Casares é contra pedido do Grêmio: “Parar o Campeonato Brasileiro ajuda em que?”

Dirigente do São Paulo se manifesta sobre o assunto; Grêmio faz pressão e conta com apoio de 14 equipes da Série A

Pressão é grande por paralisação


O futebol no Rio Grande do Sul está paralisado em função da tragédia que assola todo o Estado. Grêmio, Internacional e Juventude tiveram suas últimas partidas adiadas no Brasileirão em função das enchentes na região. São milhões de famílias prejudicadas.


ReadyNow

Porém, o Campeonato Brasileiro segue acontecendo para os outros times e os Clube Gaúchos desejam que a competição seja paralisada. Com o impacto das chuvas em Porto Alegre, o Tricolor só deve voltar a jogar na Arena em setembro.

Além de Juventude e Inter, o presidente Alberto Guerra tem o apoio de 12 times para o Brasileirão paralisar. No entanto, Flamengo, Palmeiras e São Paulo de Casares fazem jogo duro e querem a continuação da Série A.

Julio Casares, presidente do São Paulo, se manifestou de forma oficial: “O grande jogo que não deve parar é esse aqui, da solidariedade. A indústria do futebol é muito importante. Parar o Campeonato Brasileiro ajuda em que? Ou isso é um simbolismo?”, iniciou o dirigente em entrevista à ESPN.


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

Pausa parcial foi sugerida nos bastidores

“E o futebol pode continuar, garantindo aos times do Sul, Juventude, Grêmio e Internacional, toda condição de equiparação esportiva”, completou o dirigente ao portal da ESPN. A CBF ainda não definiu se a competição vai parar ou não.

Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF, disse ao Globo Esporte que vai acatar a decisão dos clubes no Conselho Técnico no dia 27 de maio. No entanto, o Imortal e os outros 14 clubes gostaria do adiamento do Brasileirão já para o próximo fim de semana.

Como noticiou o Bolavip Grêmio, Flamengo e Palmeiras sugeriram que o Campeonato Brasileiro fosse paralisado apenas durante a Copa América e, nesse período, os times gaúchos entrariam em campo para se igualar em jogos com os outros times.

Essa sugestão não agradou o presidente Alberto Guerra. Neste momento, o Tricolor, o Colorado e o Juventude têm dois jogos a menos na tabela de classificação e mais duas partidas foram adiadas: pela 7ª e 8ª rodada.

Torcedores gremistas opinam na web:

[[{“value”:”Dirigente do São Paulo se manifesta sobre o assunto; Grêmio faz pressão e conta com apoio de 14 equipes da Série A
Pressão é grande por paralisação

O futebol no Rio Grande do Sul está paralisado em função da tragédia que assola todo o Estado. Grêmio, Internacional e Juventude tiveram suas últimas partidas adiadas no Brasileirão em função das enchentes na região. São milhões de famílias prejudicadas.

Porém, o Campeonato Brasileiro segue acontecendo para os outros times e os Clube Gaúchos desejam que a competição seja paralisada. Com o impacto das chuvas em Porto Alegre, o Tricolor só deve voltar a jogar na Arena em setembro.

Além de Juventude e Inter, o presidente Alberto Guerra tem o apoio de 12 times para o Brasileirão paralisar. No entanto, Flamengo, Palmeiras e São Paulo de Casares fazem jogo duro e querem a continuação da Série A.

Julio Casares, presidente do São Paulo, se manifestou de forma oficial: “O grande jogo que não deve parar é esse aqui, da solidariedade. A indústria do futebol é muito importante. Parar o Campeonato Brasileiro ajuda em que? Ou isso é um simbolismo?”, iniciou o dirigente em entrevista à ESPN.

Pausa parcial foi sugerida nos bastidores

“E o futebol pode continuar, garantindo aos times do Sul, Juventude, Grêmio e Internacional, toda condição de equiparação esportiva”, completou o dirigente ao portal da ESPN. A CBF ainda não definiu se a competição vai parar ou não.

Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF, disse ao Globo Esporte que vai acatar a decisão dos clubes no Conselho Técnico no dia 27 de maio. No entanto, o Imortal e os outros 14 clubes gostaria do adiamento do Brasileirão já para o próximo fim de semana.

Como noticiou o Bolavip Grêmio, Flamengo e Palmeiras sugeriram que o Campeonato Brasileiro fosse paralisado apenas durante a Copa América e, nesse período, os times gaúchos entrariam em campo para se igualar em jogos com os outros times.

Essa sugestão não agradou o presidente Alberto Guerra. Neste momento, o Tricolor, o Colorado e o Juventude têm dois jogos a menos na tabela de classificação e mais duas partidas foram adiadas: pela 7ª e 8ª rodada.

Torcedores gremistas opinam na web:”}]]