Weslley Patati é blindado por Carille no Santos: “Já foi falado que era o novo Neymar”

O jovem atacante protagonizou um lance que revoltou a torcida santista e isso virou assunto na coletiva pós-jogo

De volta ao G-4


O Santos venceu a Chapecoense dentro de casa por 1 a 0 com gol de Willian. A equipe da Baixada Santista conseguiu um importante resultado e voltou para o G-4 do Brasileirão Série B.


ReadyNow

Com o resultado conquistado, o Peixe chegou aos 22 pontos. Agora, a equipe de Fábio Carille volta a campo na noite da próxima sexta-feira (5), contra o Ceará, pela 14ª rodada do Brasileirão Série B.

No duelo contra a Chapecoense, a notícia do Santos que chamou atenção da torcida do Alvinegro Praiano foi sobre uma chance desperdiçada pelo jovem atacante Weslley Patati. Além disso, ele foi muito vaiado durante o duelo.

Carille expõe decisão sobre joia

Na coletiva pós-jogo, Fábio Carille deixou claro que não se podem extrapolar as cobranças, lembrando que ainda se trata de um jovem atleta, que é uma joia santista. Ele ressaltou que as cobranças em cima do jogador estão sendo pesadas.


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

Carille blindou a jovem promessa santista e afirmou que nestes momentos é necessário abraçar as revelações nestas situações e não já começar a cobrá-lo de forma pesada, como o que aconteceu, pois ele foi pressionado de forma pesada desde o hino nacional antes do jogo começar.

“Eu achei que ia ter um apoio de abraçar, mas não teve esse apoio desde o hino. Isso me preocupou. O menino já errou, já pediu desculpas. Vamos apoiar. Todos erram. Não concordo com isso”, expôs o comandante.

Pressão acima do normal

O treinador santista relembrou que Weslley já chegou até a ser comparado com Neymar no começo de sua carreira. Por isso, não entende como ele foi de um jogador prestigiado para um dos atletas mais cobrados.

O torcedor tem que entender que o Weslley já foi falado que era o novo Neymar. Eu já estava aqui. Não ajuda nada isso. Eu não entendi hoje o fato da torcida estar xingando o moleque no hino nacional. Xingaram ele de uma forma desrespeitosa”, concluiu Fábio Carille.

Santistas falam sobre jogador

[[{“value”:”O jovem atacante protagonizou um lance que revoltou a torcida santista e isso virou assunto na coletiva pós-jogo
De volta ao G-4

O Santos venceu a Chapecoense dentro de casa por 1 a 0 com gol de Willian. A equipe da Baixada Santista conseguiu um importante resultado e voltou para o G-4 do Brasileirão Série B.

Com o resultado conquistado, o Peixe chegou aos 22 pontos. Agora, a equipe de Fábio Carille volta a campo na noite da próxima sexta-feira (5), contra o Ceará, pela 14ª rodada do Brasileirão Série B.

No duelo contra a Chapecoense, a notícia do Santos que chamou atenção da torcida do Alvinegro Praiano foi sobre uma chance desperdiçada pelo jovem atacante Weslley Patati. Além disso, ele foi muito vaiado durante o duelo.

Carille expõe decisão sobre joia

Na coletiva pós-jogo, Fábio Carille deixou claro que não se podem extrapolar as cobranças, lembrando que ainda se trata de um jovem atleta, que é uma joia santista. Ele ressaltou que as cobranças em cima do jogador estão sendo pesadas.

Carille blindou a jovem promessa santista e afirmou que nestes momentos é necessário abraçar as revelações nestas situações e não já começar a cobrá-lo de forma pesada, como o que aconteceu, pois ele foi pressionado de forma pesada desde o hino nacional antes do jogo começar.

“Eu achei que ia ter um apoio de abraçar, mas não teve esse apoio desde o hino. Isso me preocupou. O menino já errou, já pediu desculpas. Vamos apoiar. Todos erram. Não concordo com isso”, expôs o comandante.

Pressão acima do normal

O treinador santista relembrou que Weslley já chegou até a ser comparado com Neymar no começo de sua carreira. Por isso, não entende como ele foi de um jogador prestigiado para um dos atletas mais cobrados.

“O torcedor tem que entender que o Weslley já foi falado que era o novo Neymar. Eu já estava aqui. Não ajuda nada isso. Eu não entendi hoje o fato da torcida estar xingando o moleque no hino nacional. Xingaram ele de uma forma desrespeitosa”, concluiu Fábio Carille.

Santistas falam sobre jogador”}]]