Gabi e Carol são as primeiras convocadas da seleção feminina de vôlei para as Olimpíadas de Paris

Gabi e Carol são confirmadas na seleção de vôlei feminino do Brasil para as Olimpíadas de Paris 2024, com anúncio feito por Fábio Porchat

Começa a convocação para as Olimpíadas


As Olimpíadas de Paris 2024 começam a ganhar forma para a seleção brasileira de vôlei feminino, que buscará mais uma medalha para o país na competição.


ReadyNow

Na tarde desta quinta-feira (04), a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) iniciou a divulgação da lista das jogadoras convocadas para a competição, com os primeiros nomes confirmados sendo Gabi e Carol.

A convocação das atletas foi feita de maneira especial, com o humorista Fábio Porchat participando do anúncio nas redes sociais da CBV. Essa estratégia de divulgação continuará sendo utilizada para apresentar todas as jogadoras que comporão o time brasileiro nas Olimpíadas de Paris.

Para Gabi, esta será a terceira participação consecutiva em Jogos Olímpicos, enquanto Carol se prepara para sua segunda Olimpíada. A dupla foi vice-campeã nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2021, demonstrando um desempenho notável e consolidando-se como peças fundamentais na equipe.


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

Comentando sobre adversários

No mês passado, após o sorteio de chaves para as Olimpíadas realizado em Bangkok, na Tailândia, Gabi destacou os pontos fortes dos adversários Japão e Polônia. O outro oponente será o Quênia.

“É um grupo, na minha opinião, muito difícil. Enfrentaremos Quênia, Japão e Polônia, times que são velhos conhecidos nossos. Tivemos a oportunidade de jogar contra o Quênia nos últimos Jogos Olímpicos. O Japão nós sempre enfrentamos em momentos decisivos e são jogos completamente difíceis”, disse ela em declaração para a CBV.

Gabi ainda apontou: “A Polônia a gente conseguiu enfrentar agora na VNL, depois de dois anos sem jogar contra. É uma equipe que cresceu muito, principalmente agora com o Stefano como técnico, que conhece muito as brasileiras e o nosso estilo de jogo”, afirmou a jogadora.

O técnico José Roberto Guimarães também avaliou que a chave não será fácil. Em declaração divulgada pela CBV, Zé Roberto comentou“O grupo tem dois adversários que enfrentamos nessa temporada, Polônia e Japão. As partidas contra o Japão são sempre difíceis, tanto que os nossos últimos jogos foram decididos no tie-break”.

[[{“value”:”Gabi e Carol são confirmadas na seleção de vôlei feminino do Brasil para as Olimpíadas de Paris 2024, com anúncio feito por Fábio Porchat
Começa a convocação para as Olimpíadas

As Olimpíadas de Paris 2024 começam a ganhar forma para a seleção brasileira de vôlei feminino, que buscará mais uma medalha para o país na competição.

Na tarde desta quinta-feira (04), a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) iniciou a divulgação da lista das jogadoras convocadas para a competição, com os primeiros nomes confirmados sendo Gabi e Carol.

A convocação das atletas foi feita de maneira especial, com o humorista Fábio Porchat participando do anúncio nas redes sociais da CBV. Essa estratégia de divulgação continuará sendo utilizada para apresentar todas as jogadoras que comporão o time brasileiro nas Olimpíadas de Paris.

Para Gabi, esta será a terceira participação consecutiva em Jogos Olímpicos, enquanto Carol se prepara para sua segunda Olimpíada. A dupla foi vice-campeã nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2021, demonstrando um desempenho notável e consolidando-se como peças fundamentais na equipe.

Comentando sobre adversários

No mês passado, após o sorteio de chaves para as Olimpíadas realizado em Bangkok, na Tailândia, Gabi destacou os pontos fortes dos adversários Japão e Polônia. O outro oponente será o Quênia.

“É um grupo, na minha opinião, muito difícil. Enfrentaremos Quênia, Japão e Polônia, times que são velhos conhecidos nossos. Tivemos a oportunidade de jogar contra o Quênia nos últimos Jogos Olímpicos. O Japão nós sempre enfrentamos em momentos decisivos e são jogos completamente difíceis”, disse ela em declaração para a CBV.

Gabi ainda apontou: “A Polônia a gente conseguiu enfrentar agora na VNL, depois de dois anos sem jogar contra. É uma equipe que cresceu muito, principalmente agora com o Stefano como técnico, que conhece muito as brasileiras e o nosso estilo de jogo”, afirmou a jogadora.

O técnico José Roberto Guimarães também avaliou que a chave não será fácil. Em declaração divulgada pela CBV, Zé Roberto comentou: “O grupo tem dois adversários que enfrentamos nessa temporada, Polônia e Japão. As partidas contra o Japão são sempre difíceis, tanto que os nossos últimos jogos foram decididos no tie-break”.”}]]