São Paulo topa vender Galoppo por um bom valor ao Boca Juniors  

A reportagem soube que a diretoria de futebol entende que o volante é um bom ativo no mercado e não o trata como inegociável

Galoppo no Boca Juniors?  


O meio-campista Giuliano Galoppo pode estar de saída do São Paulo nos próximos dias. Ele está em baixa atualmente e não tem sido apoiado por grande parte dos torcedores pelos valores em que ele foi contratado. 


ReadyNow

O jogador interessa ao Boca Juniors, da Argentina. Na última semana, veículos argentinos chegaram a noticiar que o Boca já havia formalizado uma oferta oficial ao São Paulo recentemente. 

Em contato com a reportagem do Bolavip Brasil, o Tricolor nega que tenha recebido propostas, mas não se opõe a uma venda e deve analisar a oferta, caso ela chegue nos próximos dias, o que ainda não aconteceu. 

SPFC topa venda, Galoppo não  

A reportagem soube que a diretoria de futebol entende que o volante é um bom ativo no mercado e não o trata como inegociável. O clube vai ouvir propostas quando chegarem e topa negociar por um bom valor. 


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

Por outro lado, Galoppo não deseja sair neste momento e prioriza a permanência no São Paulo. Ele está feliz com as oportunidades e quer mostrar serviço para suprir as expectativas criadas em sua contratação. 

Segundo o Olé, o Boca Juniors estaria disposto a desembolsar U$ 3 milhões (R$ 16,9 milhões) para adquirir 50% dos direitos econômicos do atleta. Nesses moldes, o clube aceitaria e alinharia os termos. 

Passagem de Galoppo no São Paulo 

O Tricolor comprou o meia do Banfield, em 2022, por cerca de U$ 4 milhões, mais U$ 2 milhões em taxas (R$ 32 milhões). O meia, porém, não se firmou desde sua chegada, mesmo tendo alguns bons momentos. 

Ele mal jogou em 2022 e, no ano seguinte, até se destacou no Paulista, mas acabou se machucando e ficou muito tempo parado sob o comando do técnico Rogério Ceni, que o utilizou como centroavante. 

Volante voltou apenas nesta temporada e disputou, até agora, 23 jogos, apenas 11 como titular, com um gol e duas assistências. Com Zubeldía, nos últimos jogos, foi titular contra Cuiabá e Vasco, mas não foi bem e voltou para o banco de reservas.

[[{“value”:”A reportagem soube que a diretoria de futebol entende que o volante é um bom ativo no mercado e não o trata como inegociável
Galoppo no Boca Juniors?  

O meio-campista Giuliano Galoppo pode estar de saída do São Paulo nos próximos dias. Ele está em baixa atualmente e não tem sido apoiado por grande parte dos torcedores pelos valores em que ele foi contratado. 

O jogador interessa ao Boca Juniors, da Argentina. Na última semana, veículos argentinos chegaram a noticiar que o Boca já havia formalizado uma oferta oficial ao São Paulo recentemente. 

Em contato com a reportagem do Bolavip Brasil, o Tricolor nega que tenha recebido propostas, mas não se opõe a uma venda e deve analisar a oferta, caso ela chegue nos próximos dias, o que ainda não aconteceu. 

SPFC topa venda, Galoppo não  

A reportagem soube que a diretoria de futebol entende que o volante é um bom ativo no mercado e não o trata como inegociável. O clube vai ouvir propostas quando chegarem e topa negociar por um bom valor. 

Por outro lado, Galoppo não deseja sair neste momento e prioriza a permanência no São Paulo. Ele está feliz com as oportunidades e quer mostrar serviço para suprir as expectativas criadas em sua contratação. 

Segundo o Olé, o Boca Juniors estaria disposto a desembolsar U$ 3 milhões (R$ 16,9 milhões) para adquirir 50% dos direitos econômicos do atleta. Nesses moldes, o clube aceitaria e alinharia os termos. 

Passagem de Galoppo no São Paulo 

O Tricolor comprou o meia do Banfield, em 2022, por cerca de U$ 4 milhões, mais U$ 2 milhões em taxas (R$ 32 milhões). O meia, porém, não se firmou desde sua chegada, mesmo tendo alguns bons momentos. 

Ele mal jogou em 2022 e, no ano seguinte, até se destacou no Paulista, mas acabou se machucando e ficou muito tempo parado sob o comando do técnico Rogério Ceni, que o utilizou como centroavante. 

Volante voltou apenas nesta temporada e disputou, até agora, 23 jogos, apenas 11 como titular, com um gol e duas assistências. Com Zubeldía, nos últimos jogos, foi titular contra Cuiabá e Vasco, mas não foi bem e voltou para o banco de reservas.”}]]