de dar algumas oportunidades para o meia.

Jornalista defende James Rodríguez

“No final da passagem do Dorival no São Paulo, ele não foi tão legal com o James. Ele (James) deveria ter sido mais aproveitado. O time estava muito ajeitadinho, era difícil inserir o James ou mudar alguma coisa para colocá-lo. Técnicos brasileiros, muitos, têm preguiça”, iniciou Bueno.

“O Dorival, especialmente depois da Copa do Brasil, não deu tanta minutagem quanto deveria (ao jogador). Então o James pode reclamar ‘poxa, não sou aproveitado’. E ele ia para as Eliminatórias (da Copa do Mundo), pela Colômbia, e jogar bem”, completou.

A passagem de James Rodríguez pelo São Paulo, até aqui, é marcada por problemas físicos, ausências em jogos e depois servindo à sua seleção e insatisfação de quem confiava nele um futebol acima da média com o manto tricolor.

O camisa 55 tem contrato com o Soberano até junho de 2025. Apesar dos rumores de uma possível saída, a diretoria são-paulina acredita em uma volta por cima do atleta, assim o mesmo cumprindo o vínculo até o fim.

Para se ter uma ideia, o São Paulo já entrou em campo cinco vezes na atual temporada e James não foi sequer relacionado para nenhuma partida e se recupera de lesão (mais uma).

Tricolores falam sobre James Rodríguez”}]]