Athletico-PR x Flamengo: CBF recebe pressão por causa de Daronco e cenário é revelado

Polêmica ficou muito grande no fim da partida e todos os clubes envolvidos ficaram revoltados

Críticas muito grande


O jogo entre Athletico-PR e Flamengo foi bastante polêmico. Os dois clubes não saíram nada satisfeitos com a atuação do árbitro Anderson Daronco, que vem gerando polêmicas em algumas partidas desde o ano passado. 


ReadyNow

Jogo estava mais moroso até os últimos momentos. Tudo mudou quando foi um pênalti marcado para o CAP após a bola bater na mão do zagueiro David Luiz. O VAR chamou e marcou a penalidade. 

Alguns torcedores flamenguistas reclamaram da marcação porque entendem que o defensor não estava com o braço aberto e o lance foi muito próximo, a partir do chute do jogador adversário.  

Revolta e decisão

No apagar das luzes, o Flamengo empatou o jogo, praticamente no último lance do confronto. Cuca e todos os outros funcionários do Athletico ficaram revoltadíssimos alegando que o duelo era para ter terminado antes. 


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

Na visão do Furacão, os acréscimos já tinham terminado e não tinha que deixar bater o escanteio. Na entrevista coletiva, o dirigente do Rubro-Negro Paranaense, Mazzuco, detonou a arbitragem e sobrou até para a CBF. 

Ele exigiu explicações de como um árbitro que está suspenso pela Conmebol por erros cometidos é colocado para habitar um jogo que valia a liderança do Campeonato Brasileiro

O que aconteceu:

O Athletico, inclusive, já protocolou um ofício à Confederação Brasileira de Futebol reclamando da atuação do Daronco e pedindo uma resposta da entidade que comanda o futebol nacional. 

Em um primeiro momento, a CBF identifica que o juíz acertou nos lances capitais. No pênalti marcado a favor do Athletico-PR e em deixar o escanteio ser cobrado no gol do Fla, haja vista que isso acontece em qualquer lugar do mundo.  

[[{“value”:”Polêmica ficou muito grande no fim da partida e todos os clubes envolvidos ficaram revoltados
Críticas muito grande

O jogo entre Athletico-PR e Flamengo foi bastante polêmico. Os dois clubes não saíram nada satisfeitos com a atuação do árbitro Anderson Daronco, que vem gerando polêmicas em algumas partidas desde o ano passado. 

Jogo estava mais moroso até os últimos momentos. Tudo mudou quando foi um pênalti marcado para o CAP após a bola bater na mão do zagueiro David Luiz. O VAR chamou e marcou a penalidade. 

Alguns torcedores flamenguistas reclamaram da marcação porque entendem que o defensor não estava com o braço aberto e o lance foi muito próximo, a partir do chute do jogador adversário.  

Revolta e decisão

No apagar das luzes, o Flamengo empatou o jogo, praticamente no último lance do confronto. Cuca e todos os outros funcionários do Athletico ficaram revoltadíssimos alegando que o duelo era para ter terminado antes. 

Na visão do Furacão, os acréscimos já tinham terminado e não tinha que deixar bater o escanteio. Na entrevista coletiva, o dirigente do Rubro-Negro Paranaense, Mazzuco, detonou a arbitragem e sobrou até para a CBF. 

Ele exigiu explicações de como um árbitro que está suspenso pela Conmebol por erros cometidos é colocado para habitar um jogo que valia a liderança do Campeonato Brasileiro. 

O que aconteceu:

O Athletico, inclusive, já protocolou um ofício à Confederação Brasileira de Futebol reclamando da atuação do Daronco e pedindo uma resposta da entidade que comanda o futebol nacional. 

Em um primeiro momento, a CBF identifica que o juíz acertou nos lances capitais. No pênalti marcado a favor do Athletico-PR e em deixar o escanteio ser cobrado no gol do Fla, haja vista que isso acontece em qualquer lugar do mundo.  “}]]