Veja a diferença de aproveitamento da Seleção Brasileira com e sem Neymar em campo

Neymar está lesionado desde outubro de 2023 e não esteve nos últimos jogos do Brasil

Ausência de Neymar


A ausência de Neymar na Seleção Brasileira foi muito debatida nas redes sociais, se ele faz ou não falta para a equipe. O jogador está machucado desde outubro de 2023 e até o momento não voltou a ter condições de entrar em campo.


ReadyNow

Além disso, para muitos, Vini Jr. seria a estrela em campo, já que ele tem sido um dos melhores jogadores do futebol europeu, o destaque do Real Madrid, e autor do gol do título da Champions League 2023/24.

Porém, na Copa América, o atacante ficou abaixo do esperado e foi contestado em alguns jogos. Na partida contra o Paraguai, ele marcou dois gols, mas voltou a ficar abaixo no duelo contra a Colômbia. Já contra o Uruguai, nas quartas de finais, ele estava suspenso. Assim, voltou o debate sobre a importância ou não de Neymar na Seleção Brasileira.

Neymar faz falta na Seleção Brasileira?

Um levantamento do SofaScore mostra os números da Seleção Brasileira com e sem Neymar. Então, desde a estreia do jogador, o Brasil teve 58 jogos com ele em campo e 33 sem ele.


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

Assim, o aproveitamento com Neymar jogando é de 78,2% e sem ele em campo é de 56,6%. São 41 vitórias com ele e 15 sem ele jogando. São quatro derrotas com ele e sete sem Neymar.

Já em relação a gols marcados há uma grande diferença. A média de tentos marcados por jogo com Neymar em campo é de 2.14 e sem ele é de 1.64. Além disso, a defesa também tem diferença, com a média de 0.54 gols sofridos com ele em campo e 0.88 sem ele.

Neymar em mata-mata

Já em relação aos jogos de mata-mata, os números também pioram sem Neymar. No total, o Brasil jogou 12 mata-matas com Neymar e venceu oito deles, tendo 67% de aproveitamento.

Já sem o craque em campo, como na derrota para a Alemanha em 2014 e na partida de eliminação contra o Uruguai na Copa América, a Seleção teve sete duelos, e venceu apenas três, com 43% de aproveitamento.

O que diz os torcedores

[[{“value”:”Neymar está lesionado desde outubro de 2023 e não esteve nos últimos jogos do Brasil
Ausência de Neymar

A ausência de Neymar na Seleção Brasileira foi muito debatida nas redes sociais, se ele faz ou não falta para a equipe. O jogador está machucado desde outubro de 2023 e até o momento não voltou a ter condições de entrar em campo.

Além disso, para muitos, Vini Jr. seria a estrela em campo, já que ele tem sido um dos melhores jogadores do futebol europeu, o destaque do Real Madrid, e autor do gol do título da Champions League 2023/24.

Porém, na Copa América, o atacante ficou abaixo do esperado e foi contestado em alguns jogos. Na partida contra o Paraguai, ele marcou dois gols, mas voltou a ficar abaixo no duelo contra a Colômbia. Já contra o Uruguai, nas quartas de finais, ele estava suspenso. Assim, voltou o debate sobre a importância ou não de Neymar na Seleção Brasileira.

Neymar faz falta na Seleção Brasileira?

Um levantamento do SofaScore mostra os números da Seleção Brasileira com e sem Neymar. Então, desde a estreia do jogador, o Brasil teve 58 jogos com ele em campo e 33 sem ele.

Assim, o aproveitamento com Neymar jogando é de 78,2% e sem ele em campo é de 56,6%. São 41 vitórias com ele e 15 sem ele jogando. São quatro derrotas com ele e sete sem Neymar.

Já em relação a gols marcados há uma grande diferença. A média de tentos marcados por jogo com Neymar em campo é de 2.14 e sem ele é de 1.64. Além disso, a defesa também tem diferença, com a média de 0.54 gols sofridos com ele em campo e 0.88 sem ele.

Neymar em mata-mata

Já em relação aos jogos de mata-mata, os números também pioram sem Neymar. No total, o Brasil jogou 12 mata-matas com Neymar e venceu oito deles, tendo 67% de aproveitamento.

Já sem o craque em campo, como na derrota para a Alemanha em 2014 e na partida de eliminação contra o Uruguai na Copa América, a Seleção teve sete duelos, e venceu apenas três, com 43% de aproveitamento.

O que diz os torcedores”}]]