Palmeiras adota cautela sobre contratação de Gabigol, que recusou renovação com Flamengo

Verdão quer contratar atacante do rubro-negro, que negou renovação com Mengão

Palmeiras quer, mas entende calma


Na última sexta-feira (28), o atacante Gabriel Barbosa, mais conhecido como Gabigol, que atrai interesse de clubes como Palmeiras, Cruzeiro e Grêmio, recusou uma proposta de renovação com o Flamengo, por estar descontente com o tempo de vínculo que o clube carioca lhe ofereceu.


ReadyNow

Segundo seu empresário, Júnior Pedroso, o responsável por dois títulos de Libertadores do Flamengo vê a renovação com pouco otimismo e começa a trabalhar com a possibilidade de se transferir para clubes interessados em seu futebol.

Entre os citados, está o Palmeiras. Muitos sabem do interesse de Leila Pereira e Abel Ferreira em ter Gabigol no plantel do Verdão. Mas, o que há do alviverde em toda essa história envolvendo o atacante e sua saída do rubro-negro?

Cautela do Palmeiras

O principal ponto adotado pelo Verdão é a cautela. O clube tem diferentes motivos desde o começo da temporada para levar as coisas com calma quando o assunto é Gabriel. Tudo começa no fato de que o Palmeiras só poderia entrar em negociação oficialmente a partir de julho, para não caracterizar assédio, uma vez que Gabigol tem contrato com o Flamengo até dezembro de 2024.


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

Algo semelhante aconteceu com Bruno Henrique, que chegou a negociar com o Palmeiras durante seu processo de renovação com o Flamengo, mas acabou ficando no Rio de Janeiro mesmo. No caso de Gabigol, o clube carioca ofereceu a extensão por um ano e aumento salarial de quase 50%, mas o tempo não agradou o jogador. A partir do dia 1 de julho, o atacante poderá assinar pré-contrato com outros clubes.

“Até em prol desse respeito que temos com o Flamengo, de não conversar com outros clubes até julho, imagino que se abra um novo ciclo a partir de 1º de julho para a gente resolver o futuro do Gabriel. O futuro do Gabriel não vai se resolver em dezembro. A gente tem lido muito mais coisas do que presenciado. A gente sabe que o Palmeiras gosta dele, já teve discussões anteriores lá atrás, mas não fez uma nova abordagem em relação a discutir a transferência agora”, disse o empresário do atleta. Ainda existe a preocupação sobre a questão do doping em que o jogador está envolvido, recebendo uma suspensão de dois anos pelo Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem por tentativa de fraude no exame, conseguindo um efeito suspensivo.

Leila coloca reeleição em risco por Gabigol no Palmeiras

Segundo apuração do site Nosso Palestra, a presidente do Palmeiras, Leila Pereira, se colocou à frente das negociações por Gabigol, visto que vê com ótimos olhos uma contratação do ídolo rubro-negro.

Mas, a decisão desagradou uma ala considerável de apoiadores da situação, colocando a presidente em risco de perder apoio para sua reeleição, que acontece em novembro deste ano. A oposição já escolheu Savério Orlandi para concorrer contra a empresária.

Veja o que a torcida pensa sobre Gabigol no clube:

[[{“value”:”Verdão quer contratar atacante do rubro-negro, que negou renovação com Mengão
Palmeiras quer, mas entende calma

Na última sexta-feira (28), o atacante Gabriel Barbosa, mais conhecido como Gabigol, que atrai interesse de clubes como Palmeiras, Cruzeiro e Grêmio, recusou uma proposta de renovação com o Flamengo, por estar descontente com o tempo de vínculo que o clube carioca lhe ofereceu.

Segundo seu empresário, Júnior Pedroso, o responsável por dois títulos de Libertadores do Flamengo vê a renovação com pouco otimismo e começa a trabalhar com a possibilidade de se transferir para clubes interessados em seu futebol.

Entre os citados, está o Palmeiras. Muitos sabem do interesse de Leila Pereira e Abel Ferreira em ter Gabigol no plantel do Verdão. Mas, o que há do alviverde em toda essa história envolvendo o atacante e sua saída do rubro-negro?

Cautela do Palmeiras

O principal ponto adotado pelo Verdão é a cautela. O clube tem diferentes motivos desde o começo da temporada para levar as coisas com calma quando o assunto é Gabriel. Tudo começa no fato de que o Palmeiras só poderia entrar em negociação oficialmente a partir de julho, para não caracterizar assédio, uma vez que Gabigol tem contrato com o Flamengo até dezembro de 2024.

Algo semelhante aconteceu com Bruno Henrique, que chegou a negociar com o Palmeiras durante seu processo de renovação com o Flamengo, mas acabou ficando no Rio de Janeiro mesmo. No caso de Gabigol, o clube carioca ofereceu a extensão por um ano e aumento salarial de quase 50%, mas o tempo não agradou o jogador. A partir do dia 1 de julho, o atacante poderá assinar pré-contrato com outros clubes.

“Até em prol desse respeito que temos com o Flamengo, de não conversar com outros clubes até julho, imagino que se abra um novo ciclo a partir de 1º de julho para a gente resolver o futuro do Gabriel. O futuro do Gabriel não vai se resolver em dezembro. A gente tem lido muito mais coisas do que presenciado. A gente sabe que o Palmeiras gosta dele, já teve discussões anteriores lá atrás, mas não fez uma nova abordagem em relação a discutir a transferência agora”, disse o empresário do atleta. Ainda existe a preocupação sobre a questão do doping em que o jogador está envolvido, recebendo uma suspensão de dois anos pelo Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem por tentativa de fraude no exame, conseguindo um efeito suspensivo.

Leila coloca reeleição em risco por Gabigol no Palmeiras

Segundo apuração do site Nosso Palestra, a presidente do Palmeiras, Leila Pereira, se colocou à frente das negociações por Gabigol, visto que vê com ótimos olhos uma contratação do ídolo rubro-negro.

Mas, a decisão desagradou uma ala considerável de apoiadores da situação, colocando a presidente em risco de perder apoio para sua reeleição, que acontece em novembro deste ano. A oposição já escolheu Savério Orlandi para concorrer contra a empresária.

Veja o que a torcida pensa sobre Gabigol no clube:”}]]