Evanilson chega à Seleção valorizando apoio de Dorival em treinos: “É o sonho de todos os jogadores”

Sem badalação, o atacante do Porto chega a Seleção Brasileira com mais gols que todos os convocados na temporada

Sonho de criança


Essa segunda-feira (24) é um dia mais que especial para Evanilson. Ele usa pela primeira vez a amarelinha e estreia com a Seleção Brasileira na Copa América 2024. O Brasil enfrenta a seleção da Costa Rica, às 22h (horário de Brasília), no SoFi Stadium, na Califórnia, Estados Unidos.


ReadyNow

“Sinto que estou preparado. Conversei muito com o Dorival, ele disse que eu tenho mérito de estar aqui, ele vem me ajudando bastante nos treinamentos. Acho que vamos fazer uma grande Copa América”, declara o jogador.

Atleta cearense, de 24 anos, Evanilson foi revelado pelo Fluminense e teve passagem pelo ŠTK Šamorín, da Eslováquia. Desde 2020 joga pelo Porto e vive grande momento na carreira, tanto que os gols e boas atuação renderam a convocação para a Seleção. Ele vinha sendo acompanhado pelo técnico Dorival Júnior desde que foi contratado para dirigir a Seleção, em janeiro.

“Quando estava assistindo à convocação eu não consegui acreditar. Estava vendo com minha esposa, quando saiu meu nome eu olhei para ela, ela olhou pra mim, a gente ficou sem acreditar naquele momento, a ficha não tinha caído”, comentou.


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

“Foi um momento de muita felicidade. A gente que é jogador desde pequeno a gente começa a correria, a trabalhar sempre para chegar em um grande clube da Europa, para vestir a camisa da Seleção, que é um sonho meu desde pequeno, acho que é o sonho de todos os jogadores. Quando eu recebi a notícia eu fiquei muito feliz”, completou.

Entre todos os convocados, ninguém fez mais gols que ele na temporada. Em 42 jogos no Porto, Evanilson balançou as redes 25 vezes, além de ter dado sete assistências.

Marcou quatro gols na Champions League, 12 no campeonato nacional e oito na Taça de Portugal, sendo um deles na final contra o Sporting, na qual se sagrou campeão. O jogador encerrou a temporada com aproveitamento de 0,59 por jogo.

Do Ceará para o mundo

Evanilson nasceu em Fortaleza, no bairro Cajazeiras, onde deu os primeiros passos no futebol de base no Estação, equipe voltada para o desenvolvimento de jovens atletas no futebol cearense.

Foi o primeiro passo da carreira. Logo, ele se transferiu para as categorias de base do Fluminense, onde foi revelado. Hoje, quando entrar em campo, ele entra na história como um dos cearenses a vestir a camisa da seleção masculina principal da Seleção Brasileira.

“Eu me sinto honrado em representar o nosso estado, fico muito feliz por isso, pela torcida que todos têm por mim, é muito importante para mim, para o povo nordestino e cearense, ter um jogador representante na seleção, motivo de felicidade e responsabilidade também”, afirmou o atleta.

Além dele, o lateral-esquerdo Wendell é outro Cearense que disputará a Copa América. Também natural de Fortaleza, foi convocado e representará o Brasil no torneio.

“A gente é muito junto desde o Porto, estamos sempre juntos, vamos treinar juntos, ele mora quase em frente à minha casa, a minha relação com ele é muito boa, ele é muito engraçado, vai muita piada, aquelas piadas do Nordeste”, disse Evanilson sobre companheiro.

Torcedor do Leão

Na terrinha, o jogador tem torcida especial para o Fortaleza. A família toda é tricolor de coração e sonha que o cearense um dia vista a camisa do Tricolor do Pici.

“Minha família sempre fala para voltar e jogar no Fortaleza. Todos são Fortaleza e eu torcia para o Fortaleza também, eu acompanho até hoje, tem jogadores que são meus amigos, são doidos que quando eu voltar para o Brasil eu volte para o Fortaleza. Agora não, estou na minha melhor fase no Porto, jogando bem, me sentindo em casa “, afirmou.

O atleta do Porto disputa posição diretamente com Endrick, mas Dorival pode recorrer a uma escalação sem centroavante diante da Costa Rica, tal qual nos amistosos contra Inglaterra e Espanha.

[[{“value”:”Sem badalação, o atacante do Porto chega a Seleção Brasileira com mais gols que todos os convocados na temporada
Sonho de criança

Essa segunda-feira (24) é um dia mais que especial para Evanilson. Ele usa pela primeira vez a amarelinha e estreia com a Seleção Brasileira na Copa América 2024. O Brasil enfrenta a seleção da Costa Rica, às 22h (horário de Brasília), no SoFi Stadium, na Califórnia, Estados Unidos.

“Sinto que estou preparado. Conversei muito com o Dorival, ele disse que eu tenho mérito de estar aqui, ele vem me ajudando bastante nos treinamentos. Acho que vamos fazer uma grande Copa América”, declara o jogador.Atleta cearense, de 24 anos, Evanilson foi revelado pelo Fluminense e teve passagem pelo ŠTK Šamorín, da Eslováquia. Desde 2020 joga pelo Porto e vive grande momento na carreira, tanto que os gols e boas atuação renderam a convocação para a Seleção. Ele vinha sendo acompanhado pelo técnico Dorival Júnior desde que foi contratado para dirigir a Seleção, em janeiro.“Quando estava assistindo à convocação eu não consegui acreditar. Estava vendo com minha esposa, quando saiu meu nome eu olhei para ela, ela olhou pra mim, a gente ficou sem acreditar naquele momento, a ficha não tinha caído”, comentou.“Foi um momento de muita felicidade. A gente que é jogador desde pequeno a gente começa a correria, a trabalhar sempre para chegar em um grande clube da Europa, para vestir a camisa da Seleção, que é um sonho meu desde pequeno, acho que é o sonho de todos os jogadores. Quando eu recebi a notícia eu fiquei muito feliz”, completou.

Entre todos os convocados, ninguém fez mais gols que ele na temporada. Em 42 jogos no Porto, Evanilson balançou as redes 25 vezes, além de ter dado sete assistências.

Marcou quatro gols na Champions League, 12 no campeonato nacional e oito na Taça de Portugal, sendo um deles na final contra o Sporting, na qual se sagrou campeão. O jogador encerrou a temporada com aproveitamento de 0,59 por jogo.

Do Ceará para o mundo

Evanilson nasceu em Fortaleza, no bairro Cajazeiras, onde deu os primeiros passos no futebol de base no Estação, equipe voltada para o desenvolvimento de jovens atletas no futebol cearense. Foi o primeiro passo da carreira. Logo, ele se transferiu para as categorias de base do Fluminense, onde foi revelado. Hoje, quando entrar em campo, ele entra na história como um dos cearenses a vestir a camisa da seleção masculina principal da Seleção Brasileira.

“Eu me sinto honrado em representar o nosso estado, fico muito feliz por isso, pela torcida que todos têm por mim, é muito importante para mim, para o povo nordestino e cearense, ter um jogador representante na seleção, motivo de felicidade e responsabilidade também”, afirmou o atleta.

Além dele, o lateral-esquerdo Wendell é outro Cearense que disputará a Copa América. Também natural de Fortaleza, foi convocado e representará o Brasil no torneio.

“A gente é muito junto desde o Porto, estamos sempre juntos, vamos treinar juntos, ele mora quase em frente à minha casa, a minha relação com ele é muito boa, ele é muito engraçado, vai muita piada, aquelas piadas do Nordeste”, disse Evanilson sobre companheiro.

Torcedor do Leão

Na terrinha, o jogador tem torcida especial para o Fortaleza. A família toda é tricolor de coração e sonha que o cearense um dia vista a camisa do Tricolor do Pici.

“Minha família sempre fala para voltar e jogar no Fortaleza. Todos são Fortaleza e eu torcia para o Fortaleza também, eu acompanho até hoje, tem jogadores que são meus amigos, são doidos que quando eu voltar para o Brasil eu volte para o Fortaleza. Agora não, estou na minha melhor fase no Porto, jogando bem, me sentindo em casa “, afirmou.

O atleta do Porto disputa posição diretamente com Endrick, mas Dorival pode recorrer a uma escalação sem centroavante diante da Costa Rica, tal qual nos amistosos contra Inglaterra e Espanha.”}]]