Marcelo Teixeira resolve negócio e assina acordo envolvendo meio-campista no mercado para evitar problemas no Santos

A diretoria do Santos vem buscando reorganizar a casinha para dar condições da equipe buscar pelo acesso à Séria A do Brasileirão

O acesso é prioridade


O Santos vem trabalhando em busca de um único objetivo, que é o acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro. Após tropeçar em algumas rodadas e se vê fora do G-4, o Peixe conseguiu se recuperar a tempo sob o comando de Carille e vem fazendo atuações mais consistentes.


ReadyNow

Desta forma, a gestão vem priorizando algumas movimentações no mercado para a chegada de reforços. Mas, com um orçamento limitado, que foi agravado após o rebaixamento, Patrick e Morelos podem deixar a equipe se a gestão conseguir buscar por reposições no mercado.

Além de vir viabilizando uma troca com o Fluminense, visando o retorno de Paulo Henrique Ganso e a saída de Nonato, que não vem sendo utilizado por Carille. Buscando se organizar e evitar que a equipe seja prejudicada, o presidente Marcelo Teixeira vem trabalhando nos bastidores.

Em busca da evolução

Isso porque, buscando evitar uma punição na FIFA, o Alvinegro Praiano pagou a segunda parcela do meio-campista Jean Lucas, que está no Bahia atualmente. Foram 2 milhões de euros, cerca de R$ 12,1 milhões.


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

Caso os valores não fossem pagos, venceria de forma antecipada a parcela de janeiro, com o Peixe precisando arcar com 15% de multa. Conforme informações do GE. Está é a segunda de um total de três parcelas, com a equipe próximo de quitar o negócio realizado em julho do último ano.

A gestão vem trabalhando com cautela nos bastidores para evitar possíveis cobranças da FIFA por contratações realizadas na última gestão que não foram quitadas. Vale destacar que o clube já sofreu duas sanções de transferban em 2024, sendo proibido de inscrever novos atletas.

Passagem do meia no Peixe

Jean Lucas retornou ao Santos em 2023, onde ajudou a equipe com três assistências em 22 partidas disputadas no Campeonato Brasileiro. Mas, isso acabou não sendo o bastante para evitar o primeiro rebaixamento na história da equipe.

O meio-campista tinha um dos salários mais altos do elenco e, com a queda para a segunda divisão, chegou a cogitar renegociar uma baixa no salário, mas se sentiu desprestigiado e acabou tendo sua transferência para o Bahia concluída por R$ 24,2 milhões.  

Veja a repercussão na web

[[{“value”:”A diretoria do Santos vem buscando reorganizar a casinha para dar condições da equipe buscar pelo acesso à Séria A do Brasileirão
O acesso é prioridade

O Santos vem trabalhando em busca de um único objetivo, que é o acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro. Após tropeçar em algumas rodadas e se vê fora do G-4, o Peixe conseguiu se recuperar a tempo sob o comando de Carille e vem fazendo atuações mais consistentes.

Desta forma, a gestão vem priorizando algumas movimentações no mercado para a chegada de reforços. Mas, com um orçamento limitado, que foi agravado após o rebaixamento, Patrick e Morelos podem deixar a equipe se a gestão conseguir buscar por reposições no mercado.

Além de vir viabilizando uma troca com o Fluminense, visando o retorno de Paulo Henrique Ganso e a saída de Nonato, que não vem sendo utilizado por Carille. Buscando se organizar e evitar que a equipe seja prejudicada, o presidente Marcelo Teixeira vem trabalhando nos bastidores.

Em busca da evolução

Isso porque, buscando evitar uma punição na FIFA, o Alvinegro Praiano pagou a segunda parcela do meio-campista Jean Lucas, que está no Bahia atualmente. Foram 2 milhões de euros, cerca de R$ 12,1 milhões.

Caso os valores não fossem pagos, venceria de forma antecipada a parcela de janeiro, com o Peixe precisando arcar com 15% de multa. Conforme informações do GE. Está é a segunda de um total de três parcelas, com a equipe próximo de quitar o negócio realizado em julho do último ano.

A gestão vem trabalhando com cautela nos bastidores para evitar possíveis cobranças da FIFA por contratações realizadas na última gestão que não foram quitadas. Vale destacar que o clube já sofreu duas sanções de transferban em 2024, sendo proibido de inscrever novos atletas.

Passagem do meia no Peixe

Jean Lucas retornou ao Santos em 2023, onde ajudou a equipe com três assistências em 22 partidas disputadas no Campeonato Brasileiro. Mas, isso acabou não sendo o bastante para evitar o primeiro rebaixamento na história da equipe.

O meio-campista tinha um dos salários mais altos do elenco e, com a queda para a segunda divisão, chegou a cogitar renegociar uma baixa no salário, mas se sentiu desprestigiado e acabou tendo sua transferência para o Bahia concluída por R$ 24,2 milhões.  

Veja a repercussão na web”}]]