Clube saudita fez oferta milionária ao Botafogo por Allan e Textor rejeita

O jogador tem um pré-contrato assinado com o Botafogo, mas antes mesmo de atuar na equipe vem despertando o interesse de outros clubes para temporada

A diretoria está monitorando


Na quarta colocação do Campeonato Brasileiro, o Botafogo vem de dois jogos sem vitória, sendo um empate e uma derrota. Nesta quarta-feira (26), tem confronto marcado diante do Red Bull Bragantino, onde busca a vitória para se manter no G-4.


ReadyNow

Buscando se manter na parte de cima da tabela, para ter condições de brigar por títulos, a diretoria do Glorioso vem mapeando o mercado em busca de reforços. Com isso, o nome de Thiago Almada acabou ganhando força nos bastidores do clube.

Além dele, a gestão já acertou a contratação de Allan, que acabou se tornando alvo de outras equipes do futebol nacional, como o Vasco. Entretanto, o Alvinegro não está disposto a abrir mão ou perder um jogador para um concorrente direto e se respaldou internamente.

Estratégia montada

Diante da movimentação e do interesse de outras equipes, Allan tem uma multa no Botafogo de R$ 75,8 milhões, o que pode respaldar a equipe contra clubes sauditas que demonstraram interesse na contratação do atleta.


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

Conforme informação do jornalista Octávio Bocão, durante live no canal ‘Resenha Alvinegra’, um clube saudita ofereceu 500 mil euros, cerca de R$ 2,9 milhões na cotação atual para quebrar o pré-contrato do volante Allan.

Além do valor ter sido considerado baixo internamente, John Textor não tem a intenção de abrir mão do jogador nesse momento, descartando totalmente a possibilidade de um negócio entre as partes.

Movimentações nos bastidores

Vale destacar que essa proposta do clube saudita aconteceu antes dos rumores da possibilidade do volante atuar no Vasco na temporada. Já que a intenção era que o jogador rompesse o pré-contrato que tem assinado com o clube.

Entretanto, Allan nunca cogitou deixar a equipe após ter firmado compromisso de sua chegada ao clube. Na última terça-feira (25), Textor se pronunciou pela primeira vez garantindo que o jogador não sai da equipe mesmo diante dos rumores.

Veja a repercussão da torcida

[[{“value”:”O jogador tem um pré-contrato assinado com o Botafogo, mas antes mesmo de atuar na equipe vem despertando o interesse de outros clubes para temporada
A diretoria está monitorando

Na quarta colocação do Campeonato Brasileiro, o Botafogo vem de dois jogos sem vitória, sendo um empate e uma derrota. Nesta quarta-feira (26), tem confronto marcado diante do Red Bull Bragantino, onde busca a vitória para se manter no G-4.

Buscando se manter na parte de cima da tabela, para ter condições de brigar por títulos, a diretoria do Glorioso vem mapeando o mercado em busca de reforços. Com isso, o nome de Thiago Almada acabou ganhando força nos bastidores do clube.

Além dele, a gestão já acertou a contratação de Allan, que acabou se tornando alvo de outras equipes do futebol nacional, como o Vasco. Entretanto, o Alvinegro não está disposto a abrir mão ou perder um jogador para um concorrente direto e se respaldou internamente.

Estratégia montada

Diante da movimentação e do interesse de outras equipes, Allan tem uma multa no Botafogo de R$ 75,8 milhões, o que pode respaldar a equipe contra clubes sauditas que demonstraram interesse na contratação do atleta.

Conforme informação do jornalista Octávio Bocão, durante live no canal ‘Resenha Alvinegra’, um clube saudita ofereceu 500 mil euros, cerca de R$ 2,9 milhões na cotação atual para quebrar o pré-contrato do volante Allan.

Além do valor ter sido considerado baixo internamente, John Textor não tem a intenção de abrir mão do jogador nesse momento, descartando totalmente a possibilidade de um negócio entre as partes.

Movimentações nos bastidores

Vale destacar que essa proposta do clube saudita aconteceu antes dos rumores da possibilidade do volante atuar no Vasco na temporada. Já que a intenção era que o jogador rompesse o pré-contrato que tem assinado com o clube.

Entretanto, Allan nunca cogitou deixar a equipe após ter firmado compromisso de sua chegada ao clube. Na última terça-feira (25), Textor se pronunciou pela primeira vez garantindo que o jogador não sai da equipe mesmo diante dos rumores.

Veja a repercussão da torcida”}]]