Mano não terá Diogo Barbosa e André no Fluminense diante do Fortaleza

A comissão técnica vem trabalhando firme nos bastidores para reverte cenário atual da equipe na temporada

Momento conturbado da equipe


O Fluminense é lanterna do Campeonato Brasileiro, somando apenas sete pontos em 14 partidas disputadas na equipe. Desta forma, a diretoria vem trabalhando com objetivo de mudar o cenário de forma rápida, para esboçar uma reação na temporada.


ReadyNow

Entretanto, para isso, Mano Menezes não terá uma tarefa fácil. Isso porque, o treinador terá dois desfalques importantes para o confronto diante do Fortaleza, marcado para o próximo domingo (7), às 16h, na Arena Castelão.

O lateral-esquerdo Diogo Barbosa e o volante André foram advertidos com o terceiro cartão amarelo no empate diante do Internacional em 1 a 1, disputado na última quinta-feira (4), no Maracanã, e vão cumprir a suspensão diante do Fortaleza.

Em busca de soluções

Além dos dois jogadores, o técnico Mano Menezes ainda terá mais baixar para a partida. Além da dupla suspensão, mais seis jogadores não vão atuar na partida: Calegari, Felipe Melo, Isaac, Lima e Manoel (lesionados), e Jhon Arias (Copa América).


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

Além deles, Marcelo e Marquinhos são dúvidas diante do Fortaleza. Esses jogadores foram desfalques diante do Internacional. Desta forma, conforme o portal O Dia, a expectativa é que o jovem Esquerdinha tende a ganhar uma oportunidade na lateral.

Diante desse momento delicado da equipe, a expectativa era que jogadores em baixa sejam negociadas para a equipe. Desta forma, o presidente Mário Bittencourt descartou, nesse primeiro momento, a negociação de Germán Cano.

Movimentações nos bastidores

Diante desse momento atípico, de uma equipe que é o atual Campeão da Libertadores, o que acaba colocando ainda mais pressão para uma evolução. Com a saída de Fernando Diniz a expectativa é que ocorram mudanças drástica.

O que acabou ficando mais evidente após a declaração de Diogo Barbosa, que enalteceu o trabalho que Mano Menezes vem fazendo na equipe e criticou a metodologia de Fernando Diniz que deixou a equipe na situação atual.

[[{“value”:”A comissão técnica vem trabalhando firme nos bastidores para reverte cenário atual da equipe na temporada
Momento conturbado da equipe

O Fluminense é lanterna do Campeonato Brasileiro, somando apenas sete pontos em 14 partidas disputadas na equipe. Desta forma, a diretoria vem trabalhando com objetivo de mudar o cenário de forma rápida, para esboçar uma reação na temporada.

Entretanto, para isso, Mano Menezes não terá uma tarefa fácil. Isso porque, o treinador terá dois desfalques importantes para o confronto diante do Fortaleza, marcado para o próximo domingo (7), às 16h, na Arena Castelão.

O lateral-esquerdo Diogo Barbosa e o volante André foram advertidos com o terceiro cartão amarelo no empate diante do Internacional em 1 a 1, disputado na última quinta-feira (4), no Maracanã, e vão cumprir a suspensão diante do Fortaleza.

Em busca de soluções

Além dos dois jogadores, o técnico Mano Menezes ainda terá mais baixar para a partida. Além da dupla suspensão, mais seis jogadores não vão atuar na partida: Calegari, Felipe Melo, Isaac, Lima e Manoel (lesionados), e Jhon Arias (Copa América).

Além deles, Marcelo e Marquinhos são dúvidas diante do Fortaleza. Esses jogadores foram desfalques diante do Internacional. Desta forma, conforme o portal O Dia, a expectativa é que o jovem Esquerdinha tende a ganhar uma oportunidade na lateral.

Diante desse momento delicado da equipe, a expectativa era que jogadores em baixa sejam negociadas para a equipe. Desta forma, o presidente Mário Bittencourt descartou, nesse primeiro momento, a negociação de Germán Cano.

Movimentações nos bastidores

Diante desse momento atípico, de uma equipe que é o atual Campeão da Libertadores, o que acaba colocando ainda mais pressão para uma evolução. Com a saída de Fernando Diniz a expectativa é que ocorram mudanças drástica.

O que acabou ficando mais evidente após a declaração de Diogo Barbosa, que enalteceu o trabalho que Mano Menezes vem fazendo na equipe e criticou a metodologia de Fernando Diniz que deixou a equipe na situação atual.”}]]