Libertadores 2024: Surpresas e Destaques da Primeira Fase

Veja as surpresas e destaques da primeira fase da Libertadores 2024, com análise dos resultados inesperados.

Destrinchando as surpresas da primeira fase da Libertadores 2024


A edição da Libertadores 2024 trouxe boas surpresas em meio aos favoritos habituais na América do Sul. Neste ano, quatro equipes se destacaram por classificações inesperadas. 


ReadyNow

Entre elas, o Talleres, o Strongest, o Junior Barranquilla e o San Lorenzo, que embora seja o único campeão dos quatro, avançou num grupo complicadíssimo. Enquanto não chegam os jogos de oitavas de final, que tal relembrar um pouco dessas surpresas?

Zebras? Os inesperados classificados

O San Lorenzo chega credenciado como o segundo colocado do grupo 6, tendo segurado dois empates com o Palmeiras. Inclusive, não ter perdido para o Verdão foi o que encaminhou a vaga do Ciclón, que duelava com o Independiente Del Valle e mandou os equatorianos à Sul-Americana por apenas um ponto de diferença.

Aí temos o Talleres, que vendeu caro para o São Paulo a liderança na última rodada. Na abertura da chave, os argentinos venceram por 2 a 1 e complicaram bastante o Tricolor. Tanto que ambos terminaram com 13 pontos e lutam pela sobrevivência no mata-mata. 


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

No grupo 5, o Strongest se aproveitou de um começo ruim do Grêmio e terminou na liderança, com 10 pontos. Os bolivianos superaram o Imortal na estreia e, apesar do sofrimento, garantiram a vaga por golear o Huachipato por 4 a 0. 

Por fim, o Junior Barranquilla segue na Libertadores 2024 como líder do grupo 4, mas com apenas duas vitórias. Invicto com 10 pontos, mas sem brilhar, o time colombiano passou apenas pelo Botafogo e pela LDU em sua caminhada. É um adversário perigoso e traiçoeiro nos contragolpes.

Quem foram os melhores jogadores entre as surpresas

É fácil colocar um destaque por cada equipe entre as surpresas da primeira fase da Libertadores. No Strongest, o goleirão Guillermo Viscarra se destacou, com média de 7.83 segundo o Sofascore, medindo sua participação em defesas importantes e gols sofridos (6).

No Talleres, quem brilhou foi o meia Ruben Botta, com média de 7.47, armando e organizando o time em direção ao ataque. Outro goleiro roubou a cena: Santiago Mele, do Junior, que chega com índice de 7.45, tendo sido vazado apenas quatro vezes nos grupos. 

Pelo San Lorenzo, que foi bastante irregular com duas vitórias, dois empates e duas derrotas, o zagueiro Gastón Campi teve boas atuações e evitou que o Ciclón levasse mais gols na competição. 

De quem esperar um bom desempenho no mata-mata

Para as próximas fases, a coisa muda de figura. Os jogadores mais experientes devem dar o exemplo e contar com atuações inspiradas dos jovens. Aqui vai um breve guia de que esperar mais na hora do mata-mata pelas quatro sensações que destacamos:

Federico Girotti, atacante do TalleresEnrique Triverio, atacante do StrongestCarlos Bacca, atacante do Junior BarranquillaMalcom Braida, meia do San Lorenzo

Como foram as zebras nos grupos

Entre as surpresas, o Talleres foi o que se deu melhor nos grupos, com desempenho bastante satisfatório e se portando como grande. A equipe deve chegar confiante ao mata-mata e é difícil de ser superada na defesa.

O Strongest é aquela velha história: jogando em casa, o time sempre é favorito e pode até chegar a golear, mas visitando adversários acaba sendo frágil demais. Capaz de sofrer placares elásticos fora de casa, a equipe boliviana não deve ir muito mais longe que as oitavas de final.

O mesmo vale para o Junior, que não convenceu com seu jogo e defendeu bem o suficiente para avançar como líder do grupo. É um candidato que empata demais, não possui tendência ofensiva e sofre com a criatividade de seus meias. É de se esperar placares apertados.

Falou em sofrimento, falou em San Lorenzo. Os argentinos tentam um bom papel 10 anos depois do seu primeiro título na Libertadores 2024. Só que o estilo truculento e excessivamente defensivo acaba picando demais os jogos. O Ciclón foi a penúltima pior campanha entre os segundos colocados (8 pontos), à frente apenas do Colo-Colo, que passou com seis. 

Expectativas para o mata-mata

⭐️ Dois argentinos, um sonho!

✈️ @CATalleresdecba e @RiverPlate seguem o voo da #GloriaEterna rumo à Final da CONMEBOL #Libertadores.

🏆 Última escala: Buenos Aires 🇦🇷 pic.twitter.com/ix25A5HYxF

— CONMEBOL Libertadores (@LibertadoresBR) July 2, 2024

Analisando os confrontos de oitavas de final, a coisa complica bastante para os nossos quatro times apontados como surpresas. Afinal, apenas o Junior Barranquilla pode ser visto como favorito.

Tudo isso porque o San Lorenzo enfrentará o Atlético Mineiro, que vem da segunda melhor campanha na Libertadores. O Talleres viverá dois confrontos com o conterrâneo River Plate, que passou como a equipe de melhor desempenho nos grupos. 

Com relativa chance de ser uma zebra, o Strongest terá um duelo aurinegro com o Peñarol, no qual tudo pode acontecer, até mesmo uma goleada uruguaia. Por fim, o Junior deu alguma sorte ao enfrentar o Colo-Colo, pior segundo colocado e que chega desacreditado. Conta a favor do Cacique que o técnico é Jorge Almirón, finalista da última edição.

Mais surpresas vindo aí?

No sentido de prolongar a surpresa, o San Lorenzo e o Talleres acabam sendo os únicos com essa capacidade. Entretanto, enfrentarão adversários muito experientes e com elencos superiores. Se os dois conseguirem avançar, terá sido na base do sofrimento e com placares magros, já que a chance deles dominarem Galo e River são bastante remotas.

Strongest e Junior pegaram adversários mais acessíveis e, com uma boa estratégia, podem seguir na competição. Peñarol e Colo-Colo são o sonho de quase todos os times que classificam para as oitavas, por conta do futebol apresentado por eles.

O que pode vir depois das oitavas

Caso avancem, as nossas queridas surpresas podem ter enormes pedreiras pela frente. O San Lorenzo enfrentaria o vencedor do duelo brasileiro entre Grêmio e Fluminense, o que novamente o colocaria como azarão em busca das semifinais. No ano do título, em 2014, o Ciclón chegou a enfrentar os gremistas nas oitavas de final. Sinais?

Se sobreviver ao River, o Talleres fará um duelo com o vencedor de Junior x Colo-Colo, o que colocaria duas sensações lutando por um posto entre os quatro melhores da América. 

Por fim, o Strongest não vai suar pouco se conseguir superar o Peñarol. Quem vem nas quartas é o ganhador de Bolívar x Flamengo. Ou o Tigre enfrenta um conterrâneo em jogos históricos, ou cruzará com o Fla de Tite em busca do Tetra. Missão complicadíssima!

⭐️🏆 Rumo à #GloriaEterna! Os 8⃣ confrontos das Oitavas de Final e a chave completa da CONMEBOL #Libertadores 2024. pic.twitter.com/3BLA6O0ldu

— CONMEBOL Libertadores (@LibertadoresBR) June 8, 2024

[[{“value”:”Veja as surpresas e destaques da primeira fase da Libertadores 2024, com análise dos resultados inesperados.
Destrinchando as surpresas da primeira fase da Libertadores 2024

A edição da Libertadores 2024 trouxe boas surpresas em meio aos favoritos habituais na América do Sul. Neste ano, quatro equipes se destacaram por classificações inesperadas. 

Entre elas, o Talleres, o Strongest, o Junior Barranquilla e o San Lorenzo, que embora seja o único campeão dos quatro, avançou num grupo complicadíssimo. Enquanto não chegam os jogos de oitavas de final, que tal relembrar um pouco dessas surpresas?

Zebras? Os inesperados classificados

O San Lorenzo chega credenciado como o segundo colocado do grupo 6, tendo segurado dois empates com o Palmeiras. Inclusive, não ter perdido para o Verdão foi o que encaminhou a vaga do Ciclón, que duelava com o Independiente Del Valle e mandou os equatorianos à Sul-Americana por apenas um ponto de diferença.

Aí temos o Talleres, que vendeu caro para o São Paulo a liderança na última rodada. Na abertura da chave, os argentinos venceram por 2 a 1 e complicaram bastante o Tricolor. Tanto que ambos terminaram com 13 pontos e lutam pela sobrevivência no mata-mata. 

No grupo 5, o Strongest se aproveitou de um começo ruim do Grêmio e terminou na liderança, com 10 pontos. Os bolivianos superaram o Imortal na estreia e, apesar do sofrimento, garantiram a vaga por golear o Huachipato por 4 a 0. 

Por fim, o Junior Barranquilla segue na Libertadores 2024 como líder do grupo 4, mas com apenas duas vitórias. Invicto com 10 pontos, mas sem brilhar, o time colombiano passou apenas pelo Botafogo e pela LDU em sua caminhada. É um adversário perigoso e traiçoeiro nos contragolpes.

Quem foram os melhores jogadores entre as surpresas

É fácil colocar um destaque por cada equipe entre as surpresas da primeira fase da Libertadores. No Strongest, o goleirão Guillermo Viscarra se destacou, com média de 7.83 segundo o Sofascore, medindo sua participação em defesas importantes e gols sofridos (6).

No Talleres, quem brilhou foi o meia Ruben Botta, com média de 7.47, armando e organizando o time em direção ao ataque. Outro goleiro roubou a cena: Santiago Mele, do Junior, que chega com índice de 7.45, tendo sido vazado apenas quatro vezes nos grupos. 

Pelo San Lorenzo, que foi bastante irregular com duas vitórias, dois empates e duas derrotas, o zagueiro Gastón Campi teve boas atuações e evitou que o Ciclón levasse mais gols na competição. 

De quem esperar um bom desempenho no mata-mata

Para as próximas fases, a coisa muda de figura. Os jogadores mais experientes devem dar o exemplo e contar com atuações inspiradas dos jovens. Aqui vai um breve guia de que esperar mais na hora do mata-mata pelas quatro sensações que destacamos:

Federico Girotti, atacante do TalleresEnrique Triverio, atacante do StrongestCarlos Bacca, atacante do Junior BarranquillaMalcom Braida, meia do San Lorenzo

Como foram as zebras nos grupos

Entre as surpresas, o Talleres foi o que se deu melhor nos grupos, com desempenho bastante satisfatório e se portando como grande. A equipe deve chegar confiante ao mata-mata e é difícil de ser superada na defesa.

O Strongest é aquela velha história: jogando em casa, o time sempre é favorito e pode até chegar a golear, mas visitando adversários acaba sendo frágil demais. Capaz de sofrer placares elásticos fora de casa, a equipe boliviana não deve ir muito mais longe que as oitavas de final.

O mesmo vale para o Junior, que não convenceu com seu jogo e defendeu bem o suficiente para avançar como líder do grupo. É um candidato que empata demais, não possui tendência ofensiva e sofre com a criatividade de seus meias. É de se esperar placares apertados.

Falou em sofrimento, falou em San Lorenzo. Os argentinos tentam um bom papel 10 anos depois do seu primeiro título na Libertadores 2024. Só que o estilo truculento e excessivamente defensivo acaba picando demais os jogos. O Ciclón foi a penúltima pior campanha entre os segundos colocados (8 pontos), à frente apenas do Colo-Colo, que passou com seis. 

Expectativas para o mata-mata

⭐️ Dois argentinos, um sonho!✈️ @CATalleresdecba e @RiverPlate seguem o voo da #GloriaEterna rumo à Final da CONMEBOL #Libertadores. 🏆 Última escala: Buenos Aires 🇦🇷 pic.twitter.com/ix25A5HYxF— CONMEBOL Libertadores (@LibertadoresBR) July 2, 2024

Analisando os confrontos de oitavas de final, a coisa complica bastante para os nossos quatro times apontados como surpresas. Afinal, apenas o Junior Barranquilla pode ser visto como favorito.

Tudo isso porque o San Lorenzo enfrentará o Atlético Mineiro, que vem da segunda melhor campanha na Libertadores. O Talleres viverá dois confrontos com o conterrâneo River Plate, que passou como a equipe de melhor desempenho nos grupos. 

Com relativa chance de ser uma zebra, o Strongest terá um duelo aurinegro com o Peñarol, no qual tudo pode acontecer, até mesmo uma goleada uruguaia. Por fim, o Junior deu alguma sorte ao enfrentar o Colo-Colo, pior segundo colocado e que chega desacreditado. Conta a favor do Cacique que o técnico é Jorge Almirón, finalista da última edição.

Mais surpresas vindo aí?

No sentido de prolongar a surpresa, o San Lorenzo e o Talleres acabam sendo os únicos com essa capacidade. Entretanto, enfrentarão adversários muito experientes e com elencos superiores. Se os dois conseguirem avançar, terá sido na base do sofrimento e com placares magros, já que a chance deles dominarem Galo e River são bastante remotas.

Strongest e Junior pegaram adversários mais acessíveis e, com uma boa estratégia, podem seguir na competição. Peñarol e Colo-Colo são o sonho de quase todos os times que classificam para as oitavas, por conta do futebol apresentado por eles.

O que pode vir depois das oitavas

Caso avancem, as nossas queridas surpresas podem ter enormes pedreiras pela frente. O San Lorenzo enfrentaria o vencedor do duelo brasileiro entre Grêmio e Fluminense, o que novamente o colocaria como azarão em busca das semifinais. No ano do título, em 2014, o Ciclón chegou a enfrentar os gremistas nas oitavas de final. Sinais?

Se sobreviver ao River, o Talleres fará um duelo com o vencedor de Junior x Colo-Colo, o que colocaria duas sensações lutando por um posto entre os quatro melhores da América. 

Por fim, o Strongest não vai suar pouco se conseguir superar o Peñarol. Quem vem nas quartas é o ganhador de Bolívar x Flamengo. Ou o Tigre enfrenta um conterrâneo em jogos históricos, ou cruzará com o Fla de Tite em busca do Tetra. Missão complicadíssima!

⭐️🏆 Rumo à #GloriaEterna! Os 8⃣ confrontos das Oitavas de Final e a chave completa da CONMEBOL #Libertadores 2024. pic.twitter.com/3BLA6O0ldu— CONMEBOL Libertadores (@LibertadoresBR) June 8, 2024″}]]