Reinaldo critica arbitragem após derrota do Grêmio: “Não tem critério”

Lateral-esquerdo não gostou do pênalti após toque de mão de Rodrigo Ely

Revés no Nordeste


O Grêmio perdeu para o Fortaleza por 1 a 0, na noite desta quarta-feira (19), na Arena Castelão, pelo Campeonato Brasileiro. O gol foi marcado por Lucero, batendo pênalti.


ReadyNow

Aos 36 minutos, Tinga chutou para o gol, mas a bola bateu no braço do zagueiro Rodrigo Ely. Após um longo tempo de paralisação, o árbitro foi chamado ao VAR e assinalou a penalidade.

Na cobrança, Lucero deslocou o goleiro Marchesín e abriu o marcador para o Leão do Pici. O lance foi bastante comentado após a partid e foi assunto da entrevista de Reinaldo.

Aspas fortes

Ao ser perguntado sobre a partida e o lance polêmico, o lateral-esquerdo não titubeou e criticou duramente a arbitragem de João Vitor Gobi, principalmente pela marcação do pênalti.


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

Pelo que passou no telão, o Titi faz a carga no Ely. Por isso, ele abre o braço. A bola nem ia para o gol. Só que o árbitro interpretou diferente, sem critério algum“, disse Reinaldo, que analisou o jogo.

“O time estava bem no primeiro tempo, buscando o gol. Tivemos oportunidades, mas não conseguimos aproveitar. Com um amenos, no segundo tempo, tivemos até a chance de empatar, mas pecamos na finalização“, comentou.

Perigo no Brasileirão

Com a derrota, a equipe comandada por Renato Portaluppi segue fazendo uma campanha ruim no Brasileiro. O Imortal é somente o 18º colocado do torneio, com seis pontos conquistados.

A próxima partida é justamente o Gre-Nal, contra o Internacional, no sábado (22), às 17h30, no Couto Pereira. Um clássico que pode ser um divisor de águas para a equipe do Tricolor Gaúcho.

[[{“value”:”Lateral-esquerdo não gostou do pênalti após toque de mão de Rodrigo Ely
Revés no Nordeste

O Grêmio perdeu para o Fortaleza por 1 a 0, na noite desta quarta-feira (19), na Arena Castelão, pelo Campeonato Brasileiro. O gol foi marcado por Lucero, batendo pênalti.

Aos 36 minutos, Tinga chutou para o gol, mas a bola bateu no braço do zagueiro Rodrigo Ely. Após um longo tempo de paralisação, o árbitro foi chamado ao VAR e assinalou a penalidade.

Na cobrança, Lucero deslocou o goleiro Marchesín e abriu o marcador para o Leão do Pici. O lance foi bastante comentado após a partid e foi assunto da entrevista de Reinaldo.

Aspas fortes

Ao ser perguntado sobre a partida e o lance polêmico, o lateral-esquerdo não titubeou e criticou duramente a arbitragem de João Vitor Gobi, principalmente pela marcação do pênalti.

“Pelo que passou no telão, o Titi faz a carga no Ely. Por isso, ele abre o braço. A bola nem ia para o gol. Só que o árbitro interpretou diferente, sem critério algum“, disse Reinaldo, que analisou o jogo.

“O time estava bem no primeiro tempo, buscando o gol. Tivemos oportunidades, mas não conseguimos aproveitar. Com um amenos, no segundo tempo, tivemos até a chance de empatar, mas pecamos na finalização“, comentou.

Perigo no Brasileirão

Com a derrota, a equipe comandada por Renato Portaluppi segue fazendo uma campanha ruim no Brasileiro. O Imortal é somente o 18º colocado do torneio, com seis pontos conquistados.

A próxima partida é justamente o Gre-Nal, contra o Internacional, no sábado (22), às 17h30, no Couto Pereira. Um clássico que pode ser um divisor de águas para a equipe do Tricolor Gaúcho.”}]]