Ginástica: Caio Souza sofre lesão e põe em risco a sua participação nos Jogos de Paris

Ouro no Pan-Americano de Ginástica em maio, Caio luta pela vaga restante no time brasileiro nos Jogos de Paris; ginasta está fora do Troféu Brasil deste fim de semana

Novo problema


Um dos principais nomes da ginástica artística brasileira, Caio Souza voltou a sofrer uma nova lesão e não disputará o Troféu Brasil, que acontece entre sexta-feira (21) e domingo (23) no Rio de Janeiro.


ReadyNow

De acordo com o colunista Demétrio Vecchioli, do UOL, Caio lida com um problema no ombro, contusão que aconteceu na última semana. Em 2023, ele passou por uma cirurgia para solucionar uma lesão no calcanhar de Aquiles.

Sendo assim, Souza não estará presente na última seletiva nacional. A competição serviria para a comissão técnica da Seleção definir o segundo ginasta brasileiro nos Jogos Olímpicos de Paris.

Caio disputa a vaga destinada ao Brasil com Arthur Nory, que deve ser o escolhido como titular. Souza, então, deve ir a Paris como reserva da equipe. Diogo Soares garantiu a outra vaga na ginástica artística masculina.


Com a evolução do comércio eletrônico, PayRetailers inova para revolucionar o mercado de pagamentos - Startups
Avante NetWork - Casino Affiliate Platform | LinkedIn

iGaming & Gaming International Expo - IGI

Lesão não deve impedir participação nas Olimpíadas

Mesmo lesionado, Caio deverá ter condições físicas de estar presente nos Jogos de Paris. Segundo Vecchioli, os médicos fizeram um diagnóstico de que o ginasta estaria apto a tempo de competir em Paris.

Finalista do salto nos Jogos de Tóquio 2020, Caio se tornou um dos ginastas brasileiros mais completos da atualidade. Ele alcançou a 7ª posição no Mundial de 2022 no individual geral. Além disso, foi o primeiro brasileiro a ganhar medalhas em todos os aparelhos na Copa do Mundo.

Devido à lesão no calcanhar, ele não disputou o Mundial de 2023. Porém, Caio voltou em grande estilo e levou o ouro no Pan-Americano de Ginástica no individual geral, em maio.

[[{“value”:”Ouro no Pan-Americano de Ginástica em maio, Caio luta pela vaga restante no time brasileiro nos Jogos de Paris; ginasta está fora do Troféu Brasil deste fim de semana
Novo problema

Um dos principais nomes da ginástica artística brasileira, Caio Souza voltou a sofrer uma nova lesão e não disputará o Troféu Brasil, que acontece entre sexta-feira (21) e domingo (23) no Rio de Janeiro.

De acordo com o colunista Demétrio Vecchioli, do UOL, Caio lida com um problema no ombro, contusão que aconteceu na última semana. Em 2023, ele passou por uma cirurgia para solucionar uma lesão no calcanhar de Aquiles.

Sendo assim, Souza não estará presente na última seletiva nacional. A competição serviria para a comissão técnica da Seleção definir o segundo ginasta brasileiro nos Jogos Olímpicos de Paris.

Caio disputa a vaga destinada ao Brasil com Arthur Nory, que deve ser o escolhido como titular. Souza, então, deve ir a Paris como reserva da equipe. Diogo Soares garantiu a outra vaga na ginástica artística masculina.

Lesão não deve impedir participação nas Olimpíadas

Mesmo lesionado, Caio deverá ter condições físicas de estar presente nos Jogos de Paris. Segundo Vecchioli, os médicos fizeram um diagnóstico de que o ginasta estaria apto a tempo de competir em Paris.

Finalista do salto nos Jogos de Tóquio 2020, Caio se tornou um dos ginastas brasileiros mais completos da atualidade. Ele alcançou a 7ª posição no Mundial de 2022 no individual geral. Além disso, foi o primeiro brasileiro a ganhar medalhas em todos os aparelhos na Copa do Mundo.

Devido à lesão no calcanhar, ele não disputou o Mundial de 2023. Porém, Caio voltou em grande estilo e levou o ouro no Pan-Americano de Ginástica no individual geral, em maio.”}]]