Seleção Brasileira chega na Califórnia após atraso por problema em aeronave

Jogadores e comissão do Brasil chegam à Califórnia após problemas técnicos

Recepção para a Seleção Brasileira


Já é um problema muito grande para qualquer pessoa quando se está esperando um voo e ele acaba atrasando por algum motivo. Tudo ainda fica mais chato quando a viagem é da Seleção Brasileira e tem uma multidão esperando os jogadores no destino do time para poder apoiá-lo antes de um jogo decisivo.


ReadyNow

A Seleção Brasileira teve um imprevisto completamente maluco, tendo que esperar mais do que o esperado para poder pegar seu voo para a Califórnia. Mas, os jogadores já estão no estado dos Estados Unidos para o jogo contra a Colômbia, na disputa pela liderança do Grupo D da Copa América 2024.

O desembarque da Seleção pelo local foi de longe o mais caloroso que a Canarinho teve durante sua passagem pelos Estados Unidos para a disputa da competição continental. Com bastante festa e busca por fotos e autógrafos, dezenas de brasileiros estavam esperando os jogadores na porta do hotel em San Jose.

Problemas no voo

Problemas técnicos geraram o atraso no voo da delegação brasileira, que não pôde seguir com a aeronave na qual estavam sendo transportados na competição, tendo que retardar a saída do hotel até que a Conmebol solucionasse o problema. O inconveniente mudou o voo do meio da tarde para o começo da noite.


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

A cidade de San Jose fica ao lado de Santa Clara, onde o Brasil encara a Colômbia nesta próxima terça-feira (2), às 22h (horário de Brasília), no Levi’s Stadium, casa do San Francisco 49ers, time da NFL.

Com a Colômbia já somando seis pontos e garantindo previamente a classificação para a fase mata-mata da Copa América, o Brasil entra em campo com a necessidade de vencer ou empatar para poder se classificar para as quartas de final. Se vencer, fica em primeiro e escapa do Uruguai. Se perder, precisa torcer para uma vitória improvável do Paraguai sobre a Costa Rica.

Vini Jr. criticou a Conmebol

Após a goleada, Vinicius Júnior se mostrou muto feliz com a partida. “Sempre falo que nunca jogo por mim, pela equipe, pelo Brasil, pelo meu país, sempre tento fazer as melhores coisas, nem sempre é possível”, comentou o atacante.

“Hoje fiz uma grande partida, do nível de jogador que eu sou, sei que posso melhorar muito para ajudar a Seleção, essa equipe que quer botar o Brasil no lugar que ele merece”, completou Vinicius Júnior, autor de dois gols da goleada por 4 a 1.

O atacante também aproveitou para criticar a Conmebol. “A Copa América é sempre complicada pelos campos, pelos árbitros que são sempre ao contrário, pela forma que tratam a gente, mas é seguir firme, só ganhando podemos falar, quando a gente fala a Conmebol diz que a gente fala demais”, disparou o camisa 7.

[[{“value”:”Jogadores e comissão do Brasil chegam à Califórnia após problemas técnicos
Recepção para a Seleção Brasileira

Já é um problema muito grande para qualquer pessoa quando se está esperando um voo e ele acaba atrasando por algum motivo. Tudo ainda fica mais chato quando a viagem é da Seleção Brasileira e tem uma multidão esperando os jogadores no destino do time para poder apoiá-lo antes de um jogo decisivo.

A Seleção Brasileira teve um imprevisto completamente maluco, tendo que esperar mais do que o esperado para poder pegar seu voo para a Califórnia. Mas, os jogadores já estão no estado dos Estados Unidos para o jogo contra a Colômbia, na disputa pela liderança do Grupo D da Copa América 2024.

O desembarque da Seleção pelo local foi de longe o mais caloroso que a Canarinho teve durante sua passagem pelos Estados Unidos para a disputa da competição continental. Com bastante festa e busca por fotos e autógrafos, dezenas de brasileiros estavam esperando os jogadores na porta do hotel em San Jose.

Problemas no voo

Problemas técnicos geraram o atraso no voo da delegação brasileira, que não pôde seguir com a aeronave na qual estavam sendo transportados na competição, tendo que retardar a saída do hotel até que a Conmebol solucionasse o problema. O inconveniente mudou o voo do meio da tarde para o começo da noite.

A cidade de San Jose fica ao lado de Santa Clara, onde o Brasil encara a Colômbia nesta próxima terça-feira (2), às 22h (horário de Brasília), no Levi’s Stadium, casa do San Francisco 49ers, time da NFL.

Com a Colômbia já somando seis pontos e garantindo previamente a classificação para a fase mata-mata da Copa América, o Brasil entra em campo com a necessidade de vencer ou empatar para poder se classificar para as quartas de final. Se vencer, fica em primeiro e escapa do Uruguai. Se perder, precisa torcer para uma vitória improvável do Paraguai sobre a Costa Rica.

Vini Jr. criticou a Conmebol

Após a goleada, Vinicius Júnior se mostrou muto feliz com a partida. “Sempre falo que nunca jogo por mim, pela equipe, pelo Brasil, pelo meu país, sempre tento fazer as melhores coisas, nem sempre é possível”, comentou o atacante.

“Hoje fiz uma grande partida, do nível de jogador que eu sou, sei que posso melhorar muito para ajudar a Seleção, essa equipe que quer botar o Brasil no lugar que ele merece”, completou Vinicius Júnior, autor de dois gols da goleada por 4 a 1.

O atacante também aproveitou para criticar a Conmebol. “A Copa América é sempre complicada pelos campos, pelos árbitros que são sempre ao contrário, pela forma que tratam a gente, mas é seguir firme, só ganhando podemos falar, quando a gente fala a Conmebol diz que a gente fala demais”, disparou o camisa 7.”}]]