Grêmio é criticado pelo presidente do Cuiabá por negociação com Deyverson: “Não estou entendendo”

Cristiano Dresch não escondeu sua insatisfação com as atitudes tomadas pelo Imortal durante uma entrevista à Rádio GreNal

Nem todo mundo está feliz:


Em decorrência da lesão de Diego Costa e ficando sem mais opções no elenco, o Grêmio corre contra o tempo em busca de um novo centroavante, que é considerado a principal prioridade neste momento.


ReadyNow

Com a janela de transferências muito próximo, a intenção dos dirigentes gremistas é encontrar alguma peça que esteja dentro do orçamento, podendo assumir o posto e resolver o problema de Renato Portaluppi.

Quem aparentemente está mais próximo de um acordo é Deyverson, mas uma situação foi exposta: Cristiano Dresch, presidente do Cuiabá, não escondeu sua insatisfação com o Tricolor durante uma entrevista à Rádio GreNal.

Sem papas na língua, o dirigente criticou a forma como os gaúchos estão conduzindo as negociações, alegando que estariam conversando diretamente com o centroavante e seu estafe, ignorando o Dourado.


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

Veja o que disse o mandatário:

“Não posso falar valores através de vocês [jornalistas]. Os valores não têm que ser divulgados através da imprensa. Não estou entendendo a postura do Grêmio de negociar com o atleta e não com o Cuiabá, ressaltou.

O dirigente acima citado ainda afirmou que, ao menos até o momento, não recebeu nenhuma proposta oficial do Tricolor. De acordo com o portal do Gremista, fontes próximas revelam que os mato-grossenses estariam pedindo R$ 5 milhões pela liberação em definitivo.

Importante destacar que o artilheiro já deixou claro a vontade de sair, tanto que acabou sendo afastado do elenco. Recentemente, foi reintegrado, mas não vem entrando em campo, com a última partida sendo disputada em abril.

Detalhes separam o final feliz:

Mesmo com toda essa situação exposta, as negociações entre o Grêmio e Deyverson continuam se arrastando, até porque existem pedidos feitos que estariam ainda atrapalhando um martelo batido.

Dessa forma, os gaúchos e o jogador seguem visando acertar alguns detalhes, pois as conversas estão avançadas. A diretoria gremista tem como objetivo resolver a contratação do centroavante de 33 anos ainda nesta semana.

[[{“value”:”Cristiano Dresch não escondeu sua insatisfação com as atitudes tomadas pelo Imortal durante uma entrevista à Rádio GreNal
Nem todo mundo está feliz:

Em decorrência da lesão de Diego Costa e ficando sem mais opções no elenco, o Grêmio corre contra o tempo em busca de um novo centroavante, que é considerado a principal prioridade neste momento.

Com a janela de transferências muito próximo, a intenção dos dirigentes gremistas é encontrar alguma peça que esteja dentro do orçamento, podendo assumir o posto e resolver o problema de Renato Portaluppi.

Quem aparentemente está mais próximo de um acordo é Deyverson, mas uma situação foi exposta: Cristiano Dresch, presidente do Cuiabá, não escondeu sua insatisfação com o Tricolor durante uma entrevista à Rádio GreNal.

Sem papas na língua, o dirigente criticou a forma como os gaúchos estão conduzindo as negociações, alegando que estariam conversando diretamente com o centroavante e seu estafe, ignorando o Dourado.

Veja o que disse o mandatário:

“Não posso falar valores através de vocês [jornalistas]. Os valores não têm que ser divulgados através da imprensa. Não estou entendendo a postura do Grêmio de negociar com o atleta e não com o Cuiabá“, ressaltou.

O dirigente acima citado ainda afirmou que, ao menos até o momento, não recebeu nenhuma proposta oficial do Tricolor. De acordo com o portal do Gremista, fontes próximas revelam que os mato-grossenses estariam pedindo R$ 5 milhões pela liberação em definitivo.

Importante destacar que o artilheiro já deixou claro a vontade de sair, tanto que acabou sendo afastado do elenco. Recentemente, foi reintegrado, mas não vem entrando em campo, com a última partida sendo disputada em abril.

Detalhes separam o final feliz:

Mesmo com toda essa situação exposta, as negociações entre o Grêmio e Deyverson continuam se arrastando, até porque existem pedidos feitos que estariam ainda atrapalhando um martelo batido.

Dessa forma, os gaúchos e o jogador seguem visando acertar alguns detalhes, pois as conversas estão avançadas. A diretoria gremista tem como objetivo resolver a contratação do centroavante de 33 anos ainda nesta semana.”}]]